ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Kaká faz sua parte, mas São Paulo cai diante do Goiás

Meia marca em sua reestreia, mas tricolor não resiste ao jogo aéreo do esmeraldino.

Por Anderson Marinho

Amaral comemora o primeiro gol do jogo. Foto: Adalberto Marques / Agif  /  Gazeta Esportiva

Amaral comemora o primeiro gol do jogo. Foto: Adalberto Marques / Agif / Gazeta Esportiva

O São Paulo foi à Goiânia encarar o Goiás, no estádio Serra Dourada, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, o duelo marcou a reestreia do craque Kaká com a camisa do tricolor paulista, que com grande atuação individual foi um dos destaques do jogo, mas os donos da casa levaram a melhor vencendo por 2 a 1, com gols marcados por Amaral e Bruno Mineiro, o próprio Kaká descontou para o time paulista.

Como resultado o Goiás encerrou um jejum de quatro jogos sem vitória e chegou aos 20 pontos ocupando a sétimo lugar na tabela de classificação. Já o São Paulo, após duas derrotas seguidas é apenas o oitavo colocado com 19 pontos.

O jogo

O São Paulo tomou a iniciativa nos 15 minutos inicias da partida, marcando sobre pressão no campo do adversário, mas apesar do volume de jogo superior o tricolor encontrava dificuldades para furar o bloqueio goiano.

Amaral comemora o seu gol. Foto: Buda Mendes / Getty Imagens

Amaral comemora o seu gol. Foto: Buda Mendes / Getty Imagens

As melhores oportunidades saíram dos pés do estreante Kaká, que se movimentava bem em campo dando alternativas para seus companheiros no setor de criação, principalmente nas jogadas em diagonal e nos chutes de fora da área, mas faltava objetividade para o tricolor.

Passados os primeiros 20 minutos de jogo os donos da casa equilibraram as ações e começaram a ameaçar nos contra-ataques rápidos puxados por Thiago Mendes.

Aos 43 minutos, após uma falta no meio de campo, David fez o levantamento para a área tricolor o capitão Amaral subiu livre e desviou de cabeça, sem chances para Rogério Ceni, abrindo o placar para o verdão.

Etapa complementar

Bruno Mineiro também deixou sua marca. Foto: Buda Mendes / Getty Images

Bruno Mineiro também deixou sua marca. Foto: Buda Mendes / Getty Images

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe na etapa inicial o técnico Muricy Ramalho promoveu a entrada de Alexandre Pato na vaga de Ademilson na volta do intervalo.

Entretanto, o Goiás não deu tempo para o São Paulo se acertar em campo e logo aos três minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Rodrigo Caio fez o corte parcial pelo alto em disputa com Amaral, a zaga bobeou e o capitão esmeraldino escorou de cabeça para o artilheiro Bruno Mineiro, livre na pequena área, só empurrar para as redes.

O segundo gol logo no inicio deu tranquilidade para o Goiás que se postou no setor defensivo, congestionando o meio de campo,  e dificultou ainda mais as ações do São Paulo.

Em desvantagem no placar o tricolor se mandou para o ataque em busca do resultado, mas continuou insistindo muito nas jogadas pelo meio e a bola praticamente não chegava ao centroavante Alan Kardec, isolado no ataque.

E uma das poucas ocasiões em que foi acionado, aos 9 minutos,  o camisa 14 recebeu bola enfiada de Paulo Henrique Ganso e chutou cruzado para grande defesa do goleiro Renan.

Kaká comemora o gol do São Paulo. Foto: Buda Mendes / Getty Images

Kaká comemora o gol do São Paulo. Foto: Buda Mendes / Getty Images

Ganso, aliás, ficou devendo futebol mais uma vez, enquanto Kaká era incansável em campo, o camisa dez pouco se movimentava facilitando a marcação do adversário.

Melhor jogador em campo, Kaká apareceu como elemento surpresa, vindo de trás, e aproveitou uma assistência de Alexandre Pato, após um vacilo da zaga alviverde, para tocar no canto esquerdo de Renan e diminuir para o São Paulo aos 31 minutos do segundo tempo.

O camisa oito ainda teve mais uma oportunidade nos minutos finais, em cobrança de falta que levou susto à meta adversária, mas não foi suficiente para impedir a derrota tricolor.

O Goiás volta à campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 18h30, contra o Fluminense no estádio do Maracanã.

Já o São Paulo recebe o Criciúma sábado, também às 18h30, no Morumbi.  Antes os comandados de Muricy Ramalho enfrentam o Bragantino quarta-feira às 22h00, em local ainda indefinido, pela terceira fase da Copa do Brasil.

GOIÁS 2×1 SÃO PAULO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO
Data: 27 de julho de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves-RS e José Antônio Chaves Franco Filho-RS
Cartões amarelos: David e Érik (Goiás-GO); Ganso (São Paulo-SP)
Público: 12.847 pessoas
Renda: R$ 538.155,00

GOLS:
GOIÁS-GO : Amaral (aos 43′ do 1T) e Bruno Mineiro (aos 2′ do 2T)
SÃO PAULO-SP: Kaká (aos 30′ do 2T)

GOIÁS: Renan; Moisés, Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, Thiago Mendes, David e Ramón (Tiago Real); Érik (Valmir Lucas) e Bruno Mineiro (Welinton Júnior)
Técnico: Ricardo Drubscky

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Lucão (Maicon) e Álvaro Pereira; Rodrigo Caio, Souza (Osvaldo), Kaká e Ganso; Ademílson (Alexandre Pato) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho