ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Massacre! Barcelona sobra e faz 8 no Santos, fora o show!

Neymar estreia oficialmente e Barça dá show em cima do Santos.

Por Renato Melo

Iniesta acompanhado por Dracena. (Foto: AFP)

Iniesta acompanhado por Dracena. (Foto: AFP)

O amistoso entre Santos e Barcelona não poderia ser melhor para o time da casa. Na apresentação oficial do time para a temporada 2013/2014, o time da Catalunha massacrou o Peixe, um placar histórico, 8 a 0. Uma aula de futebol com vários protagonistas, Messi, Xavi, Iniesta, Fabregas e ele, Neymar.

O troféu Joan Gamper ficou com o Barcelona, merecidamente, mostrando um futebol de altíssimo nível e dando mostra de que a temporada será de muitos frutos e títulos para a equipe espanhola.

O jogo serviu também para apresentar ao torcedor barcelonista a estreia do técnico Tata Martino, ex-treinador do News Old Boys, que logo ao chegar deu seu recado: ” Se Messi e Neymar não jogarem juntos, o problema é o treinador”. Dando o seu recado que certamente as estrelas irão compor o time titular, apesar de não ter sido a realidade do jogo de hoje, quando ambos só estiveram juntos por 17 minutos.

Para o Santos fica o vexame de ter ido a Europa e ter feito um papelão, agora o Peixe voltará a jogar no domingo quando enfrentará o Naútico.

PRIMEIRO TEMPO

Messi celebra gol que abriu goleada. (Foto: AFP)

Messi celebra gol que abriu goleada. (Foto: AFP)

O jogo começou com domínio do Barcelona, aos 5 minutos, a primeira chance do clube espanhol, Alexis Sánches tabela com Pedro que chutou cruzado, passando perto do gol de Aranha.

Logo depois, aos 7 minutos, gol do Barcelona, depois de uma dividida entre Edu Dracena e Pedro, a bola sobrou limpa para Messi, que driblou Aranha e tocou para o gol, 1 a 0 para os Catalães.

A partida estava sob total domínio do time azul-grená, e aos 11 minutos, mais um gol do Barcelona, Daniel Alves cruzou da direita e Léo, ao tentar tirar, jogou a bola contra o patrimônio, 2 a 0 Barcelona.

Aos 16 minutos, o Santos tentou uma investida ao ataque mais sem sucesso, Neilton lançou para o atacante Thiago Ribeiro, mas Mascherano tirou sem dificuldades.

O Barcelona jogava com seu tradicional toque de bola, envolvendo totalmente o time da Vila Belmiro, e aos 21 minutos, mais um gol do time espanhol, Messi arrancou pra cima da defesa santista e tocou para o chileno Sanches que sem dificuldades, fez na saída do goleiro Aranha, 3 a 0.

E a defesa santista não tinha sossego, aos 24 minutos Iniesta entrou na grande área e bateu colocado, mais Aranha defendeu.

Estava muito fácil, aos 28 minutos, o quarto gol do Barcelona, agora com Pedro, numa troca de passes entre o ataque Catalão, ele aproveitou um cruzamento perfeito de Alba, e sozinho, só teve o trabalho de concluir ao gol, 4 a 0 Barcelona.

Trinta minutos de jogo, e o Santo não conseguia sair para o jogo, parecia um treino de ataque contra a defesa.

Aos 32 minutos, o primeiro chute santista, com o lateral Galhardo, que arriscou de fora da área, mais a bola passou longe do gol espanhol.

O Peixe fez sua primeira substituição aos 34 minutos, saiu o estreante Thiago Ribeiro para a entrada de Willian José.

Aos 39 minutos, quase o quinto gol, o zagueirão Pique se arriscou no ataque, mais se atrapalhou na hora de chutar ao gol.

Estava muito fácil para o Barcelona, aos 43 minutos, Pedro e Messi se atrapalham sozinhos dentro da área, Daniel Alves cruzou para a área, Messi cabeceou para fácil defesa de Aranha.

Fim do primeiro tempo aos 45 minutos, show do Barcelona, 4 a 0.

SEGUNDO TEMPO

Neymar comemorando com time o quinto do Barça. (Foto: AFP)

Neymar comemorando com time o quinto do Barça. (Foto: AFP)

O segundo tempo começou igual terminou primeiro, domínio do Barcelona, agora reforçado por Neymar, que fez sua estreia no Camp Nou.

As equipes voltaram com muitas modificações, de ambos os lados foram oito do Barça e sete do Peixe.

O Barcelona pressionou em busca de mais gols, e aos 7 minutos, Daniel Alves deixou Fabregas na cara do gol, o meia chutou cruzado e fez o quinto gol, 5 a 0 para o Barça.

Apesar do gol sofrido, o Peixe estava chegando mais junto, não dando tanto espaços como no primeiro tempo.

Aos 12 minutos, Neymar roubou a bola de Cicinho, foi à linha de fundo e cruzou, a bola passou com perigo na frente do gol santista.

Em uma rara subida ao ataque, o Santos conseguiu um escanteio, mais o lance não ofereceu perigo à defesa do Barcelona.

Aos 15 minutos, Fabregas deixou Messi na cara do gol, que tentou dar um toque de cobertura, mais o goleiro santista Vladimir fez uma bela defesa. Logo após o lance, o melhor jogador do mundo foi substituído, sendo aplaudido de pé pela torcida presente no estádio.

Mais uma subida do Santos, agora com Cicinho, aos 18 minutos, o lateral cruzou para a área, mais nas mãos do goleiro Barcelonista.

A partida caiu um pouco de ritmo aos 20 minutos, mais com presença marcante do Barcelona no ataque santista.

Estava parecendo uma pelada, aos 22 minutos, Neymar recebeu na linha de fundo, e com extrema tranquilidade, deu um passe açucarado para Fabregas, que com categoria, chutou fora do alcance do goleiro, 6 a 0 para o Barcelona.

Aos 24 minutos, mais uma vez Fabregas, agora na cobrança de falta, a bola bateu na trave esquerda, o goleiro apenas olhou.

Neymar começou a dar espetáculo, aos 28 minutos, Neymar entortou Edu Dracena, que se recuperou no lance e jogou para escanteio. Logo depois da cobrança, Adriano avançou em direção a meia lua da grande área e bateu, a bola fez uma curva e entrou no canto esquerdo do gol santista, golaço, 7 a 0 para o Barcelona.

Aos 33 minutos, o Santos assustou, depois de um cruzamento de Léo Cittadini, Cicero subiu bem e cabeceou com perigo, o goleiro do Barcelona Pinto espalmou. Na sequência, aos 35, Victor Andrade recebeu um cartão amarelo depois de falta dura em cima de Bartra.

Mais um gol do Barcelona, agora foi a vez do jovem Dongou, aos 37 minutos, Fabregas foi à linha de fundo e cruzou para o atacante só escorou para o gol, 8 a 0 Barcelona.

Aos 43 minutos, Neymar quase fez o dele, Dongou costurou a defesa santista e tocou para Neymar, o atacante chutou forte de perna esquerda e carimbou o travessão santista.

Final o jogo, aos 45 minutos, massacre do Barcelona, 8 a 0.

Depois do revés diante o Barcelona, o Santos volta para o Brasil, tentando recuperar suas forças para o Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, recebendo o Náutico na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

 

BARCELONA 8 X 0 SANTOS

Local: Camp Nou, Catalunha (ESP)
Árbitro: Xavier Fernandez
Auxiliares: Xavier Martin e Xavier Aguilar
Cartões amarelos: Adriano (BAR) e Victor Andrade (SAN)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Messi (7’/1ºT), Léo, contra (11’/1ºT), Sánchez (21’/1ºT), Pedro (28’/1ºT), Fábregas (7′ e 22’/2ºT), Adriano (29’/2ºT) e Dongou (37’/2ºT)

BARCELONA: Valdés (Pinto-intervalo); Daniel Alves (Montoya-intervalo), Mascherano (Bagnack 32’/2ºT), Piqué (Marc Batra-intervalo) e Jordi Alba (Adriano-intervalo); Busquets (Song-intervalo), Xavi (Fábregas-intervalo), Iniesta (Sergi Roberto-intervalo); Messi (Dongou 15’/2ºT), Pedro (Neymar-Intervalo) e Alexis Sánches (Dani Nieto 28’/2ºT) . Técnico: Tata Martino

SANTOS: Aranha (Vladimir-intervalo); Galhardo (Cicinho-intervalo), Edu Dracena, Durval (Gustavo Henrique-intervalo) e Léo (Mena-intervalo); Arouca (Alan Santos 15’/2ºT), Cícero, Leandrinho (Léo Cittadini-intervalo) e Montillo (Pedro Castro 31’/2ºT); Neilton (Giva-intervalo/Gabriel, aos 31’2ºT) e Thiago Ribeiro (Willian José 34’/1ºT/Victor Andrade, aos 31’/2ºT) Técnico: Claudinei Oliveira