ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Fácil! Santos vence São Paulo e chega a final da Copa do Brasil.

Ousadia de Doriva custou caro ao Tricolor na Vila Belmiro.

Por Paulo Edson Delazari
Ricardo Oliveira comemora o primeiro sobre o São Paulo. (Foto: Reprodução)

Ricardo Oliveira comemora o primeiro sobre o São Paulo. (Foto: Reprodução)

O São Paulo precisava de um milagre na Vila Belmiro para chegar a final da Copa do Brasil diante do Santos e para alcançar essa vitória o técnico Doriva ousou. Tirou Luis Eduardo, colocou Lyanco e tirou Thiago Mendes colocando Michel Bastos no meio, com Luis Fabiano, Kardec e Pato na frente. Resultado? Santos 3 a 1.

Os gols foram marcados por Ricardo Oliveira (2) e Marquinhos Gabriel para o Santos e Michel Bastos diminuiu para o São Paulo.

Com a vitória o Santos chegou a final da Copa do Brasil e enfrentará o Palmeiras que perdeu de 2 a 1 para o Palmeiras, mas eliminou o time carioca nos penais por 4 a 1. Os dois times fazem uma prévia da final no domingo quando jogam pelo brasileiro às 17h de domingo na Vila Belmiro

O São Paulo agora volta suas esperanças a classificação para Libertadores no campeonato brasileiro, onde no sábado, às 17h no Morumbi enfrenta o Sport.

O jogo

Alexandre Pato foi desarmado no ataque e o Santos iniciou contra-ataque aos 11 minutos. Lucas Lima fez belo lançamento para Gabriel, que avançou nas costas de Matheus Reis e cruzou na medida para Ricardo Oliveira, que bateu no canto esquerdo de Rogério Ceni. Festa da torcida do Peixe na Vila Belmiro!

Após cobrança de escanteio do São Paulo, o Santos Lucas Lima ganhou de Ganso com falta que a arbitragem não marcou, o meia armou contra-ataque e Marquinhos Gabriel recebeu no ataque, pela direita. O meia dominou e, de pé esquerdo, mandou no ângulo direito de Rogério Ceni que nada pode fazer. Golaço!

Lucas Lima comemora com Ricardo Oliveira o terceiro do Peixe. (Foto: Reprodução)

Lucas Lima comemora com Ricardo Oliveira o terceiro do Peixe. (Foto: Reprodução)

Mais um contra-ataque pela esquerda iniciado por Lucas Lima. O meia foi até o fundo e cruzou na medida para Ricardo Oliveira que, sozinho dentro da área, só teve o trabalho de desviar de Rogério Ceni: 3 x 0 no placar!

Rodrigo Caio avançou pelo meio e tocou para Luis Fabiano, que girou dentro da área e bateu rasteiro, para grande defesa de Vanderlei. Na sobra, Zeca chuta a bola em cima de Alan Kardec e a bola saiu pela linha de fundo.

Daniel Guedes escapou pela direita e cruzou para a área. Lyanco falhou e a bola sobrou para Marquinhos Gabriel, que bateu de pé esquerdo. A bola bateu na trave direita de Rogério Ceni.

Ganso deu assistência para Michel Bastos que, dentro da área, chutou errado, à esquerda de Vanderlei, grande chance desperdiçada.

Segunda etapa

Com larga vantagem no placar o time da Vila Belmiro tirou o pé e permitiu que o São Paulo dominasse a partida, mas lento e sem efetividade, não colocou muito perigo. O primeiro lance de grande perigo foi aos 24 quando Michel Bastos arriscou de fora da área e a bola bateu na trave esquerda de Vanderlei.

O jogo seguia na pasmaceira do time classificado, contra o time eliminado, até que aos 33 Centurion fez boa jogada, levou três adversários e rolou de calcanhar para Michel Bastos, que desta vez encheu o pé e diminuiu. 3 a 1. Resultado que se estendeu até os 45 minutos sem maiores emoções.