ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Fúria estreia com vitória na Copa Das Confederações

Com primeiro tempo impecável, Espanha se impõe e derrota o Uruguai em Pernambuco

Por Anderson Marinho

Espanha e Uruguai se enfrentaram pela abertura do grupo B da Copa Das Confederações na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata na região metropolitana do Recife, e os atuais campeões mundiais e da Europa levaram a melhor sobre os campeões sul-americanos, vencendo por 2 a 1  com gols de Pedro e Soldado, Suarez descontou para os uruguaios, confirmando o favoritismo na luta pelo título da competição.

Com o resultado a Espanha assume a liderança da chave com três pontos ganhos. Nigéria e Taiti completam a primeira rodada nesta segunda-feira, às 16h00 no Mineirão, em Belo Horizonte.

Pedro comemora o primeiro gol da Espanha contra o Uruguai. Foto: Marcelo Pereira / Terra

Pedro comemora o primeiro gol da Espanha contra o Uruguai. Foto: Marcelo Pereira / Terra

O jogo

Impondo o seu tradicional estilo de jogo a seleção espanhola tomou a iniciativa e comandou as ações nos minutos iniciais da partida, com uma troca de passes rápida e envolvente os comandados de Vicente Del Bosque buscavam espaços com calma para furar o bloqueio uruguaio, enquanto a celeste não conseguia sair do campo de defesa, e jogaram praticamente sozinhos até os 25 minutos do primeiro tempo.

Aos poucos as oportunidades de gols foram surgindo e os europeus demonstraram grande capacidade para construir o resultado. Aos 9 minutos, Jordi Alba procurou Iniesta na entrada da área, o meia fez o corta-luz e Cesc Fábregas chegou batendo rasteiro na trave da meta defendida por Muslera.

Com um volume de jogo superior e sem deixar o adversário respirar, o gol da “Fúria” era questão de tempo e 10 minutos depois, após uma cobrança de escanteio, a zaga uruguaia afastou mal, Pedro pegou a sobra e chutou firme, Lugano tentou fazer o corte e desviou tirando a bola do alcance de Muslera que nada pode fazer.

Depois do primeiro gol o Uruguai tentou sair para o jogo, mas não conseguia chegar com perigo à defesa espanhola. A primeira chance só veio aos 29 minutos, em cobrança de falta, Luis Suarez fez o levantamento e Cavani desviou de cabeça, sem força, para defesa segura de Casillas.

Entretanto foram os espanhóis que chegaram ao segundo gol, dois minutos depois, Fábregas em ótima assistência colocou Soldado cara a cara com Muslera, o atacante dominou com o lado externo de pé e chutou de chapa, deslocando o arqueiro rival, para ampliar a vantagem.

Soldado marcou o segundo gol da Fúria na Arena Pernambuco. Foto: Marcelo Pereira / Terra

Soldado marcou o segundo gol da Fúria na Arena Pernambuco. Foto: Marcelo Pereira / Terra

O jogo ficou pegado, com muitos lances ríspidos e reclamações de ambos os lados, Sérgio Ramos, Piqué e Lugano foram advertidos com o cartão amarelo ainda no primeiro tempo.

A Espanha seguiu pressionando e ainda teve pelo menos uma chance clara para marcar o terceiro, em finalização de Piqué defendida por Muslera com os pés. Um primeiro tempo de amplo domínio espanhol com 75% de posse de bola.

Etapa complementar

Na volta do intervalo o técnico Oscar Tabáres promoveu a entrada de Álvaro Gonzalez no lugar de Gáston Ramírez na tentativa de dar uma nova dinâmica de jogo para o Uruguai, mas assim como na etapa inicial a Espanha começou melhor e não permitiu a reação celeste.

Jogando com tranquilidade a Espanha teve pelo menos três oportunidades para ampliar o resultado até os 15 minutos, duas vezes com Andres Iniesta e outra com Fábregas, mas Muslera conseguiu evitar o terceiro tento. Aos 19 minutos Fábregas deixou o gramado para a entrada de Santi Cazorla.

Sem conseguir sair para o jogo o treinador uruguaio modificou a formação tática de sua equipe com as entradas de Lodeiro e Forlán nas vagas de Gargano e Diego Pérez respectivamente.

Com as substituições o Uruguai ganhou poderio ofensivo, mas não criou chances claras, e graças a  superioridade dos homens de meio de campo a Espanha controlou o ímpeto celeste.

Del Bosque inda promoveu as entradas de Javi Martinez e Juan Mata nos lugares de Xavi e Pedro.

A Espanha mantinha o controle do jogo, trocando passes no meio de campo, e o ritmo da partida caiu gradativamente na Arena Pernambuco, a ponto de surgirem algumas vaias e parte da torcida começar a cantar os hinos dos clubes locais, mas Luis Suarez tratou de esquentar o final duelo.

Aos 42 minutos o polêmico atacante uruguaio sofreu falta de Sérgio Ramos na ponta esquerda. Na cobrança o próprio Suarez bateu firme, por cima da barreira, no canto direito de Casillas, sem chances para o goleiro espanhol.

Luiz Suarez descontou para os uruguaios. Foto: AP

Luiz Suarez descontou para os uruguaios. Foto: AP

O gol acendeu o Uruguai que passou a acreditar no empate e partiu para cima nos minutos finais, dando espaços para o contra-ataque da Espanha que voltou a chegar com perigo. Aos 47 minutos a celeste olímpica chegou novamente em jogada de Suarez, mas Casillas conseguiu fazer o corte e afastar o perigo, depois a Fúria segurou a bola no ataque e garantiu a vitória na estreia.

A Espanha demonstrou toda a sua superioridade, principalmente no primeiro tempo, venceu com certa facilidade, embora tenha jogado apenas para o gasto nos 45 minutos finais, saiu na frente na classificação do grupo B e agora se prepara para o duelo contra o Taiti, na próxima quinta-feira às 16h00, no Maracanã.

Já o Uruguai vai à Salvador, também na quinta-feira, para encarar a Nigéria na Arena da Fonte Nova às 19h00.