ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Galo elimina o Verdão na Copa do Brasil

Mineiros vencem mais uma, após nova falha de Fábio e agora pegam o Corinthians.

Por Anderson Marinho
Jogadores do Galo comemoram o primeiro gol. Foto: Cristiane Mattos / Futura Press

Jogadores do Galo comemoram o primeiro gol. Foto: Cristiane Mattos / Futura Press

O Atlético-MG recebeu o Palmeiras no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil precisando apenas de um empate para avançar à próxima fase da competição, mas não encontrou dificuldades no duelo e venceu o alviverde por 2 a 0, com gols marcados por Jemerson e  Luan, em mais uma noite infeliz do goleiro Fábio e da defesa paulista.

Com o resultado o Galo está classificado para enfrentar o Corinthians nas quartas de final da competição.  Já o verdão vai concentrar as suas forças agora na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O jogo

Comandado pelo técnico interino Alberto Valentim, o Palmeiras precisava reverter o resultado negativo de 1 a 0 da partida de ida disputada em São Paulo e começou melhor, levado perigo à meta defendida pelo goleiro Victor.

Logo aos 4 minutos Diogo fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Allione, na marca do pênalti, o argentino fez o giro sobre a marcação e chutou rente ao travessão.

Jemerson comemora o gol que abriu o placar. Foto: Cristiane Mattos / Futura Press

Jemerson comemora o gol que abriu o placar. Foto: Cristiane Mattos / Futura Press

Entretanto, o Atlético-MG acordou depois do lance e tomou conta das ações, impondo sua proposta de jogo, sem dar chances para o verdão.

Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio de Dátolo, Fábio saiu mal do gol e o zagueiro Jemerson aproveitou a falha do arqueiro alviverde para cabecear firme e abrir o placar para o time alvinegro.

O primeiro tento atleticano desestabilizou o Palmeiras e não demorou muito para os donos da casa ampliarem a vantagem.  Aos 17 minutos, após bela troca de passes, Carlos finalizou com estilo dentro da pequena área, Fábio espalmou e no rebote Luan só empurrou para o fundo das redes.

Desorganizado em campo o Palmeiras pouco criou e dava muitos espaços no contra-ataque. O Atlético-MG teve pelo menos mais duas chances claras para ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo, mas Carlos desperdiçou as melhores oportunidades.

A única chance alviverde veio já nos acréscimos, após boa jogada pela esquerda Bruno César rolou para Henrique, dentro da pequena área, mas o atacante palmeirense errou a finalização e perdeu um gol feito.

Etapa complementar

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe e precisando marcar três gols para reverter a vantagem do adversário, Alberto Valentim promoveu as entradas de Mazinho e Cristaldo nas vagas de Bruno César e Allione respectivamente.

Com mais movimentação o Palmeiras equilibrou o jogo, mas continuou sofrendo com a falta de criatividade no setor de meio de campo e a bola praticamente não chegava aos homens de ataque.

Leonardo Silva e Diogo disputam bola no Independência. Foto: Andre Yanckous / Agif / Gazeta Press

Leonardo Silva e Diogo disputam bola no Independência. Foto: Andre Yanckous / Agif / Gazeta Press

As melhores oportunidades do verdão foram com o centroavante Henrique. Logo aos sete minutos, Bruno César cruzou na medida, mas o artilheiro palmeirense cabeceou pra fora com o gol livre.  Aos 20 minutos, o atacante invadiu a área pela direita e chutou forte obrigando Victor a fazer uma grande defesa.

Aos poucos o desespero foi tomando conta do time paulista que passou abusar dos chutões e errar muitos passes no meio de campo, sem conseguir chegar de maneira efetiva à área adversária. Alberto Valentim ainda perdeu o zagueiro Lucio, contundido, e teve que mandar à campo Wellington.

O ritmo da partida caiu e jogo ficou truncado, com muitas faltas de ambos os lados, e arbitragem teve muito trabalho para conter os ânimos nos minutos finais. Já nos acréscimos o zagueiro argentino Tóbio deu uma tesoura por trás no atacante Carlos e foi expulso pelo árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra.

O Palmeiras volta à campo agora no próximo domingo, às 18h30 na Arena da Baixada, em Curitiba pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014. A partida marcará a estréia do técnico Dorival Junior no comando da equipe.

Já o Atlético-MG recebe o Botafogo, também no domingo às 16h00, no estádio Independência em Belo Horizonte.

ATLÉTICO-MG 2 X 0 PALMEIRAS

Data: 4/9/2014 (quinta-feira)
Local: Independência (Belo Horizonte)
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartões amarelos: Lúcio, Diogo, Henrique (Palmeiras); Luan, Leonardo Silva, Dátolo (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Tóbio (Palmeiras)
Gols: Jemerson, aos 12 min, Luan, aos 16 min do primeiro tempo

Atlético-MG
Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Jemerson e Pedro Botelho (Emerson Conceição); Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan (Dodó) e Dátolo (Claudinei); Carlos e Jô
Técnico: Levir Culpi

Palmeiras
Fábio; Weldinho, Lúcio (Wellington), Tóbio e Juninho; Renato, Marcelo Oliveira, Allione (Mazinho) e Bruno César (Cristaldo); Diogo e Henrique
Técnico: Alberto Valentim (interino)