ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Leo Moura desencanta e Flamengo vence o Santos

Maratona de jogos derruba sequência de vitórias do peixe na competição

Por Vladimir da Costa

Depois de bater o Inter no Sul na terça-feira , o Santos foi até o Rio de Janeiro para encarar o Flamengo, na abertura do returno de olho no G4. Bem diferente dos donos da casa, que estavam tentando se distanciar da zona de rebaixamento. Fatores que refletiram na partida, a favor dos donos da casa.

Completo, apenas com o desgaste físico, o Santos começou a partida de maneira cautelosa. Tentando poupar seus atletas para o que estava por vir, mas não funcionou. O Flamengo tirou proveito da maratona de três jogos em sete dias e venceu o time da Vila por 2 a 1 e se afastou ainda mais da parte de baixo da tabela. Bom para Leo Moura fez o gol que abriu caminho para a vitória após um ano e quatro meses, de 62 jogos pelo clube.

Leo Moura volta a marcar, e Flamengo bate Santos em casa (Foto:Divulgação/Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Leo Moura volta a marcar, e Flamengo bate Santos em casa (Foto:Divulgação/Alexandre Vidal/Fla Imagem)

 O Jogo

Bem postado na defesa, a primeira chance do time do Flamengo veio somente aos 11 minutos. Paulinho invadiu a área, pela direita, e bateu buscando o ângulo do goleiro Aranha, mas a bola foi sobre o gol.

Os donos da casa buscavam o ataque e encurralavam o Santos em seu campo de defesa. O Santos viu que iria acabar levando o gol se ficasse jogando apenas na desesa ,mas quando o peixe começava a gostar do jogo, o Rubro-negro abriu o placar. Leo Moura roubou a bola na intermediaria e tocou para Hernane que se atrapalhou ao tentar driblar Aranha, mas a bola sobrou para o lateral que acompanhou a jogada e completou para o fundo das redes: 1 a 0

Na frente, o Flamengo manteve a disposição e seguiu dominando a partida. O Santos buscava responder, mas estava visivelmente cansado em seu terceiro jogo em sete dias – A única opção dos paulistas era Thiago Ribeiro. Aos 31 minutos o atacante bateu firme para o gol, a bola desviou no meio do caminho e quase enganou o goleiro.

O jogo seguiu parelho. Porém, no último lance da primeira etapa, a torcida rubro-negra ficou apreensiva. Renato Abreu se posicionou para cobrar a falta, mas pegou mal na bola e mandou para fora.

O volante Elias em ação na partida contra o peixe no Macaranã

O volante Elias em ação na partida contra o peixe no Macaranã (Foto:Divulgação/Alexandre Vidal/Fla Imagem

O segundo tempo foi mais pegado e corrido. Logo aos nove minutos, Hernane, meio apagado em campo até então, ampliou para o Flamengo após receber passe de Carlos Eduardo. O atacante apenas empurrou, já que Aranha estava fora do lance.

Os donos da casa não tiveram tempo de comemorar. Dois minutos depois, Everton Costa sofreu falta dentro da área. Pênalti. Cícero cobrou e diminuiu: 2 a 1.

Depois disso, o jogo ficou aberto. O Santos cresceu na partida, mas o desgaste físico, não ajudou a equipe da Vila a manter uma pressão no campo do adversário e com isso o Flamengo seguiu martelando, buscando o terceiro gol.

Thiago Ribeiro teve uma chance de ouro aos 40 minutos, mas errou o alvo. Mano trocou Gabriel por Rafinha. Mas já não havia mais tempo. Vitória e alívio no Flamengo.

Com a vitória, o Flamengo chegou a 25 pontos, abriu três da zona de rebaixamento na 11º posição. Com a derrota o Santos permanece com 28 pontos, na sétima posição. Na próxima rodada, o Rubro-negro volta a campo contra a Ponte Preta no domingo, às 16h em Campinas. Às 18h30m do mesmo dia, o Alvinegro receberá o Botafogo em casa.