Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Mais um atropelo Santista e vaga assegurada | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Mais um atropelo Santista e vaga assegurada

Nova goleada e classificação para a próxima fase assegurada para o Santos.

Por Vladimir da Costa

Pela quarta vez na competição, o time da Vila Belmiro mostrou que tem o ataque dos sonhos.  O melhor ataque da competição começou a partida em marcha lenta, mas mostrou força, poder de reação e atropelou o Mogi Mirim, no Romildo Ferreira, pela 12ª rodada do estadual. Uma goleada por 5 a 2, de virada que contou com gols de Emerson Palmieri, Leandro Damião, Rildo, Arouca e Lucas Lima – Fernando Baiano e Magrão descontaram. Em 12 rodadas a equipe chegou à incríveis  30 gols, 19 de saldo e média de 2,5 por partida.

Com 29 pontos, o Peixe não pode mais ser alcançado pelo São Bernardo, terceiro do grupo C. Já o Mogi segue no quarto lugar do Grupo D, com 12 pontos, e ainda está ameaçado pelo rebaixamento.

A partida

Damião, mais uma vez, deixou o dele. (Foto: Denny Cesare / Agência Estado)

Damião, mais uma vez, deixou o dele. (Foto: Denny Cesare / Agência Estado)

A estreia como titular da formação totalmente ofensiva do Santos aconteceu: Cícero, Geuvânio, Gabriel, Thiago Ribeiro e Leandro Damião não conseguiram colocar em prática o que a teoria apontava como promissor no primeiro tempo. Com pouca movimentação e Cícero que tinha que voltar mais que costume, o Peixe carecia de elemento surpresa, que chuta muito bem de fora da área, apesar do time contar com outros quatro atacantes na frente, Damião foi anulado e praticamente não encostou na bola na etapa inicial. O time alvinegro tinha muita dificuldade de armar as jogadas.

O ritmo lento agradou ao Mogi Mirim, que aproveitava as brechas do meio-campo santista para avançar. E foi pela esquerda, logo após o lateral Emerson deixar o gramado para ser atendido, que Everton Sena apareceu livre e cruzou para Fernando Baiano desviar, de letra, para o gol. O técnico Oswaldo de Oliveira ficou extremamente irritado com o lance, uma vez que ele havia avisado para a equipe cobrir o lado esquerdo enquanto Emerson estava fora de campo.

Coube ao próprio lateral ajudar o quinteto ofensivo do Peixe a ser “mágico”. No único momento de lucidez da equipe santista no primeiro tempo, Gabriel recebeu de Thiago Ribeiro e deu de calcanhar para o lateral, que deu uma de centroavante e empatou o jogo. Um golaço.

O segundo tempo começou com Cícero mais adiantado. Jogando de meia, onde rende mais, o “falso volante” desencantou. Bastou um lance para a mudança se mostrar acertada. De seu pé esquerdo saiu o petardo rebatido por Reynaldo e que Leandro Damião, em sua primeira oportunidade, aproveitou para virar o jogo, aos 10 minutos.

A força ofensiva dava uma desequilibrada atrás. A defesa errava muito e depois de um novo vacilo, o Sapão voltou a marcar. Aos 21 minutos, Everton Sena aproveitou a bobeira santista e apareceu livre na área para cabecear firme. Aranha espalmou e, no rebote, Magrão fez.

Jogadores do peixe comemoram um dos gols da goleada santista contra o Mogi Mirim (Foto: Luciano Claudino / Agencia estado)

Jogadores do peixe comemoram um dos gols da goleada santista contra o Mogi Mirim. (Foto: Luciano Claudino / Agencia estado)

A partir daí, entrou a força do melhor ataque, que mostrou também melhor preparo físico. O terceiro veio com Rildo que escorou cruzamento de Cicinho e marcou seu primeiro no Peixe um minuto depois de ter levado o empate.

Depois foi a vez de Arouca marcar outro golaço na partida. Aos 37 minutos, a bola rebateu dentro da área após cruzamento da direita e o volante aproveitou a bola no ar para acerar um voleio. Um lindo gol para encher a torcida santista de orgulho.

Sem forças, o Mogi assistia o Santos criando chances com facilidade. No último lance, mais um gol para transformar a vitória em goleada: Cícero acertou lançamento  para Cicinho, que dominou e encontrou Lucas Lima dentro da área. De primeira, o meia tirou do alcance do Reynaldo com um tapa de direita. Mais um massacre do peixe no paulistão.

Classificado e com o melhor ataque e saldo mais positivo, o Santos vai forte para a próxima fase. Os dois times voltam a jogar no domingo, às 18h30m (de Brasília). O Santos recebe o Oeste, na Vila Belmiro, e o Mogi Mirim visita o São Bernardo, no estádio Primeiro de Maio, no ABC Paulista.

xhamster