ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Na Arena Pantanal, Galo canta mais alto e derrota o Peixe de virada

Santos sai na frente, mas recuou demais e perdeu a primeira na competição nacional.

Por Renato Melo

O Santos foi derrotado pelo Atlético Mineiro na Arena Pantanal por 2 a 1, de virada. Sem o centroavante Leandro Damião, contundido, a partida foi muito truncada e o primeiro tempo foi dominado pelo time da Vila Belmiro, que terminou vencendo. Mais depois do intervalo deu um apagão no time da Vila Belmiro e o Galo não teve pena. Com dois gols do ex-santista André, definiu o placar, levando o Galo uma posição a mais que o próprio Santos.

Primeiro tempo

O jogo começou com o Peixe quase inaugurando o placar logo aos 3 minutos, o lateral chileno Mena cruzou para Gabriel que ajeitou na medida para Cicero que chutou, mais o goleiro da Seleção Victor salvou o time do Galo. O Santos pressionou o Atlético nos primeiros 15 minutos de jogo tentando chegar ao gol com um rápido toque de bola, mais a defesa do Galo estava ligada.
Aos 23 minutos, o Santos novamente chegou com perigo, Thiago Ribeiro deixou Cicero na cara do gol, mais o meia não conseguiu dominar a bola. O Peixe utilizava bastante o lado esquerdo para conseguir algum triunfo.

Gabriel tenta dominar a bola no confronto contra o Atlético na Arena Pantanal. (Foto: Ricardo Saibun/ AGIF)

Gabriel tenta dominar a bola no confronto contra o Atlético na Arena Pantanal. (Foto: Ricardo Saibun/ AGIF)

O primeiro lance de perigo do Galo foi aos 30 minutos de jogo, com Leonardo Silva, que após a cobrança de escanteio cobrado pela esquerda, o zagueiro subiu mais que todos na área e cabeceou, obrigando o goleiro Aranha a fazer uma excelente defesa.

A partida seguia equilibrada  e os dois times tem muita dificuldade na criação de jogadas. Aos 37 minutos o time da Vila Belmiro abriu o placar, Cicero recebeu um passe açucarado de Alan Santos que tocou com categoria na saída de Victor, Santos 1 a 0. O Atlético tentou reagir para deixar tudo igual antes do final da primeira etapa mais o time seguiu muito desorganizado. Fim do primeiro tempo, 1 a 0 para o Alvinegro Praiano.


Segundo tempo

A segunda etapa começou como o esperado, o Galo buscando o gol de empate e o peixe esperando armar um bom contra ataque.
O primeiro perigo foi do Galo aos 9 minutos com Carlos. Ele recebeu um cruzamento na medida de Emerson Conceição e caprichou tanto no cabeceio que colocou pra fora, chance de ouro desperdiçada pelo time mineiro. O Galo continuava na pressão e o time da Vila tinha dificuldades de interromper as jogadas.

O jogo tornou se um ataque contra defesa, com o Galo pressionando sem nenhuma objetividade e o Peixe querendo pegar uma oportunidade para matar a partida.

André tem noite de carrasco e faz dois contra seu ex-clube. (Foto: Ricardo Saibun/ AGIF)

André tem noite de carrasco e faz dois contra seu ex-clube. (Foto: Ricardo Saibun/ AGIF)

Aos 25 minutos, Gabriel quase faz o segundo para o Santos, o atacante deu uma bela arrancada pela esquerda e bateu firme na entrada a área, mais o goleiro atleticano defendeu. Quatro minutos depois, o empate do Galo, aos 29 minutos, Alex Silva fez linda jogada pela esquerda e tocou para André livre, tocar pro fundo do gol do Peixe, empatando a partida.

Depois do empate, o time da Vila Belmiro sentiu o baque e o Galo se aproveitou da situação e se lançou para o ataque. A atitude surtiu efeito e aos 35 minutos, a virada do Galo, novamente André. Em um contra ataque, Marion encontrou o centroavante que com categoria, só tirou do goleiro Aranha com o bico da chuteira, Santos 1 Atlético 2.
O Galo se recolheu e apenas se defendeu das investidas do Peixe, que totalmente sem inspiração para tentar o empate, foi alvo fácil para a defesa do Atlético.

O arbitro deu três minutos de acréscimo e terminou a partida. O Santos perdeu a partida de virada por 2 a 1, decepcionando a torcida presente na Arena Pantanal.

Com o placar, o Santos caiu para a 12ª colocação com 6 pontos e enfrenta o Goias, fora de casa, na quinta feira. Já o Atlético-MG está exatamente na frente do peixe com 7 pontos e enfrenta o Vitória, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro já no meio de semana.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 x 2 ATLÉTICO MINEIRO

Data: 18/5/2014
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Público pagante/renda:  15.600/ R$706.000,00
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: David Brás e Neto (Santos), Emerson Conceição, Leonardo Silva e Victor (Atlético Mineiro)

Gols: Cícero, aos 37’/1ºT (1-0), André aos 29’/2ºT (1-1) e 35’/2ºT (1-2)

Santos: Aranha, Bruno Peres (Zé Carlos, aos 22’/2ºT), Neto, David Braz, Mena; Arouca, Alan Santos (Leandrinho, aos 9’/2ºT), Cícero, Lucas Lima (Geuvânio, aos 16’/2ºT); Thiago Ribeiro e Gabriel. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Atlético-MG: Victor, Alex Silva, Otamendi, Léo Silva, Emerson Conceição; Pierre (Eduardo, aos 20’/2ºT), Leandro Donizete, Rosinei (Carlos, intervalo); Fernandinho (Dátolo, aos 24’/2ºT) Marion e André. Técnico: Levir Culpi