ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Neymar vira alvo de City e PSG

Com a vinda da nova janela surgem especulações a respeito da saída de Neymar.

Por Paulo Edson Delazari

Muros da Vila são pichados em protesto pela não contratações. (Foto: Gazeta Press)

Com a abertura da janela de contratações aberta em janeiro começam a surgir novas especulações em torno da contratação de Neymar.  Na Espanha o atleta voltou a ser notícia. No entanto, ligado ao Manchester City, da Inglaterra. Segundo o diário “Mundo Deportivo”, um representante do clube inglês veio ao Brasil para conversar com o jogador do Santos e tentar contratá-lo na disputa com o Barcelona.

Contudo, uma nova especulação começa a brotar em meio a contratação do jogador, o PSG que contratou o atacante Lucas por cifra milionária (R$ 108 milhões), estaria disposto a contratar o jogador e o que não falta é dinheiro, na tarde de ontem o clube francês recebeu novo aporte financeiro do mundo árabe, desta vez os parceiros do Paris Saint German injetaram cerca de (€ 200 milhões), algo próximo a (R$546 milhões) e com a saída de Nenê  o número de estrangeiros no time diminuiria, permitindo a entrada de mais um atleta que não tenha cidadania europeia.

Outro fator que indica uma provável negociação do craque é que daqui a seis meses a revelação da Vila Belmiro e da seleção brasileira poderá assinar um pré contrato com outra equipe e daqui um ano sairia da baixada, pois o passe estaria livre. Soma-se a isso as cobranças da torcida santista que até agora não viu nenhuma contratação sendo efetuada pela diretoria santista e começa a cobrar onde estão os R$ 40 milhões das vendas dos jogadores ao longo do ano de 2012, dentre eles o valor da venda de Ganso ao São Paulo (R$ 23 milhões).

Neymar na mira de City e PSG. (Foto: Reuters)

O que se comenta nos bastidores é que a conta de se manter um jogador como Neymar no elenco está saindo muito caro e que as parcerias que o Santos fechou para mantê-lo não estariam cumprindo os compromissos financeiros, o que fez com que o Santos tirasse de seus cofres o valor para cobrir o salário do atleta. Esses custos giram em torno de R$ 3 milhões por mês. Ou seja, a brincadeira está saindo cara.

O presidente do Santos, por enquanto, está afastado do cargo por motivo de saúde e não tem se manifestado publicamente sobre os protestos. Luis Álvaro já havia sido alvo de manifestações em um jogo beneficente realizado na Vila Belmiro na semana passada, quando torcedores levaram uma faixa também chamando o dirigente de ladrão e questionando a falta de contratações.