ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Na estreia de Lúcio, Palmeiras vence a segunda!

Com tranquilidade, Verdão faz 2 no primeiro tempo e bate o Comercial fora de casa.

Por Vladimir da Costa

Pela segunda rodada do campeonato Paulista, o Palmeiras, jogando fora de casa, em Ribeirão Preto, mostrou que o bom futebol está voltando. Diante do Comercial, o verdão teve uma boa atuação, tranquila e sem riscos. Contou ainda, com a estreia de um veterano. Lúcio vestiu a camisa do Palmeiras, não deu sustos na defesa e mostrou que esta em forma para a temporada que se inicia.

Apesar do bom inicio dos donos da casa, o Verdão tratou logo de tomar as rédeas do jogo, fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Juninho e Wesley, e chegou aos seis pontos, na segunda colocação do Grupo D, atrás do líder Bragantino pela diferença no saldo de gols (quatro contra três). O Comercial ainda não marcou na competição.

A partida

Lucio fez boa estreia com a camisa do Palmeiras diante do Comercial. (Foto: Silva Junior/ Folhapress)

Lucio fez boa estreia com a camisa do Palmeiras diante do Comercial. (Foto: Silva Junior/ Folhapress)

Lúcio era a novidade do Palmeiras para a partida. O zagueiro de 35 anos jogou ao lado de Henrique e ambos tiveram trabalho com o ataque do Comercial. Macena e Marcelo Toscano ameaçaram o gol de Fernando Prass, atento aos chutes perigosos.

Do outro lado, Serginho e Mazinho jogavam abertos pelas pontas e trocando de posição, levou a melhor. O Verdão abriu o placar com Juninho, esperto para aproveitar bate-rebate da zaga do time do interior e ajudado pela falha do goleiro Júlio Sérgio.

Mandando no jogo, o Palmeiras ampliou. Mas precisou ir às redes duas vezes para ter um gol validado. Porque quando Serginho venceu Júlio Sérgio, a auxiliar Renata de Brito anulou lance legal do ataque alviverde. Na sequência, Alan Kardec e Henrique pressionaram, o Comercial errava muitos passes, e numa saída errada de bola, a bola chegou em Wesley que soltou a bomba de fora da área: 2 a 0 com méritos na etapa inicial.

Com a vantagem no placa, o Palmeiras diminuiu o ritmo no segundo tempo e deu campo ao Comercial, que gostou da ideia. Em casa, o time apelidado de Bafo partiu para a pressão e exigiu boas defesas de Fernando Prass. Wilian Simões e Cassiano Bodini levaram perigo, mas não estavam tão inspirados quanto o goleiro alviverde.

Administrando o resultado, Kleina aproveitou para promover a estreia de William Matheus, responsável pela única chance de algum perigo do time na etapa final. As demais alterações do comandante alviverde e de Toninho Cecílio, técnico do Comercial, pouco surtiram efeito.

Insatisfeito com o placar, mas sem competência para mudá-lo, o Comercial não teve forças para furar a defesa de Henrique e Lúcio, com atuação tranquila na estreia. Com o final da partida se aproximando, o Palmeiras tratou apenas de ficar com a posse de bola, evitar o desgaste físico maior para a próxima rodada.

Neste final de semana, o Comercial enfrentará o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, às 19h30m, neste domingo. No mesmo dia, o Palmeiras encara o Atlético Sorocaba, às 17h, no estádio Walter Ribeiro.