ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Muricy mexe na equipe para encarar o Bragantino

São Paulo tenta, na Copa do Brasil, sua reabilitação diante do Bragantino cheio de alterações.

Por Vladimir da Costa

O time que foi por uma rodada a sensação do brasileiro, pós copa, caiu na real. Depois de duas derrotas seguidas e com muita dificuldade de organização e força ofensiva, apesar da qualidade do elenco, o São Paulo, terá amanhã mais uma chance de mostrar que tem força de reação.

Muricy orienta a equipe antes de pegar o Bragantino pela Copa do Brasil

Muricy orienta a equipe antes de pegar o Bragantino pela Copa do Brasil. (Foto: saopaulofc.net)

É bem verdade que a competição é outra, mas a cobrança em caso de novo tropeço será enorme. Por isso, o técnico Muricy Ramalho não revelou a escalação do time para enfrentar o Bragantino, nesta quarta-feira, às 22h, em Ribeirão Preto, pela terceira fase da Copa do Brasil. O treinador comandou uma atividade com portões fechados para a imprensa, nesta terça, no CT da Barra Funda, e não indiciou os titulares.

Em pouco mais de minutos de treino, Muricy realizou um trabalho de posicionamento dos jogadores.

Antes do treino, o técnico reuniu os titulares para uma conversa no gramado. Na estreia de Kaká, o Tricolor não teve boa atuação e foi derrotado por 2 a 1 pelo o Goiás, no Serra Dourada, se distanciamento dos primeiros lugares do Brasileirão. Agora, nove pontos separa o tricolor do líder Cruzeiro.

Para enfrentar o Bragantino, Muricy não contará com Kaká, poupado, além do zagueiro Antônio Carlos (panturrilha esquerda), o atacante Osvaldo (pancada no quadril) e o centroavante Alan Kardec, que já defendeu o Palmeiras no início da competição nacional também nem viajaram para o interior.

O meia Boschilia e o atacante Alexandre Pato devem ficar com as vagas na equipe. Outra possibilidade é Rodrigo Caio voltar para a zaga, abrindo espaço para Maicon entrar novamente como volante. Assim, Lucão deixaria o time.

O São Paulo deve entrar em campo amanhã com a seguinte formação: Rogério Ceni, Douglas, Rafael Toloi, Lucão (Maicon) e Alvaro Pereira; Rodrigo Caio, Souza, Boschilia e Ganso; Ademilson e Alexandre Pato.