ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Garotos marcam e mistão do Palmeiras vence o Paulista

Reservas mostram a força do elenco e Palestra segue na disputa pela melhor campanha do estadual

Por Anderson Marinho
Das categorias de base, Miguel comemora seu primeiro gol pelo profissional. Foto:Célio Messias / Gazeta Press

Das categorias de base, Miguel comemora seu primeiro gol pelo profissional. Foto:Célio Messias / Gazeta Press

Já classificado à próxima fase do Campeonato Paulista e com compromisso válido pela Copa do Brasil na próxima quarta-feira, contra o Vilhena em Rondônia, o Palmeiras entrou em campo neste domingo contra o Paulista de Jundiaí, no estádio Teixeirão em São José do Rio Preto, em partida válida pela 13ª rodada do estadual, com um time cheio de reservas e superou a falta de entrosamento e as péssimas condições do gramado para vencer o Galo da Japi por 3 x 1, com gols de Willian Matheus, Patrick Vieira e Miguel.

Com o resultado o verdão chegou aos 32 pontos na liderança isolada do grupo D e segue na cola do Santos, líder do C, que tem a mesma pontuação, mas possui um saldo de gols superior, na luta pela primeira colocação geral da competição.

Já o Paulista, lanterna do grupo C com apenas dois pontos, está agora matematicamente rebaixado à Série A 2 do paulistão.

O jogo

Diante do adversário de pior campanha no campeonato e pensando na estreia pela Copa do Brasil, o técnico Gilson Kleina poupou vários jogadores para o duelo, entre eles Valdivia e Alan Kardec, dando oportunidade para jovens da base e alguns reservas do elenco iniciarem como titulares, em um esquema de jogo sem um centroavante  fixo,  Bruno Cesar, Mendieta e Patrick Vieira comandaram o setor ofensivo alviverde.

Willian Matheus abriu o placar no Teixeirão. Foto: Célio Messias / Agência Lance

Willian Matheus abriu o placar no Teixeirão. Foto: Célio Messias / Agência Lance

A equipe encontrou muitas dificuldades no primeiro tempo, graças ao péssimo estado do gramado, e pouco criou, errando muitos passes, num duelo tecnicamente fraco.

O Palmeiras abriu o placar em uma das poucas jogadas trabalhadas da etapa inicial, aos 19 minutos, após lançamento de Mendieta para Willian Matheus na ponta esquerda, o lateral invadiu a área e chutou cruzado sem chances para o goleiro Ian.

Seis minutos depois o volante Eguren, com péssima atuação, errou no meio de campo e deu o contra-ataque para o Paulista. Gabriel Leite partiu em velocidade e foi atropelado por Marcelo Oliveira dentro da área, a arbitragem assinalou pênalti.  Na cobrança, David bateu forte, no meio, e deixou tudo igual.

O jogo seguiu fraco, sem chances claras de gol, até o final dos primeiros 45 minutos.

Etapa complementar

Na volta do intervalo Kleina sacou o volante Eguren para a entrada do centroavante Miguel, passando a atuar no 4-2-3-1, com um homem de referência.

O Palmeiras ganhou mais presença ofensiva e passou a incomodar o rival. Aos sete minutos, Victor Hugo chegou duro em Patrick Vieira e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Paulista com um homem a menos.

A vantagem numérica no entanto não durou muito, três minutos depois Marcelo Oliveira também foi expulso pelo lado do verdão.

Volante França foi titular contra o Paulista. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Volante França foi titular contra o Paulista. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

A principio França foi deslocado para a zaga, ao lado de Tiago Alves, mas após Erick Mamadeira quase virar o jogo, aos 17 minutos, o treinador alviverde recompôs o setor defensivo com a entrada de Victor Luis na vaga do apagado Bruno Cesar. Com Victor Luis na lateral esquerda, Willian Matheus foi para a zaga e França voltou ao meio de campo.

Aos 21 minutos, Vinicius avançou em velocidade pela esquerda e após grande jogada individual cruzou na saída do goleiro Ian, Miguel, livre, só empurrou para recolocar o verdão a frente do marcador.

Com a vantagem o Palmeiras passou a administrar o resultado, com o controle das ações, e ainda chegou ao terceiro gol, aos 42 minutos, após boa jogada pela ponta esquerda, Mazinho, que entrou na vaga de Vinicius, cruzou e Patrick Vieira finalizou duas vezes para vencer Ian e dar números finais ao duelo.

O Palmeiras volta à campo agora na próxima quarta-feira, 12/03/2014, às 19h30 contra o Vilhena, no estádio Portal da Amazônia, no estado de Rondônia em jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil 2014. Pelo Campeonato Paulista o verdão recebe a Ponte Preta, sábado às 18h30, no estádio do Pacaembu.

Já o Paulista de Jundiaí, vista o Mogi Mirim, na terça-feira 18/03/2014 às 19h30, no estádio Romildão em Mogi.

FICHA TÉCNICA
Data:
09/03/2014
Local: Teixeirão, em São José do Rio Preto (SP)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Fabricio Porfirio de Moura e Luis Alexandre Nielsen
Cartões amarelos: Victor Hugo (Paulista); Mendieta, França, Miguel e Marcelo Oliveira (Palmeiras)
Cartão vermelho: Victor Hugo (Paulista); Marcelo Oliveira (Palmeiras)
Gols: William Matheus, aos 19 min do 1º tempo, Miguel, aos 19 min. e Patrik Vieira, aos 41 min. do 2° tempo (Palmeiras); David, aos 26min do 1º tempo (Paulista)
PAULISTA: Ian; Crystian (Jhonny), Maicon, Leandro e Victor Hugo; Dodo, Ewerton Pereira, Gabriel Leite (Felipe Silva) e Diego Rosa (Márcio Pitt); David e Erik; Técnico: Beto Cavalcante
PALMEIRAS: Fernando Prass, Bruno Oliveira, Tiago Alves, Marcelo Oliveira e William Matheus; Eguren (Miguel), França, Mendieta e Bruno César (Victor Luis); Patrik Vieira e Vinicius (Mazinho); Técnico: Gilson Kleina