Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Ganso marca e São Paulo supera Internacional no sul | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ganso marca e São Paulo supera Internacional no sul

Com a vitória, o tricolor chegou ao terceiro lugar no campeonato brasileiro.

Por Vladimir da Costa

Num primeiro tempo parelho, com poucas faltas, muito devido a boa atuação da arbitragem, os times demonstraram bom toque de bola e aplicação tática. Os donos da casa priorizando a posse de bola, em busca de achar uma brecha para atacar. Com isso, o São Paulo esperava por um erro adversário para surpreender. E aconteceu, quando o colorado saiu errado e num lance de veloz de oportunismo, Ganso apareceu na área para dar a vantagem parcial para a equipe paulista.

Que permaneceu até o fim. Com uma atuação tática quase perfeita e com Ganso e Kaká jogando com meia-volantes, o time se segurou sem sofrer e com Pato puxando os contra-ataques, foi mais perigoso quando ia ao ataque. Kaká e Pato foram os tiveram as melhores chances do segundo tempo.

Ganso comemora o gol da vitória do tricolor no Beira Rio. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

Ganso comemora o gol da vitória do tricolor no Beira Rio. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

Apesar de pressionar e ficar mais com a bola, o Internacional teve dificuldades na frente e pouco criou. Com exceção da cabeçada na trave de Wellington Paulista, o colorado foi dominado pelo tricolor e não conseguiu chegar ao empate.

Com a vitória, o São Paulo chegou à terceira colocação na tabela. Já o inter, permanece com 31 pontos, perdendo a chance de ultrapassar o Cruzeiro que joga amanhã.

A Partida

No duelo de duas forças do futebol brasileiro, São Paulo e Internacional começaram a partida de maneira respeitosa, valorizando a posse de bola e com dificuldade para achar espaços no esquema adversário, as equipes, mostraram nos primeiros 15 minutos uma boa qualidade técnica. No lado do vice-líder, um time pronto, que se conhecem e tem muito mais facilidade de encontrar um companheiro bem colocado, sem a necessidade de forçar as jogadas em lançamentos em profundidade.

Do lado do tricolor paulista, um time em formação, que oscila com frequência e que tinha na defesa sua grande preocupação, começou a partida forma precavida. Com Hudson estrando como titular ao lado de Denilson, o time quando ficava sem a bola, tinha a companhia de Ganso e Kaka, que sempre ajudava na marcação.

Kaká e D'Ale, as estrelas de suas equipes em ação. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

Kaká e D’Ale, as estrelas de suas equipes em ação. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

O jogo que começou parelho, com as duas equipes alternando no comando da partida, aos poucos foi vendo um Internacional mais disposto e com maior posso de bola, principalmente no meio campo. O São Paulo por sua vez, esperava um vacilo na frente para sair em contra-ataque, na esperança que os velozes Alexandre Pato e Alan Kardec superassem a ótima defesa do inter que não sofria gols a cinco partidas.

Apesar disso, a primeira finalização a gol veio somente aos 26 minutos de jogo. Depois que Hudson escorregou e perdeu a bola no meio, a bola chegou nos pés de Alex, que dentro da área, passou pela marcação e bateu firme, rasteira. Rogério Ceni, bem colocado fez a defesa. Na sequência a bola permaneceu com os donos da casa que pressionaram, mas sem chances para finalizar a gol.

O São Paulo tinha dificuldades para criar. Com Kaká e Ganso tento de acompanhar os laterais, a criação do time era comprometida e com isso Kardec pouco participou da primeira etapa, até os 35 minutos. Depois de uma saída errada de bola dos donos da casa, Paulo Miranda roubou a bola e cruzou na área para Kaká que viu a passagem de Álvaro Pereira. O lateral pegou a bola e tentou a finalização que foi interceptada, sobrando livre para Paulo Henrique Ganso, tranquilo, colocar para dentro das redes.

Nos últimos minutos da primeira etapa, os times pareciam estar se poupando para a segunda etapa. O bom toque de bola do Internacional deu lugar para jogadas defensivas, sem velocidade. Do lado do tricolor, com a vantagem no placar, esperava o adversário e só saia na boa, quando de fato, percebiam uma oportunidade de ataque.

Num ritmo bem mais intenso o inter partiu para cima do São Paulo no começo da segunda etapa. Diferente do primeiro tempo, antes dos 10 minutos, os donos da casa já haviam chegado dentro da área ao menos três vezes.

pato foi um dos destaques do tricolor. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

Pato foi um dos destaques do tricolor. (Foto: Lucas Uebel/Getty Images)

A pressão era quase sempre parada com faltas. O primeiro cartão da partida foi dado para Hudson, não pela força da falta, mas pela quantidade.

O inter pressionava, mas Rogério não sofria. A equipe colorada tinha dificuldades em finalizar. O São Paulo, assim como no primeiro tempo, jogava de maneira defensiva, porém, veloz no contra-ataque. Aos 16 minutos, Pato partiu em velocidade pela direta, perto da área, passou pelo marcador e tocou para Kaká, que ajeitou e bateu para fora, no primeiro bom lance do segundo tempo.

Aos poucos, os erros de passes dos donos da casa iam irritando sua torcida e percebendo a instabilidade do Inter, o São Paulo foi controlando o ímpeto do adversário e passou a ameaçar as proximidades da área do goleiro Dida.

O tempo ia passando e junto a paciência da torcida. Aos 31 minutos, Michel Bastos, no lugar do cansado Ganso, fazia sua estreia pelo tricolor e no primeiro lance do camisa 7 jogou para o meio da área. A bola chegou em Pato que bateu de primeira, mas a a zaga cortou, na segunda chance, o atacante mandou por sobre o gol.

Os últimos 10 minutos finais, o Internacional foi para o abafa. Com Alan Kardec recuando para ajudar na marcação, cabia à Alexandre Pato puxar o contra-ataque do São Paulo que conseguiu neutralizar todas as investidas do inter que quase marcou aos 36 minutos. Wellington Paulista, que havia acabado de entra e no primeiro lance, foi para a área e acertou a cabeçada no travessão.

Nos minutos finais, o incansável Pato, deu lugar para Ademilson, que entrou para segurar o jogo, ajudar na marcação e só depois, atacar.

xhamster