ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Erro de arbitragem e racismo na Inglaterra

Momento da partida em que Mikel fora ofendido. (Foto: ESPN.com)

Árbitro da partida entre Chelsea e Manchester United e já centro das atenções por expulsar dois jogadores do time de Londres, Mark Clattenburg agora é acusado de atos racistas contra o nigeriano Obi Mikel e um dos três espanhóis dos Blues que foram a campo em Stamford Bridge – Fernando Torres, Juan Mata ou Cesar Azpilicueta.

 

Logo após o jogo, vencido pelo United por 3 a 2, um porta-voz do Chelsea afirmou: “Apresentamos uma queixa ao delegado da Premier League em relação à linguagem inadequada utilizada pelo árbitro e dirigida a dois dos nossos jogadores.” Nesta segunda-feira, o jornal “Daily Mail” informa que um dos atletas ofendidos é Mikel e que o termo usado contra o outro atleta seria algo como “espanhol de m…”.

 

Segundo o periódico inglês, Mikel, revoltado, teria invadido a sala da equipe de arbitragem após a partida para exigir uma retratação de Clattenburg, que o teria hostilizado aos 31 minutos do segundo tempo enquanto lhe dava um cartão amarelo. 

 

A entidade que representa os árbitros da Premier League, a PGMO (na sigla em inglês) já manifestou-se por meio de comunicado oficial no qual diz que “as alegações estão sendo tratadas com toda a seriedade” e que “Mark vai cooperar integralmente para o esclarecimento dos fatos”.

 

Clattenburg já fora o alvo das repercussões após a partida por ter expulsado dois jogadores do Chelsea, o espanhol Fernando Torres e o sérvio Branislav Ivanovic, e por ter validado o terceiro gol do United, anotado por Javier “Chicharito” Hernández em posição de impedimento.   

 

Sir Alex Ferguson Técnico do time de Manchester, reconheceu ter sido beneficiado por conta do gol irregular. Já o comandante dos Blues, Roberto Di Matteo, não mediu palavras ao analisar o placar final do clássico e foi direto contra Clattenburg: “O árbitro intereriu no resultado.”

 

Não seria essa a primeira vez que um ato de racismo estaria sendo cometido em solo inglês, aliás os acontecimentos tem sido recorrentes, a pouco tempo atrás o ex-capitão da seleção inglesa Terry teria proferido palavras ofensivas