ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Frango e alivio no empate entre Coreia e Russia

Goleiro russo falha, mas Coreia não consegue segurar o placar e cede empate em Cuiabá.

Por Vladimir da Costa

No fechamento da primeira rodada da Copa do Mundo, Rússia e Coreia do Sul fizeram uma partida muito disputada em Cuiabá, na Arena Pantanal, porém, sem grandes emoções. Dom destaque para o frango do goleiro russo, Igor Akinfeev que falhou no primeiro gol da partida, já no segundo tempo de jogo.

Um jogo de pouca criatividade, onde as finalizações só eram criadas em chutes de longa distância e cruzamentos na área. Tanto é, que o final do primeiro tempo, acabou sob vaias. No segundo melhorou, com mais velocidade, o canso apareceu, os espaços também e assim saíram os gols.

 Sequencia de fotos que mostram a folha de Igor Akinfeev no gol da Coreia do Sul. (Foto: AP Photo/Ivan Sekretarev)

Sequencia de fotos que mostram a folha de Igor Akinfeev no gol da Coreia do Sul. (Foto: AP Photo/Ivan Sekretarev)

Ponto positivo para os comandados de Fabio Capello, foi o poder de reação de sua equipe, que não se abateu e chegou ao empate minutos depois. Mas muito pouco para uma equipe que se classificou com louvor nas eliminatórias europeias. Vai ter que jogar mais caso queira passar de fase.

 A partida

Para quem achava que a Rússia mandaria no jogo, com mais entrosamento, por ser a única entre as 32 seleções que disputam o mundial a ter todos seus 23 atletas jogando em seu próprio país, se enganou. A Coreia, com muito vigor físico, dominou boa parte do primeiro tempo, com muita correria e jogadas em profundidade, o time asiático teve as principais chances, mesmo sem levar muito perigo ao gol adversário.

Com Park e Son liderando o ataque coreano, o time europeu, quando não tinha a bola, ficava com os 11 jogadores atrás da linha da bola. No lado europeu, a pouca capacidade ofensiva foi evidenciada pelas únicas alternativas de ataque que o time apresentou: lançamentos longos e cruzamentos na área. A partida teve emoção nos últimos 15 minutos. Aos 31 minutos, o zagueiro russo Ignashevich apareceu no ataque chutando forte. Jung então fez uma bonita defesa de peito. No lance seguinte, outra boa chance para os europeus. Desta vez, o jovem Kokorin puxou contra-ataque e encontrou Zhirkov pela esquerda que errou na finalização.

Jogadores russos omemoram gol de empate diante da Coreia. (Foto: AFP PHOTO/ PEDRO UGARTE)

Jogadores russos omemoram gol de empate diante da Coreia. (Foto: AFP PHOTO/ PEDRO UGARTE)

Os asiáticos voltaram ao segundo tempo ensaiando uma pressão e passaram a arriscar mais de fora da área. Aos 22 minutos, Lee Keun Ho, que havia entrado na segunda etapa, arriscou de longe pela direita, o russo tentou segurar, mas a bola escapou, passando por cima de seu corpo e balançando as redes. Arrasado, Akinfeev, precisou de ajuda para seguir jogando depois de ter protagonizado o primeiro grande frango da copa.

O atacante Kerzhakov, que havia acabado de entrar em campo empatou o jogo. Aos 28 minutos, Após a tentativa de Dzagoev, o goleiro Jung espalmou, a zaga não conseguiu afastar e a bola sobrou no pé do artilheiro que mandou para o fundo da rede.

As equipes tentaram correr atrás do gol da vitória, mas sem muito sucesso nas finalizações e com o final do jogo chegando, o empate passou a ser um bom resultado pra ambos.

 RÚSSIA 1 X 1 COREIA DO SUL

Rússia: Akinfeev; Berezutski, Eschenko, Ignashevich e Kombarov; Glushakov, Fayzulin, Shatov (Dzagoev), Samedov e Zhirkov (Kerzhakov); Kokorin . Técnico: Fabio Capello

Coreia do Sul:Jung; Lee Yong, Kim, Hong e Yun; Han, Ki, Koo e Lee ChungYong; Son (Kim Bo) e Park (Lee Ho).  Técnico: Hong Myung Bo

Data: 17/06/2014 – 19h

Local: Arena Pantanal (Cuiabá)

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)

Auxiliares: Hernan Maidana (ARG) e Juan Pablo Belatti (ARG)

Cartões amarelos: Son, Ki (Coreia do Sul); Shatov (Rússia)

Gols: Lee Ho, aos 22min do 2º tempo (Coreia do Sul) e Kerzakov, aos 28min do 2º tempo (Rússia)

Público: 37.603 pessoas