ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras e Santos fazem jogo movimentado, mas não saem do zero

Rafael e Fernando Prass garantem empate para suas equipes no Pacaembu

Por Vladimir da Costa

Palmeiras e Santos entraram em campo neste domingo querendo se firmar. Do lado verde, depois de duas vitórias seguidas a equipe precisava mostrar que tinha força e podia brigar de igual pra igual com os outros grandes da capital. Já o alvinegro, queria mostrar que tem um elenco competitivo e mesmo sem seus principais jogadores, defendendo suas seleções, pode brigar em pé de igualdade contra adversários de expressão.

O jogo foi a oportunidade para duas novas estrelas das equipes mostrarem seu valor e se firmarem no time titular. Com dois gols cada última partida pelas suas equipes, Leandro pelo Palmeiras e Giva pelo Santos, travaram um duelo particular dentro do jogo, mas sucumbiram a falta de criatividade dos meias e pouco produziram na partida.

O jogo foi corrido, com boas participações dos goleiros, mas a faltou um pouco de calma e pontaria dos dois lados para tirar o zero do placar.

O empate deixou o Palmeiras na sexta colocação com 25, dois a menos que o Santos, que pode perder a segunda colocação, caso a Ponte Preta vença o Paulista na partida de logo mais.

A partida

Edu Dracena e Maurício Ramos disputam bola no clássico Paulista (Foto: Fernando Donasci/UOL)

Apesar dos diversos desfalques dos dois lados, quem esteve em campo queria mostrar trabalho desde o primeiro minuto de jogo. Logo aos dois minutos, Wesley arriscou da entrada da área e Rafael espalmou, no rebote, Leandro pegou de primeira e mandou a bola por cima.

Para parar o jovem e rápido ataque santista, o Palmeiras atuava com três volantes. Wesley era o mais avançado dentre eles e buscava ajudar o ataque palmeirense acionando os laterais que subiam muito para abastecer os homens de frente.

O Santos por sua vez quando tinha a bola era veloz, fazia a transição do para o ataque de forma rápida e por isso era facilmente desarmado, já que chegava com poucos homens na frente, com isso, o Palmeiras era dono do jogo. O time de Palestra Itália dominava o meio de campo e não deixa a bola chegar nos três atacantes santistas. Passados 20 minutos, Neílton e André não pegaram na bola. Apesar disso, o verdão não assustava o goleiro Rafael, que assim como Fernando Prass, não eram exigidos na partida.

Aos 29 minutos, o Palmeiras chegou bem. Márcio Araújo jogou a bola na área, Leandro recebeu e bate primeira. Bem posicionado, Rafael fez a defesa.

O Santos não demorou pra responder. Aos 35 minutos, depois de cobrança de escanteio pela esquerda, Cicero cabeceou livre na pequena área, pra baixo e Fernando Prass fez linda defesa, salvando a equipe palmeirense.

O jogo seguiu corrido, com alternância de ataque contra defesa. O Santos chegava com jogadas de bola parada, já o Palmeiras tinha as melhores chances quando Wesley pegava na bola, mas o esforço das duas equipes não foi compensado e o primeiro tempo não saiu do zero.

Segundo tempo

Assim como no primeiro tempo, o segundo começou acirrado, com as duas equipes procurando o gol. Aos cinco minutos, Juninho recebeu na entrada da área, passou por Edu Dracena e bateu firme, a bola passou perto. No minuto seguinte foi a vez do Santos atacar. Arouca recebeu na entrada da área e ajeitou para Giva, o atacante bateu firme, de primeira, mas novamente Prass salvou o time.

Wesley foi o destaque do Palmeiras. O volante comandou o meio campo da equipe (Foto: Márcio Fernandes /Estadão)

A partida seguia pegada, com boas chances de ataque, mas a falta de pontaria e erros no último passe dificultavam a finalização.

Aos poucos as duas equipes foram perdendo a força ofensiva e passaram a administrar o jogo quando tinham a bola. Com isso, o jogo foi perdendo sua força ofensiva e passou a ser mais estudado. Tanto Santos quando Palmeiras esperavam por um erro do adversário para atacar e assim se seguiu até o final. Apesar de chegarem com frequência ao ataque, as equipes não conseguiam finalizar com perigo, principalmente nos últimos 15 minutos de jogo.

Na próxima rodada o palmeiras enfrenta o Mirassol fora de casa, na quarta-feira, às 19h30. Já o Santos volta a campo na quinta-feira, na Vila Belmiro, contra o Mogi Mirim, no mesmo horário.