ÚLTIMAS NOTÍCIAS
“Jogando em casa” Valdívia marca e o Chile vence a Austrália

Empurrada pela torcida e com um “toque de magia”, seleção chilena estreia na Copa com vitória

Por Anderson Marinho
"El Mago" Valdívia foi um dos personagens do jogo. Foto: William West / AFP

“El Mago” Valdívia foi um dos personagens do jogo. Foto: William West / AFP

A Arena Pantanal em Cuiabá foi palco da partida entre Chile x Austrália, nesta sexta-feira, pela primeira rodada do Grupo B da Copa do Mundo 2014, em duelo marcado pela invasão dos torcedores chilenos, que cantaram o hino do país à capela antes do inicio da partida, os sul-americanos mostraram qualidade no ataque e superam a pressão do adversário na segunda etapa para conquistar a primeira vitória na competição por 3 a 1, com gols de Alexis Sánchez, “El Mago” Valdívia e Beausejour,  e deram o primeiro passo na busca por uma vaga às oitavas de final. Tim Cahill descontou para a seleção da Oceania.

O jogo

Tecnicamente superior e empurrado pela massa nas arquibancadas, o Chile tomou a iniciativa e partiu pra cima do adversário, apostando na habilidade do trio ofensivo formado por Valdívia, Sánchez e Vargas e aplicou uma blitz nos primeiros 15 minutos do jogo, impondo um ritmo forte que lhe deu vantagem no placar.

Chilenos comemoram gol de Valdívia. Foto: Reuters

Chilenos comemoram gol de Valdívia. Foto: Reuters

Logo aos 11 minutos, após boa jogada de Aránguiz, Alexis Sánchez aproveitou um rebote da zaga australiana, dominou e finalizou com tranquilidade para abrir o placar e explodir de alegria os adeptos vermelhos presentes no estádio.

Dois minutos depois, Sánchez deu bela assistência para Valdívia, o meia palmeirense dominou na entrada da área e bateu colocado, no alto, sem chances para o arqueiro Matthew Ryan.

Depois do 2 a 0 a equipe chilena relaxou, talvez pelo forte calor, e cedeu espaços para a Austrália, que aproveitou os contra-ataques e jogo aéreo para diminuir e assustar os sul-americanos.

Aos 35 minutos, Franjic avançou pela direita e cruzou na medida para Cahill, o atacante aproveitou a baixa estatura zaga rival e cabeceou firme para balançar a rede.

Etapa complementar

Mesmo com a chance de ampliar o marcador para aumentar o saldo de gols e levar uma possível vantagem nos critérios de desempate, o Chile não repetiu a pressão do primeiro tempo e continuou dando espaços para as jogadas aéreas do adversário.

Tim Cahill foi o melhor australiano em campo. Foto: AFP

Tim Cahill foi o melhor australiano em campo. Foto: AFP

Aos sete minutos, Lockie fez o levantamento para Cahill desviar de cabeça e marcar o segundo, mas a arbitragem assinalou corretamente um impedimento na jogada.

Quatro minutos depois, em contra-ataque rápido, Davidson avançou pela esquerda e cruzou, a bola passou por todo mundo e se ofereceu para Bresciano, o meia pegou de primeira, um chute rasteiro, com perigo e obrigou o goleiro Bravo a fazer uma grande defesa.

O Chile respondeu aos 16 minutos, Valdívia lançou na medida e colocou Vargas cara a cara com Ryan, o atacante tocou na saída do goleiro, mas o zagueiro Wilkinson salvou em cima da linha para evitar o terceiro gol.

Os australianos seguiram levando perigo nos contra-ataques, mas não conseguiram chegar ao gol de empate.

Nos acréscimos, Beausejour, que havia entrado na vaga de Valdívia, acertou um belo chute de fora da área para fazer o terceiro e garantir o triunfo e os três pontos para a seleção chilena em sua estréia na Copa do Mundo 2014.

A Holanda é a líder do grupo B com três pontos ganhos e quatro gols de saldo, o Chile aparece em segundo, com a mesma pontuação e saldo de dois.  Austrália e Espanha ainda não pontuaram, os australianos estão em terceiro com menos dois de saldo, enquanto espanhóis, atuais campeões do mundo, ocupam a lanterna com menos quatro gols de saldo.

Na próxima rodada o Chile encara a Espanha, quarta-feira às 16h00 no Maracanã no Rio de Janeiro.  Já a Austrália enfrenta a Holanda no mesmo dia, às 13h00, no Beira Rio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
CHILE 3 X 1 AUSTRÁLIA

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data/Horário: 13/6/2014, às 19h (Horário de Brasília)
Árbitro: Noumandiez Doue (CIV)
Cartões amarelos: Tim Cahill, Millingam e Jedinak (AUS); Aránguiz (CHI)

GOLS: Alexis Sánchez, 11’/1ºT (1-0); Valdívia, 13’/1ºT (2-0); Tim Cahill, 34’/1ºT (2-1) e Beausejour, 47’/2ºT (3-1)

CHILE: Bravo, Isla, Medel, Jara e Mena; Díaz, Vidal (Vidal, aos 15’/2ºT), Isla, Aranguiz e Valdivia (Beausejour, aos 23’/2ºT); Vargas (Pinilla, aos 42’/2ºT) e Sánchez. Técnico: Jorge Sampaoli.

AUSTRÁLIA: Matt Ryan, Franjic (McGowan, aos 3’/2ºT), Spiranovic, Wilkinson e Davidson; Bresciano (Troisi, aos 32’/2ºT), Jedinak, Millingan e Oar (Halloram, aos 24’/2ºT); Leckie e Cahill. Técnico: Ange Potescoglou.