ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Grêmio engata a quinta e atropela o Santos na Vila

Equipe de Roger Machado vence a quinta partida seguida e empurra o peixe para a zona de rebaixamento.

Por Vladimir da Costa

O atual campeão paulista vive uma fase para dificil. Tanto dentro, quanto fora de campo. Sem dinheiro para reforços e com seus principais jogadores saindo, a equipe não consegue esboçar reação no brasileiro e vem colecionando tropeços.

Neste domingo, a torcida que foi a Vila Belmiro, saiu de lá preocupada. Diante da forte equipe do Grêmio, o alvinegro praiano perdeu a terceira partida consecutiva no Brasileirão, ede quebra, perdeu os 17 jogos de invencibilidade na Vila Belmiro na temporada e ainda entrou na zona de rebaixamento. Com gols de Pedro Rocha, Galhardo e Yuri Mamute, a equipe gaúcha por sua vez, chegou à quinta vitória seguida e virou líder provisório do Brasileirão. O Santos descontou com o artilheiro do campeonato, Ricardo Oliveira

Grêmio atropela o Santos e assumiu a ponta do Brasileiro. (Foto: Reprodução/RBS TV)

Grêmio atropela o Santos e assumi a ponta provisória do Brasileiro. (Foto: Reprodução/RBS TV)

Na próxima rodada, o clube alvinegro fará um confronto direto com os goianos no Serra Dourada, agendado às 19h30 da próxima quarta-feira. O Grêmio encara a Chapecoense na Arena Condá no mesmo dia e horário.

A partida

Jogando em casa e precisando vencer para não entrar de vez na crise, o Santos, logo no inicio, viu que não teria um domingo fácil.

O Grêmio não precisou de muito tempo para sair na frente. Aos quatro minutos, Luan, livre, cruzou rasteiro dentro da pequena área e Pedro Rocha só teve o trabalho de empurrar para o gol.

A equipe da casa tentou reagir e passou a dominar a posse de bola do confronto, mas sem objetividade. Gabriel e Geuvânio se alternavam pelas pontas esquerda e direita do campo, mas nenhum dos dois conseguia superar a forte defesa gremista.

Enquanto isso, a equipe visitante esperava pacientemente as oportunidades para sair em contra-ataque.

Aos 29 minutos, Geuvânio  tratou de deixar as coisas mais fáceis para o Grêmio. O atacante saiu para o atendimento médico e, sem autorização do árbitro, voltou a campo, já disputando a bola. Não pode. É preciso o árbitro permitir, e sem ter titubear, Felipe Gomes da Silva deu o segundo amarelo e o vermelho.

Dali em diante, a desesperada equipe santista, com a necessidade de buscar a virada para se recuperar no campeonato, deixou os espaços que o Grêmio queria para chegar com frequência no ataque adversário.

Jogadores do Grêmio comemoram o trunfo contra o Santos na Vila. (Foto: Guilherme Dionizio / Gazeta Press)

Jogadores do Grêmio comemoram o trunfo contra o Santos na Vila. (Foto: Guilherme Dionizio / Gazeta Press)

Na etapa complementar, repetindo o bom início de partida, o time comandado por Roger Machado veio com força total, decidido a vencer o jogo. Logo aos quatro minutos, o placar já marcava 2 a 0, pois Giuliano encontrou Rafael Galhardo se infiltrando pelo lado direito da área e o lateral encheu o pé cruzado, sem chances de defesa para Vanderlei.

O Santos dependia de lances esporádicos para levar perigo a Marcelo Grohe e foi a partir de um desarme no campo de ataque de Thiago Maia que a equipe alvinegra esboçou uma reação. O jovem volante conseguiu a roubada de bola e acionou Lucas Lima próximo à entrada da área. O meia parou, encontrou Ricardo Oliveira na infiltração e acionou o goleador do Campeonato Brasileiro, que finalizou de pé esquerdo sobre Marcelo Grohe para diminuir. Este foi o sétimo gol do camisa 9 na competição, isolando-o ainda mais na artilharia.

Qualquer chance que o mais otimista torcedor poderia ter, acabou aos 36 minutos. Edinho encontrou Yuri Mamute sozinho dentro da área santista e o atacante tocou entre as pernas de Vanderlei para fechar o placar e jogar o  peixe para a zona de rebaixamento pela primeira vez na competição. De quebra, colocar sua equipe na ponta do campeonato.