ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Na reestreia de Felipão, a festa é inglesa.

Time inglês faz ótima atuação e supera a desintrosada seleção brasileira.

Por Paulo Edson Delazari

Lampard comemora segundo gol inglês na partida. (Foto: Matt Dunham/AP)

Na reestreia de Luis Felipe Scolari e no centésimo jogo de Ronaldinho pela seleção brasileira, quem teve motivos para comemorar foi a Inglaterra que venceu por 2×1 no amistoso realizado no tradicional estádio de Wembley, em Londres.

A seleção brasileira teve a chance de sair na frente, mas Ronaldinho Gaúcho perdeu um pênalti que Hart defendeu. Neymar esteve apagado e não rendeu o que rende em gramados nacionais, já pelo lado da Inglaterra tivemos uma ótima atuação de Wilshere e Walcott.

Para quem é supersticioso o resultado foi bom, pois Felipão na estreia pela canarinho perdeu por 1×0 para o Uruguai e depois foi campeão mundial em 2002.

O jogo.

Hart pega penalti de Ronaldinho Gaúcho. (Foto: Matt Dunham/AP)

Um jogo com muita marcação por parte das duas equipes, a primeira oportunidade só foi aparecer aos 10 minutos, quando Gerard bateu escanteio e Roney após empurrar Ramires cabeceou e Julio Cesar fez linda defesa, porém o juiz invalidou o lance marcando falta.

A resposta não demorou a sair, no minuto seguinte Neymar arrancou e passou para Oscar, o meia dominou e chutou forte da entrada da área, mas a bola passou por cima.

O time brasileiro se animou e começou a atacar o time inglês, em cruzamento pela esquerda de Rnaldinho, Cahill colocou a mão na bola e o juiz deu pênalti, na cobrança Ronaldinho bateu o pênalti e Hart defendeu no canto esquerdo, gaúcho ainda foi para o rebote e o goleiro fez um milagre em cima da linha, na sobra Neymar chutou pra fora. Chance desperdiçada.

Boa trama entre Wilshere, Roney e Walbeck, a bola ficou no pé esquerdo do centroavante que chutou com perigo por cima do gol aos 21 minutos.

Roney comemora seu primeiro gol na partida. (Foto: Matt Dunham/AP).

Seguindo o velho ditado do quem não faz toma, a Inglaterra chegou ao primeiro tento, após ótimo passe de Wilshere para Walcott o veloz atacante chutou e Julio Cesar fez bela defesa, na sobra de fora da área Roney chutou rasteiro no meio do gol e fez. Inglaterra 1×0.

Aos 36 minutos a seleção brasileira chegou novamente ao ataque, após boa recuperação de bola de Oscar pela direita, a jovem revelação brasileira cruzou e Neymar sem goleiro perdeu o gol chutando por cima.

Segunda etapa

O Brasil voltou com alterações, Luis Felipe Scolari colocou Lucas no lugar de Ronaldinho, Fred no lugar de Luis Fabiano Arouca no lugar de Ramires, porém em sua primeira bola o volante perdeu a bola aos 40 segundos e Gerrard bateu de fora da área cheio de efeito para defesa de Julio César, no rebote Dante afastou.

Aos três minutos Lucas tomou de Cahill e a bola sobrou pra Fred, o centroavante mostrou pra que veio e de pé esquerdo chutou no ângulo esquerdo do goleiro. Brasil 1×1.

O gol fez bem para o time brasileiro, Arouca tomou no meio e Lucas tocou pra Fred o centroavante bateu de esquerda no ângulo e a bola caprichosamente bateu na trave.

A seleção inglesa começou a levar sufoco, mas aos 10 levou perigo a meta de Jukio César que de ponta de dedo defendeu a cabeçada de Cahill, em cobrança de escanteio de Gerrard.

Arouca de fato não entrou bem, aos 15 Walcott cruzou e David Luis tirou, a bola ficou com o volante que recuou mal para Paulinho, pressionado por Walbeck a bola sobrou para Lampard que bateu de esquerda de primeira, a bola caprichosamente bateu na trave antes de entra. Indefensável. Inglaterra 2×1.

Daí em diante a Inglaterra se fechou e o Brasil tentava achar espaço na zaga inglesa, o que não conseguiu. Final Inglaterra 2 x 1 Brasil.