ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Nigéria lidera grupo da Espanha após golear Taiti.

Foi um passeio da equipe africana sobre a equipe de amadores da Oceania.

Por Paulo Edson Delazari
Oduamadi celebra o seu segundo gol na partida (Foto: Marcos Ribolli)

Oduamadi celebra o seu segundo gol na partida (Foto: Marcos Ribolli)

O que esperar de um jogo entre amadores e profissionais? Uma sonora goleada é claro! E foi o que aconteceu no Mineirão nesta tarde. Em um duelo desigual, a Nigéria e sua tradicional força física superou o Taiti. Mesmo abusando das firulas e tomando um inesperado gol, a seleção nigeriana estreou com o pé direito na Copa das Confederações: 6 a 1 sobre os taitianos.

Jonathan Tehau foi o responsável pelo histórico gol do Taiti, mas também acabou marcando um gol contra. Oduamadi, três vezes, e Echiejile, mais duas vezes, definiram o placar da goleada.

Com a vitória, a Nigéria assume a liderança do grupo B por conta do saldo de gols. A Espanha também venceu seu jogo de estreia, diante do Uruguai, mas por 2 a 1.

O fato inusitado da partida foi a tamanha festa de jogadores e comissão técnica taitiana após o gol da seleção e a comemoração efusiva dos mineiros, que durante o tempo todo apoiou a atual campeã da Oceania. O episódio inédito arrancou sorrissos até do mandatário da FIFA, Josefh Blatter.

A bola volta a rolar na próxima quinta-feira para o grupo B. O Taiti vai até o Rio de Janeiro, onde enfrentará a poderosa seleção da Espanha às 16 horas. Já a Nigéria viaja até Salvador, onde vai enfrentar o Uruguai às 19 horas.

O jogo

0 0 comemoracao-taiti_rib-1

Jogadores do Taiti comemoram o primeiro gol internacional (Foto: Marcos Ribolli)

O primeiro gol nigeriano saiu muito rápido. Quando o povo mineiro começava a esquentar a torcida pelo Taiti, com direito até a gritos de ‘olé’, uma jogada completamente estranha abriu o placar logo aos quatro minutos. Echiejile chutou de longe, a bola desviou em dois jogadores e matou completamente o goleiro Xavier Samin no lance.

Cinco minutos depois, o segundo gol. A defesa taitiana saiu jogando completamente errado e deu a bola nos pés de Oduamadi. O nigeriano ainda passou fácil por dois zagueiros antes de deslocar o goleiro.

Aos 15, Musa ficou sozinho na área, mas fez mais graça que o necessário, tentou driblar o goleiro e perdeu gol feito. Mesmo na base da brincadeira, a Nigéria fez o terceiro. Contando com grande ajuda do goleiro taitiano. Samin foi agarrar um cruzamento rasteiro, mas deixou a bola escapar nos pés de Oduamadi, que apenas completou para o gol vazio.

Quatro minutos depois, a Nigéria perdeu mais um gol feito. E de novo por falta de seriedade. Ujah chegou sozinho na cara do goleiro, mas tentou o drible e acabou desarmado. Aos 38, foi a vez de Mba perder um gol feito, escorregando em frente a Samin.

O Taiti aproveitou a distração adversária e chegou duas vezes com perigo. Uma aos 33, quando o nigeriano Omeruo desviou cruzamento que encontraria Alvin Tehau sozinho dentro da área. A segunda veio aos 42. Após cruzamento de Aitamai, Chong Huechegou livre, mas não conseguiu a cabeçada.

Assustada, a Nigéria apertou um pouco o ritmo e definiu o placar. Aos 22, o mesmo Jonathan Tehau acabou marcando contra. Após nova jogada de Oduamadi, a zaga taitiana tentou cortar, mas errou feio e acabou balançando as próprias redes.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo, com a Nigéria preguiçosa. O castigo veio aos nove minutos. Cobrança de escanteio pela esquerda, e Jonathan Tehau subiu mais que todo mundo na segunda trave para mandar para a rede. O primeiro gol da história do Taiti em um torneio internacional. Para delírio da torcida mineira.

Aos 31 minutos, a Nigéria chegou ao quinto gol. Ideye foi lançado sozinho pela ponta direita, chegou até a linha de fundo e cruzou. No meio da área, Oduamadi apenas completou. Foi o terceiro deles na partida. O golpe final veio aos 34 minutos. Após pressão na saída de jogo, a bola sobrou para Echiejile encher o pé e marcar o sexto e último gol nigeriano.

Taitianos agradecem o apoio do torcedor brasileiro no Mineirão. (Foto: Marcos Ribolli)

Taitianos agradecem o apoio do torcedor brasileiro no Mineirão. (Foto: Marcos Ribolli)

FICHA TÉCNICA
TAITI 1 X 6 NIGÉRIA

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de junho de 2013, segunda-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador)
Assistentes: William Torres e Juan Zumba (ambos do El Salvador)
Cartão amarelo: Omeruo (Nigéria)
Gols:
TAITI: Jonathan Tehau, aos nove minutos do segundo tempo
NIGÉRIA: Echiejile, aos cinco, e Oduamadi, aos nove e aos 26 minutos do primeiro tempo; Jonathan Tehau (contra), aos 24, Oduamadi, aos 31, e Echiejile, aos 35 minutos do segundo tempo

TAITI: Samin; Ludivion, Vallar (Faatiarau) e Jonathan Tehau; Simon (Lemaire), Bourebare, Caroine e Aitamai; Vahirua (Atani), Chong-Hue e Alvin Tehau
Técnico: Eddy Etaeta

NIGÉRIA: Enyeama; Ambrose, Oboabona, Omeruo (Egwuekwe) e Echiejile; Ogude, Obi Mikel e Mba (Ogu); Oduamadi, Musa e Ujah (Ideye)
Técnico: Stephen Keshi