ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Guarany PAR vence Corinthians na Libertadores.

Time paraguaio mostra força e surpreende timão pelas oitavas de final da competição sul-americana.

Por Paulo Edson Delazari
Cássio deixa a bola escapar e sofre primeiro gol. (Foto: Gazeta Press)

Cássio deixa a bola escapar e sofre primeiro gol. (Foto: Gazeta Press)

O Corinthians foi ao Defensor Del Chaco em Assunção no Paraguai e foi surpreendido pelo Guarany, perdendo por 2 a 0. Com gols de Santander e Contrera.

O time dirigido por Tite começou com uma formação diferente do habitual, devido a suspensão de Emerson o torcedor esperava por Danilo ou Vagner Love, contudo o treinador diferente do que todos pensaram escalou Luciano aberto pela esquerda.

A partida transcorreu muito truncada e a equipe paraguaia dominava as ações, sempre com Benitez e Santander, mas sem muito perigo para o gol de Cássio que elaborou boa defesa aos 13 minutos em chute de longe de Benitez, após este driblar Gil e Ralf.

Outra oportunidade só surgiu aos 41 minutos, a equipe alvinegra tentou sair jogando e perdeu a bola, Patiño viu Benitez e lançou nas costas de Luciano que não acompanhou na marcação, dentro da área o atacante dominou e escolheu o canto e chutou, Gil tirou em cima da linha e evitou a abertura do placar.

Santander comemora gol que abriu o placar. (Foto: AP)

Santander comemora gol que abriu o placar. (Foto: AP)

O Guaraní já havia perdido algumas chances, mas numa falha terrível do goleiro Cássio foi determinante para a derrota. Artilheiro do time paraguaio, o centroavante Santander cobrou falta rasteira de longe, o gigante do Timão tentou segurar e não conseguiu tomando um “peru”. A bola bateu na trave e entrou, abrindo caminho para o resultado negativo.

Atrás no placar o Corinthians tentava pressionar e por pouco não empatou aos 29, num bate rebate a bola sobrou para Fabio Santos, o lateral bateu cruzado e a bola bateu no poste esquerdo do goleiro paraguaio.

O castigo veio aos 37 minutos, Santander dominou a bola contra dois marcadores, virou e lançou Contrera que ganhou na velocidade de Felipe e deu belo toque no contrapé de Cássio ampliando a vantagem.

Com a derrota no Paraguai, o Corinthians precisará vencer por três gols de diferença em Itaquera, quarta-feira que vem, na Arena Corinthians. Se devolver os 2 a 0 leva a disputa para os pênaltis. Um placar de 3 a 1 (ou 4 a 2, 5 a 3…) classificaria os paraguaios, pelo critério de gols fora de casa. Quem passar, pega Montevideo Wanderers, do Uruguai, ou Racing, da Argentina.

Antes de tentar a classificação para as quartas de final, o Corinthians terá de pensar no Campeonato Brasileiro. No domingo, o Timão estreia na competição nacional, contra o Cruzeiro, às 16h (de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá.

FICHA TÉCNICA
GUARANÍ 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Data: 6 de maio de 2015, quarta-feira
Horário: 19h45 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorzuck (Uruguai)
Assistentes: Nicolás Tarán e Richard Trinidad (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Felipe e Fábio Santos (Corinthians)
Gols: Santander, aos 14, e Contrera, aos 36 minutos do segundo tempo

GUARANÍ: Aguilar; Patiño, Cáceres e Maldonado; Filippini (Contrera), Palau, De la Cruz, Mendoza e Bartomeus; Benítez (Juan Aguilar) e Santander (Fernández)
Técnico: Fernando Jubero

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf (Bruno Henrique), Elias, Jadson (Malcom), Renato Augusto e Luciano (Danilo); Guerrero
Técnico: Tite