ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Liderança preta e branca na Itália!

Em casa, Juventus bate o Napoli por 2 a 0 e se isola na ponta

Por Eduardo do Carmo

Pirlo teve atuação discreta, mas ajudou a Juventus com passe no primeiro gol (Foto: Agência Reuters)

Em confronto direto pela liderança, neste sábado, no Juventus Stadium, pela 8ª rodada do Campeonato Italiano, a Velha Senhora bateu o Napoli por 2 a 0 com a ajuda de reservas e se isolou na primeira colocação da Série A da Itália.

A Juventus, que foi campeã na temporada passada de forma invicta, encerrou a temporada 2010/2011 sem derrota, e com mais oito partidas da atual edição chega à incrível marca de 47 partidas sem derrotas. O recorde de invencibilidade é do Milan, com 58 jogos, entre 1991 e 1993.

Com o resultado, a Juventus chegou aos 22 pontos, e deixou o Napoli com 19. Na próxima rodada, o adversário da Juve será o Catania, fora de casa, no domingo, às 10h (horário de Brasília). Já o Napoli, volta a atuar em casa, diante do Chievo, na mesma data e horário.

Antes, no meio da semana, a Juventus terá compromisso pela Liga dos Campeões contra o Nordsjaelland, na Dinamarca. O Napoli, por sua vez, enfrenta o Dnipro, pela Liga Europa.

Em jogo muito truncado, as jogadas de perigo eram raras por conta da forte marcação dos dois lados. Os gols foram marcados por atletas que saíram do banco de reservas no final do segundo tempo.

O jogo

Na primeira etapa, a oportunidade clara de gol foi do lado napolitano. Aos 24, Cavani bateu falta e carimbou o travessão de Storari. A Juve ainda assustou no final, mas De Sanctis interceptou chute de Marchisio.

Após o intervalo, a Juventus assustou aos 10 minutos, quando Giovinco recebeu na área, limpou a marcação e finalizou para fora. Já aos 34, Pirlo cobrou escanteio e Cáceres, de cabeça, mandou para o fundo das redes. Pouco depois, a Velha Senhora voltou ao ataque e ampliou o marcador. Pogba, que havia entrado há pouco tempo, acertou um belo chute, de primeira, e acertou o canto de De Sanctis.

Com pouco tempo em campo, Pogba marca um golaço na vitória da Juve (Foto: Agência AP)