ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Na estreia de Júlio César, QPR arranca empate com o Chelsea

Com boas defesas, goleiro brasileiro começou com o pé direito na Premier League.

Por Eduardo do Carmo

Ramires disputa bola com Granero no meio-campo (Foto: Agência Getty Images)

Acostumado com o futebol italiano, o antigo goleiro da Inter de Milão tem um novo desafio para esta temporada. Contratado pelo Queens Park Rangers, Júlio César estreou neste sábado, pela 4ª rodada do Campeonato Inglês, diante do Chelsea, no Loftus Road. O carioca se postou bem em campo e ajudou o seu time no empate sem gols com o líder da Premier League.

Com o resultado, o QPR chegou ao segundo ponto e, provisoriamente, saiu da zona de rebaixamento. Os Rangers, porém, aguardarão o restante da rodada que ainda pode alterar algumas colocações. Na próxima rodada, o adversário será o Tottenham, fora de casa, no domingo (23), às 12h (horário de Brasília).

O Chelsea, por sua vez, segue na liderança, agora com dez pontos. A próxima partida acontece no sábado, às 11h, contra o Stoke City, no Stamford Bridge.

A grande polêmica entre os zagueiros Terry (Chelsea) e Anton Ferdinand (QPR) teve um novo capítulo. Anton acusou Terry de racismo no campeonato passado e no famoso cumprimento antes da partida passou direto pelo desafeto. O caso parou até nos tribunais da Inglaterra.

Anton Ferdinand passa reto e não cumprimenta Terry (Foto: Agência Reuters)

 

O jogo

O duelo dos times azuis de Londres começou muito truncado. Jogando em casa, o QPR tentava comandar as ações, mas parava na boa marcação do Chelsea, que teve a primeira oportunidade. Aos 4 minutos, Ramires lançou Hazard, que chutou fraco para boa defesa de Júlio César. Os donos da casa chegaram ao ataque, aos 8 minutos, com Zamora. O atacante cortou David Luiz, porém perdeu o domínio no momento da finalização.

O QPR voltou ao campo ofensivo dois minutos mais tarde, mas a zaga dos Blues estava mais uma vez ligada. Wright-Phillips cruzou na segunda trave, Park ajeitou para a batida, mas antes de realizá-la, Ivanovic afastou o perigo. Já aos 14, Fábio roubou a bola, Park dominou e lançou Zamora. A esperança de gol do time da casa girou e chutou para defesa tranquila de Peter Cech.

Após a pressão sofrida, o Chelsea subiu para o ataque aos 16 minutos. O espanhol Fernando Torres invadiu a área, driblou Nelsen e finalizou bem. Melhor ainda foi a defesa de Júlio César. Aos 29, lance duvidoso. Hazard invadiu a área, passou por Wright-Phillips e caiu. O árbitro mandou o atleta se levantar e o jogo seguiu.

Aos 35 minutos, a melhor chance do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, Hazard mandou na área e David Luiz, livre, cabeceou por cima do gol. Dois minutos depois, Lampard, em sua especialidade, cobrou falta e Júlio César defendeu novamente. A última oportunidade da etapa inicial aconteceu já nos acréscimos, quando o QPR chegou ao ataque com Mackie. O atacante soltou uma bomba da entrada da área, porém a bola explodiu em David Luiz.

Na volta do intervalo, o QPR voltou com sede de gol e teve a primeira chance logo aos 4 minutos. Mackie tabelou com Zamora e chutou para o gol. Cech, bem colocado, fez a defesa. Aos 10, Granero cruzou e Park cabeceou para nova defesa de Cech.

Após o bom início da etapa complementar, a partida ficou chata e pouco se criava nos dois lados. A partida esquentou somente aos 31 minutos. Na oportunidade, Zamora driblou Cech, mas a defesa do Chelsea aproveitou a demora do atacante para se recompor e rebater o chute do atacante.

No lance seguinte, Moses deu o troco pelo Chelsea, mas Júlio defendeu sem muita dificuldade. A enorme quantidade de erros de passe dificultou a criação de jogadas e o 0 a 0 permaneceu até o apito final.