Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
No duelo entre reservas, venceu o Alvinegro | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
No duelo entre reservas, venceu o Alvinegro

Romero marca e Corinthians inicia brasileiro com vitória sobre o atual campeão Cruzeiro.

Por Vladimir da Costa

Uma semana depois dos estaduais, começou a competição mais difícil, disputada e parelha, o Brasileirão 2015 está de volta, com grandes clássicos nacionais, muita emoção, e grandes jogadores, só que não. Ao menos não foi isso que os torcedores de Corinthians e Cruzeiro apresentaram neste domingo, na Arena Pantanal, com mando do time mineiro. Com o pensamento na Libertadores, os dois times pouparam jogadores e quem se deu melhor foi o alvinegro: vitória por 1 a 0 graças a gol de Romero, paraguaio muito pouco utilizado por Tite na temporada até aqui.

Romero comemora o gol da vitória. (Foto: Reprodução TV)

Romero comemora o gol da vitória. (Foto: Reprodução TV)

O bicampeão, teve de jogar longe de seus domínios e demonstrou que terá dificuldades, caso queira levantar o caneco mais uma vez. Atuando com time praticamente reserva, assim como o adversário, a raposa não demonstrou forma e acabou sendo derrotada. Com um olho já no meio de semana, Marcelo Oliveira e Tite mesclaram seus respectivos times e preservaram parte de seus titulares. Coube então ao paraguaio Ángel Romero fazer o gol da vitória paulista, no segundo tempo, gol de centroavante oportunista.

Os dois times voltam suas atenções para quarta-feira. O Cruzeiro encara o São Paulo , enquanto o Corinthians enfrenta o Guaraní-PAR. Ambos os clubes jogam em casa e têm que reverter resultados negativos – a situação corintiana é pior, pois perdeu de 2 a 0, enquanto os mineiros tiveram derrota por um gol.

A partida

As escalações diferentes fizeram os cruzeirenses dominarem os primeiros instantes do jogo, enquanto o Corinthians não conseguia trocar três passes seguidos. A partir dos 15 minutos, a situação melhorou para o time visitante. Utilizando principalmente Malcom pela direita, o alvinegro finalizou mais, apesar de poucas com perigo.

Sem suas principais estrelas, os escolhidos, sejam reservas, equipe alternativa, não demonstraram a mesma qualidade. Poucas jogadas reais de gol, muita disputa no meio campo, de forma lenta, que deixava a partida cansativa em alguns momentos. O lance de maior emoção na etapa inicial foi em boa jogada de Vagner Love, que finalizou por cima de frente para Fábio.

Atual campeão Cruzeiro estreou brasileiro com derrota diante do Corinthians. (Foto: Chico Ferreira / Futura Press)

Atual campeão Cruzeiro estreou brasileiro com derrota diante do Corinthians. (Foto: Chico Ferreira / Futura Press)

Cristian, Bruno Henrique e Petros saíam bem pelo meio, enquanto Edílson descia pelos lados com bastante frequência e se tornava uma das principais válvulas de escape.

Sucumbindo a pressão do Corinthians, aparentemente mais entrosado, o Cruzeiro perdeu o controle da partida e passou a depender da individualidade. A ausência de alguém para chamar a responsabilidade dificultou também a criação de jogadas para explorar a velocidade de seus pontas, característica do clube mineiro.

O cenário praticamente se repetiu no início da etapa final, apesar do Corinthians ter ganho mais um titular com a entrada de Emerson na vaga de Danilo no segundo tempo, o que melhorou a velocidade entre o meio e o ataque. Apesar disso, o Cruzeiro voltou melhor, tomando mais iniciativa e imprimindo maior força ofensiva. Um dos poucos responsáveis pela criação de jogadas, Gabriel Xavier deixou o campo de jogo após novos 25 minutos.

No Corinthians, embora tenha ganhado com a participação de Sheik e velocidade de Romero, o time demorou para se ajustar e entrar novamente no jogo. As melhores jogadas saíram já nos dez minutos finais da partida, assim como o único gol da partida.

Aos 36 minutos, Malcom tocou para Edilson em cobrança curta de escanteio, o lateral bateu cruzado, com força, e Romero se esticou para abrir o placar com o pé e dar números finais na partida, que apesar de não ter sido emocionante, valeu demais para o alvinegro, que quebrou um sequencia de quatro jogos sem vencer.

xhamster