ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Mesmo com reservas, São Paulo vence Penapolense

São Paulo vence a quinta seguida no Paulistão e reassume a liderança do Paulistão

Por Vladimir da Costa

Querendo recuperar a ponta da tabela o São Paulo foi a Penapoles para enfrentar o Penapolense, que era umas das e equipes do interior que começou bem, mas caiu nas últimas rodadas e precisava da vitória para entrar no grupo dos oito classificados para a segunda fase.

E a equipe do interior, até então invicta jogando em casa, não conseguiu parar o tricolor que, mesmo não fazendo uma boa partida e jogando com uma equipe totalmente de reservas conseguiu os três pontos e retomar a ponta da tabela, abrindo dois pontos do Mogi Mirim, que tomou a segunda posição da Ponte Preta. O tricolor ainda tem um jogo a menos na competição.

A partida

Diante de um estádio, acanhado, mas cheio, o São Paulo não demorou para abrir o placar. Logo aos três minutos, Cañete cobrou mal a falta na ponta esquerda, mas a zaga se atrapalhou toda para afastar a bola que chegou para Rhodolfo, na pequena área que dominou e chutou para abrir o placar em Penapoles.

Rhodolfo é abraçado por seus companheiros depois de abrir o marcador (Foto: Fernando Calzzani/Photo Press)

Com o gol logo no inicio da partida, o São Paulo se fechou e passou a atuar mais no contra-ataque, já que os donos da casa, em desvantagem no placar, passaram a pressionar o São Paulo, principalmente pelo lado esquerdo, mas costas de João Filipe, que parecia perdido em campo.

Mesmo com mais volume de jogo, o goleiro Denis não participava ativamente da partida. E quem quase marcou foi o São Paulo. Cañete recebeu na ponta direita, viu a ultrapassagem de João Filipe e tocou na área para o camisa 21. O lateral cruzou rasteiro para Ganso, mas o goleiro se antecipou ao meia para fazer a intervenção.

O troco veio na jogada seguinte. Depois que João Filipe parou o contra-ataque com falta, recebendo o primeiro amarelo do jogo. Na cobrança da falta, a bola foi alçada na área tricolor, bateu na coxa de Ganso e acertou, o travessão de Denis.

O Penapolense seguia em cima do São Paulo, principalmente com Guarú, que participava de todas as jogadas de perigo dos donos da casa, sendo em jogadas de bola parada, ou na velocidade, mas faltava o último passe para deixar um companheiro livre para finalizar a gol.

O jogo seguia com o São Paulo se defendendo com poucas chegadas ao ataque. Por outro lado, o tricolor, mesmo sem força ofensiva, não chegava a sofrer uma pressão muito grande do Penapolense, que quando teve a chance, parou em Denis.

Em linda jogada individual, Rodrigo Biro enfiou a bola entre as pernas de Cañete, passou fácil por João Filipe, invadiu a área e chutou forte. O camisa 12 do tricolor conseguiu espalmar a bola.

Cañete foi um dos destaques da partida (Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net)

O segundo tempo começou parecido como acabou o primeiro, o São Paulo falhando na parte defensiva, fazendo muitas faltas e o Penapolense querendo o gol de empate.

O São Paulo apesar de chegar pouco, quando atacava era perigoso. Caindo pela esquerda, Ademilson cruzou na área para o estreante Wallyson, que recebeu, mas deixou a bola escapar um pouco, mesmo assim conseguiu bater rasteiro de canhota. A bola passou perto. Aos oito minutos, mais uma ótima chance tricolor. Ademilson partiu em velocidade na intermediaria e soltou uma bomba de fora da área. A bola bate no trave esquerdo de Roni.

O tricolor equilibrou a partida, diminuindo o ímpeto dos donos casa, que dependia de Guarú para criar boas chances de gol e como não conseguia invadir a área tricolor, começou a chutar de todos os lados. Aos 22 minutos, Fio enfiou na ponta esquerda para Rodrigo Biro, que invadiu a área e chutou mesmo sem ângulo, mas Denis estava atento e salvou mais uma.

E quem não faz, acaba levando.

Maicon lançou Ademilson na meia esquerda, o atacante dominou, passou pelo marcador e de fora da área, chutou colocado contando com a colaboração de Roni para ampliar o placar. A bola pegou um efeito e matou o goleiro que caiu estranho, levando o segundo gol no jogo.

O segundo gol desanimou o time do Penapolense que diminuiu o ritmo da partida, parecendo aceitar sua primeira derrota em casa. O São Paulo, satisfeito com o resultado, tocava de lado, esperando uma brecha do adversário para matar o jogo, mas ficou nisso, o São Paulo venceu por 2 a 0 e retomou a ponta da tabela. O Penapolense segue com 13 pontos, ocupando a nona colocação.

Na próxima rodada o Penapolense recebe o Ituano o Paulista, no sábado, em casa. Já o São Paulo terá o clássico contra o Palmeiras, no domingo, às 16h, no Morumbi.