ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Neymar Perde Pênalti e Santos só empata contra La U

Santos joga bem, Neymar perde pênalti e partida acaba empatada no Chile

Por Vladimir da Costa

Em meio a baixa temperatura, cerca de 3º C e muita chuva, Universidad do Chile e Santos, duelaram na primeira partida da final da Recopa Sul-Americana. O confronto que reuniu o campeão da Libertadores do ano passado e o campeão da Copa Sul-Americana.

Apesar do frio e da chuva que caiu durante todo o dia, o gramado do estádio Nacional no Chile estava impecável. Ela em nada atrapalhou o espetáculo, no campo que estava em ótimas condições para a disputa da partida.

Mesmo com o empate em 0x0 e com o pênalti desperdiçado, Neymar foi o melhor jogador em campo.

A Partida

Com atraso de 10 minutos, devido o estendido protocolo de abertura, a partida começou a todo vapor. Tanto que o primeiro cartão amarelo veio com um minuto de jogo. Roberto Cereceda parou o contra-ataque que Arouca puxava e foi advertido. Até para espantar o frio, as equipes buscavam lançamentos logos para a correria dos seus atacantes.

Mais uma partida em que a estrela santista foi destaque, mesmo desperdiçando pênalti (Claudio Santana/AFP)

Em um deles, Ganso lançou Patito Rodríguez pela esquerda, mas Gutiérrez no ataque, mas o árbitro marcou o impedimento.

A primeira boa chance de gol veio com o Santos. Neymar recebeu a bola cara a cara com Jhonny Herrera, driblou o goleiro da La U, mas perdeu o tempo para finalizar a gol e acabou travado, perdendo a primeira boa chance de gol.

Em um novo contra-ataque santista, Neymar, em velocidade pela ponta direita cruzou para a área, sozinho, deixou o zagueiro no chão, mas finaliza por cima do gol de Jhonny Herrera. A primeira grande chance perdida do jogo.

E o Santos continuava melhor na partida. Em nova jogada deNeymar pela ponta direita, o atacante escapou da marcação de Cereceda e Martínez, que tocou o 11 santista fora da área, mas o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Neymar escorregou no momento do chute e mandou a bola muito longe do gol de Herrera.

Apesar das chances perdidas, o Santos dominava o meio de campo e por isso criou as melhores chance de gol até a metade do primeiro tempo. Com Ganso jogando mais perto de Patito Rodríguez e Neymar, a equipe da Vila Belmiro era mais perigosa quando se lançava ao ataque.

Com o passar do primeiro tempo, as chances de gols diminuíram, o jogo ficou disputado no meio campo, com muitos impedimentos do lado chileno, o goleiro Rafael teve pouco trabalho na etapa inicial. Em uma das oportunidades da La U, Rodríguez recuperou a bola e acionou Marino, que cruzou pela direita, mas Lorenzetti foi bloqueado por Bruno Peres na hora do cabeceio.

Nos minutos finais do primeiro tempo a La U tentou fazer uma pressão, mas os chilenos não chutavam a gol. Quando chutou, Lorenzetti levou perigo ao gol, mas a bola não acertou o alvo.

Segunda etapa

Os últimos 45 minutos começaram com as duas equipes agitadas. Com a La U jogando mais no ataque, os donos da casa começou a criar boas chances de gols logo no inicio do segundo tempo. Aos 4 minutos, Aránguiz cobrou falta perigosa, mas a bola passou no meio das pernas de Gutiérrez, que perdeu boa chance de gol. Um minuto depois, Mena escapou da marcação pela esquerda e cruzou para Gutiérrez, que cabeceou no contrapé de Rafael, mas a bola foi sobre o travessão.

Muricy se protege do frio e da chuva que caiu o dia todo em Santiago (Claudio Santana/AFP)

O Santos perdeu o meio campo para os chilenos, que passaram a ficar mais tempo com a bola. A Universidad ganhava confiança e chegava ao ataque sempre com seis, setes jogadores, mas a equipe pecava nas finalizações. O time da Vila somente era perigoso quando a bola chegava nos pés de Neymar.

Percebendo o crescimento da La U, Muricy resolveu mudar na equipe. Sacou André, que quase não tocou na bola durante o tempo que esteve em campo e colocou Miralles, que jogou no Colo Colo, rival da Universidad. A mudança não fez efeito na partida. Os chilenos continuavam a pressionar, mas eram poucos efetivos apesar de finalizar mais, os chutes pouco levavam perigo ao gol de Rafael.

O jogo seguiu com a La U no ataque, mas sem perigo, tanto que a melhor chance de gol foi do Santos. Novamente com Neymar, nos minutos finais. O craque santista recebeu dentro da área e mesmo sem ângulo, finalizou bonito no travessão. Herrera já estava batido no lance.

E ficou nisso. Agora, a partida de volta será em São Paulo, no Pacaembu no dia 26 de setembro.