ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Hoje é dia de festa. Juventus é Bicampeã!!!!

Juventus derrota Palermo e conquista o bicampeonato italiano

Por Vladimir da Costa

Com três rodadas de antecipação a velha senhora conquistou seu 29º título do Campeonato Italiano. Arturo Vidal, de pênalti, fez o que era preciso para que o Juventus saísse de campo com mais um scudetto.

Ao bater o Palermo por 1 a 0, em casa, o time mais popular da Itália ficou a 14 pontos do Napoli, que neste domingo encara o Inter de Milão, em Nápoles. O triunfo coroou a campanha da equipe de Turim, que obteve 26 vitórias, cinco empates e apenas quatro derrotas.

Já para o Palermo, a derrota deixou o time na zona de rebaixamento do Italiano. Com a derrota, o time, que soma 32 pontos, caiu uma posição por conta da vitória do Genoa por 4 a 1 sobre o Pescara. Na próxima rodada, a equipe vai encarar o Udinense, em La Favorita. Já a Velha Senhora visitará o Atalanta, no Estádio Azzurri d’Italia.

O jogo

A empolgação da torcida saiu das arquibancadas e foi parar no gramado para comemorar o Bicampeonato (Foto: REUTERS)

Empurrado pela fanática torcida, o Juventus iniciou a partida disposto e focado com seu objetivo. Sem dar espaços ao Palermo, os 20 primeiros minutos parecia jogo-treino. Ataque contra defesa. A Velha Senhora jogava no campo adversário, e os visitantes apenas se defendiam.

Mesmo com a força ofensiva, a Juve quase não assustava Sorrentino. Os poucos chutes a gol, quase todos de fora da área não assustavam o goleiro do Palermo. A melhor chance veio com Vucinic, que em velocidade entrou na área, mas pecou ao finalizar em cima do goleiro.

Como o Juventus não assustava apesar do maior domínio de bola, o Palermo equilibrou as ações, chegando timidamente ao gol de Buffon. Quase sempre em lances de bola parada. Aos 42, Miccoli foi claramente derrubado na entrada da área, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

A melhor chance veio no último minuto da etapa inicial. Pirlo cobrou escanteio na cabeça de Pogba. O francês se antecipou aos defensores e testou de cabeça. A bola passou à direita de Sorrentino.

O segundo tempo começou idêntico ao primeiro. Com o Juventus disposto a abrir o placar. Porém, quem assustou primeiro foram os visitantes. Miccoli recebeu na entrada da área e finalizou. bola bateu na trave de Buffon, que se esticou todo para evitar o gol.

Passado o susto, a Juve pós os nervos nos lugares, deixou a euforia pra torcida e chegou ao seu objetivo.

Com torcida ao fundo, jogadores correm para abraçar Vidal, o autor do gol do título (Foto: AP)

Aos 12 minutos, Vucinic foi novamente lançado, e acabou derrubado por Donati. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Vidal escolheu deslocou o goleiro e abriu o placar para a torcida alvinegra.

Depois do gol, o Juventus cresceu na partida, mas preferiu manter a bola do que empurrar para o gol. Cadenciado, a partida ficou sonolenta até que o Palermo resolveu despertar e quase empatou. Aos 32 minutos, Hernández recebeu na entrada da área e finalizou de virada. A bola passou à direita de Buffon que nada poderia fazer.

E assim seguiu até o final do jogo para delírio dos torcedores que após a partida invadiu o gramado para comemorar o bicampeonato. Festa toda a Itália, ao menos para a torcida da Velha Senhora.