ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Empate com gosto de vitória para os ingleses

Apesar da expectativa, França e Inglaterra só empatam

Por Vladimir da Costa

Em um dos jogos mais aguardados da primeira fase, França e Inglaterra entraram em campo em situações diferentes. Completamente desfigurada, a seleção Inglesa não contou com seus principais jogadores, Rooney, Lampard e Cahill, do outro lado, a França contou com seus principais jogadores em campo, Benzema e Ribery.

Mas diante da força de suas camisas e tradição, as equipes entraram em campo na cidade de Donetsk com posturas diferentes.
A França ficava mais com a bola, mas não era efetiva nas jogadas de ataque, já a Inglaterra apostava nos contra-ataques com o jovem Oxlade-Chamberlain e Welbeck, mas a falta de entrosamento era vista nos diversos impedimentos marcado no ataque Inglês.

A primeira boa chance de gol veio com 10 minutos, com um chute de fora da área de Nasri, passando rente a trave direita de Hart. A resposta Inglesa veio três minutos mais tarde, Milner recebeu dentro da área e em velocidade driblou Lloris, mas acabou desperdiçando uma ótima chance.

Com o passar do tempo os Ingleses começavam a dominar as ações, e o gol não demorou a sair. Aos 30 minutos, após falta cobrada pela direita, Lescott apareceu nas costas de Diarra para cabecear sozinho para o fundo da rede.

Na sequencia, quase que a França empata a partida, por duas vezes Diarra, a primeira Hart fez boa defesa, na segunda, o cabeceio saiu errado.

Aos 38 minutos, Nasri livre de marcação chutou forte para o fundo do gol, sem chances para Joe Hart. Fazendo o primeiro gol de fora da área da Euro e o empate para a França.

Um primeiro tempo morno, com poucas chances de gols, poucas faltas, (apenas seis no primeiro tempo) e muito passes errados foram o que apresentaram França e Inglaterra na primeira etapa, onde o destaque foi a postura Inglesa, que apesar dos diversos desfalques, teve mais vontade de ganhar, maior movimentação e as melhores chances de gols.

O segundo tempo começou com a França pressionando, mas faltava o último passe. A principal referência de gol da França, o atacante Benzema muito longe da área, pouco tocava na bola, com isso as melhores jogadas de ataque eram feitas por Nasri.

Lescott sobe para abrir o placar contra a França (GETTY)

O jogo permaneceu mais corrido, mas sem finalizações de ambas seleções, o primeiro chute Inglês foi só aos 20 minutos com Johnson, mas a bola subiu muito.

A França forçava pelo lado esquerdo. Quase todas as jogadas eram feitas por ali com Ribery e Nasri, já a Inglaterra buscava as jogadas aéreas, apostando na alta estatura de seus atacantes.

A Inglaterra resolveu mexer, aos 30 minutos, Defoe (que havia sido liberado para ir ao enterro do pai semana passada) entrou no lugar de Oxlade-Chamberlain. Jordan Henderson entrou no lugar de Scott Parker, duas alterações para dar novo folego no meio campo Inglês que quase não finalizava a gol.

Mesmo com as mudanças, era a França que continuava atacando, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Cabaye que chutou bonito para o gol, mas a bola desviou no meio do caminho, indo para fora.

Faltando cinco minutos a França também fez duas alterações, entraram Ben Arfa e Martin no lugar de Cabaye e Malouda. O técnico Inglês, Roy fez a última alteração aos 45, Walcott no lugar de Welbeck, mas ficou nada mudou, uma das partidas mais aguardadas da primeira rodada acabou empatada em 1×1.

Resultado comemorado pelos Ingleses, que apesar dos desfalques conseguiram segurar o forte ataque Frances.

FICHA TÉCNICA

Árbitro
Nicola Rizzoli (ITA)
Local:
Dombass Arena – Donetsk, Ucrânia.

Whenever, wherever, our german tutors are here to https://essayclick.net/ help