ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Leandro decide e Palmeiras derrota o Botafogo

Titular pela primeira vez, atacante marca dois gols e garante a vitória do verdão

Por Anderson Marinho

O Palmeiras recebeu o Botafogo de Ribeirão Preto, no estádio do Pacaembu, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Paulista 2013 e conquistou a sua sexta vitória na competição por 2 a 0, com gols marcados pelo atacante Leandro, e assumiu provisoriamente a quarta colocação na tabela de classificação do torneio.

O jogo

Leandro comemora mais um gol feito pela equipe alviverde (Foto: MarceloPereira/Terra)

Pressionado pelos últimos resultados da equipe o técnico Gilson Kleina modificou mais uma vez o formação do Palmeiras para duelo, com a entrada do atacante Leandro entre os titulares na vaga de Vinícius, como já havia antecipado o “Quatro Maiores”, e um meio de campo reforçado com quatro volantes, Márcio Araújo, Léo Gago, Charles e Wesley, com a entrada Juninho, retornando à lateral esquerda, no lugar de Marcelo Oliveira. Vilson, substituindo o suspenso Mauricio Ramos, foi recuado para formar a dupla de zaga ao lado de Henrique.

Envolvido na luta por uma vaga para disputar o Campeonato Brasileiro da Série D o Botafogo poupou quatro jogadores para a partida contra o Linense, no final de semana, e entrou em campo em busca de um empate para permanecer no G8.

O Palmeiras começou melhor, pressionando o adversário no campo de ataque, e o Botafogo praticamente não passou do meio de campo nos dez minutos iniciais da partida.

Logo aos cinco minutos de jogo Leandro recebeu bom passe no meio, limpou a marcação, e arriscou da entrada da área, de pé direito, a bola quicou na frente do goleiro Rafael, que aceitou, e morreu no fundo do gol, um frangaço! Palmeiras 1 x 0 Botafogo.
O Palmeiras seguiu pressionado o rival em busca de espaços para ampliar a vantagem, enquanto o Botafogo se defendia sem levar perigo à meta de Fernando Prass, com completo domínio das ações para o time alviverde.

Aos 30 minutos o zagueiro Henrique sentiu uma contusão muscular na coxa direita e precisou deixar o gramado. O capitão foi substituído pelo estreante André Luis, ex-Nancy da França.

Dois minutos depois foi a vez do atacante Kleber, com dores no joelho devido a uma tendinite, deixar o campo. Caio entrou na vaga do camisa nove.

Com as substituições forçadas o Palmeiras caiu de rendimento nos 15 minutos finais do primeiro tempo e deu liberdade para o Botafogo sair pro jogo.

Leandro comanda vitória do Palmeiras diante do Botofogo. (Foto: Wagner Carmo / AE)

A equipe de Ribeirão Preto teve boa oportunidade para empatar a partida aos 43 minutos, em cobrança de falta, Danilo bateu firme, no canto esquerdo de Fernando Prass, obrigando o goleiro a fazer uma grande defesa. No lance o arqueiro ficou caído com dores no ombro, preocupando a comissão técnica do verdão, mas se recuperou e voltou para o jogo.

Bem postado o Palmeiras fez uma bom primeiro tempo no Pacaembu, e apesar de ter sentido as saídas de Henrique e Kleber, principalmente de seu capitão, conseguiu segurar o resultado.

Etapa Complementar

As duas equipes retornaram para o segundo tempo sem alterações.

Assim como na primeira etapa o Palmeiras partiu para cima nos momentos iniciais. Logo com um minuto de jogo, Juninho pegou uma sobra na ponta esquerda e encheu o pé de fora da área dando muito trabalho para Rafael.

Aos três minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Rafael fez o corte parcial, mas a zaga não afastou o perigo, Leandro pegou a sobra, limpou a marcação, e bateu de direita para ampliar a vantagem do verdão. O quarto gol do camisa 38 pelo Palmeiras, que agora é artilheiro da equipe na temporada ao lado de Barcos. Palmeiras 2 x 0 Botafogo.

Depois do gol o treinador Marcelo Oliveira sacou Zé Antonio para a entrada do volante André, um dos poupados, procurando dar mais qualidade ao seu meio de campo.

O verdão chegou com perigo novamente aos 10 minutos, após boa troca de passes, Wesley invadiu a área e chutou de pé esquerdo obrigando Rafael a fazer mais uma defesa difícil.

O Palmeiras manteve o domínio da posse de bola na maior parte do segundo tempo e com a vantagem no placar passou a administrar o jogo, a partir dos 30 minutos, sem se expor aos contra-ataques.

Pelo Botafogo Marcelo Oliveira promoveu as entradas de Douglas Packer e Otacílio Neto nas vagas de Francis, ex-Palmeiras, e Danilo Bueno respectivamente. Kleina respondeu com Patrick Viera no lugar de Charles.

O jogo ficou truncado, com muitas faltas, e o alviverde passou o trocar passes, valorizando o tempo, chegou-se a ouvir uma grito de olé por parte da torcida palmeirense presente no Pacaembu nos minutos finais do jogo, e ficou nisso, Palmeiras 2 x 0 Botafogo.

O Palmeiras fez uma boa exibição diante do Botafogo, que apesar de não ser uma grade equipe vem sendo uma das surpresas deste campeonato, e conquistou uma vitória importante para as pretensões da equipe na competição e no restante da temporada.

As substituições de Kleina deram mais segurança para o sistema defensivo da equipe e o meio de campo não se limitou apenas a marcar, com bastante movimentação por parte dos homens de marcação, enquanto Leandro mostrou mais uma vez que tem estrela e faro de artilheiro, marcando duas vezes e foi o destaque da partida.

Palmeirenses comemoram no Pacaembu. (Foto: Marcelo Pereira / Terra)

O treinador pode repetir a formação em outras ocasiões, pelo grande número de desfalques do time, mas também pelo bom desempenho demonstrado em campo que certamente o agradou.

O Palmeiras se prepara agora para o clássico contra o Santos, no próximo domingo às 16h00 no Pacaembu, pela 14ª rodada do Paulistão. Para este duelo Henrique e Kleber, que saíram machucados serão reavaliados no durante o restante da semana e podem desfalcar o verdão.

Ficha técnica

PALMEIRAS 2 X 0 BOTAFOGO-SP
Gols

PALMEIRAS: Leandro, aos 5min do 1º tempo, e aos 3min do 2º tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Weldinho, Henrique (André Luiz), Vilson e Juninho; Márcio Araújo, Léo Gago, Charles (Patrick Vieira) e Wesley; Leandro e Kleber (Caio) Treinador: Gilson Kleina

BOTAFOGO-SP: Rafael; Igor, César Gaúcho e Preto Costa; Daniel, Gilmak, Zé Antônio (André), Danilo Bueno (Otacílio Neto) e Fabio Gama; Francis (Douglas) e Nunes Treinador: Marcelo Veiga

Cartões amarelos

PALMEIRAS: Charles e Léo Gago

BOTAFOGO-SP: Danilo Bueno

Árbitro
Aurélio Santanna Martins

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo