ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ituano vence Santos e sai na frente na final do Paulistão.

Time do interior paulista mostrou sua força no Pacaembu e venceu o Peixe.

Por Paulo Edson Delazari
525_01aa192f-75ef-383e-b105-667c1945e88c

Cícero fica desolado enquanto jogadores do Ituano comemoram a vitória. (Foto: Gazeta Press)

O Ituano mostrou porque chegou a final do campeonato paulista neste domingo no Pacaembu e venceu o Santos por 1 a 0 com gol de Cristian. A equipe do interior paulista mostrou toda sua força defensiva e pela quinta vez seguida ficou sem tomar gols nas últimas cinco rodadas, caso mantenha a invencibilidade de sua defesa no próximo jogo, o time comandado pelo técnico Dorival (campeão mundial pelo São Paulo 1993) se sagrará campeão, já que agora joga pelo empate.

Por outro lado o Santos não foi de perto a equipe que empolgou até aqui, parando na forte defesa do Ituano o melhor time do campeonato não se encontrou, reflexo disto foi o penalti perdido por Cícero o artilheiro da equipe alvinegra na temporada mandou a bola no travessão, quando o jogo estava um a zero para o rubronegro paulistano.

Osvaldo de Oliveira até tentou algumas mexidas, mas não obteve sucesso quanto no jogo contra o Penapolense onde foi fundamental na virada naquela ocasião. Jogadores como Gabriel e Leandro Damião estiveram apagados e não renderam o que vinham rendendo, pior para o Santos.

Cristian, meio campista de 34 anos que entre 2005 e 2007 passou pelo Palmeiras, fez o gol de mais uma surpreendente vitória do Ituano no primeiro tempo de partida.

Nos 45 minutos finais, o time visitante – o Santos jogou com maioria de público, mas o mando era do adversário – teve raras chances de marcar e não conseguiu furar o bloqueio do Ituano, melhor defesa do Paulistão, com dez gols tomados.

Na fase de grupos do Estadual, o Ituano já havia desbancado o Corinthians, seu concorrente na chave, que ficou de fora das eliminatórias. O ‘Galo’ foi campeão paulista em 2002, quando os quatro grandes não participaram da competição. Perdendo a final do superpaulistão para o São Paulo.

Uma vitória santista por um gol de diferença no domingo que vem, novamente no Pacaembu, levará o confronto para os pênaltis. Para ser campeão diretamente, o Alvinegro Praiano precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença.