ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Herói da partida, Rafael mantem a humildade

Goleiro santista prefere compartilhar o sucesso com os companheiros

Por Renato Melo

 

Rafael pula para defender o segundo pênalti e dar a classificação para o Santos na semi (Foto: Marcos Ribeiro)

Depois da vitória suada sobre o Palmeiras nas penalidades, o Santos vai enfrentar o Mogi-Mirim, que ontem massacrou o Botafogo (SP) por 6 a 0, no interior paulista.

O mando será do Sapão, pois teve a melhor campanha do que o Peixe na fase de classificação.

Após o clássico, Neymar mostrou seu pé enfaixado, sendo reconhecido pela torcida pelo esforço mostrado em campo, mais segundo o próprio jogador, não era uma lesão grave, tanto que jogou os 90 minutos em campo.

Já o goleirão Rafael, destaque da partida pegando duas penalidades, manteve-se humilde e não quis receber o rotulo de herói santista, dando créditos aos companheiros que se dedicaram em campo: “Lógico que quando se ganha nos pênaltis falam que o goleiro é o herói, mas a equipe toda foi bem, todo mundo se doou muito, estamos de parabéns, disputa por pênaltis é sempre muito difícil, mas nós temos grandes batedores e também treinamos muito. Quem acompanha nosso time sabe toda sexta-feira a gente treina pênaltis, eu treino muito, e hoje nós não merecíamos perder, Temos que ter humildade, não conquistamos nada ainda.”, comentou o defensor de dois pênaltis.
Rafael ainda salientou que não costuma estudar as cobranças de pênaltis dos adversários.

Agora, o time da Vila Belmiro terá folga no domingo e segunda feira, e retorna aos treinos terça feira de manha para começar os preparativos rumo ao tetra campeonato paulista.