ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O ataque matador em Xeque

São três 0x0 em sete partidas no campeonato Brasileiro

Por Vladimir da Costa

O Santos passa por uma seca de gols nas últimas partidas e a desclassificação da Libertadores foi descartada como desculpa para o baixo rendimento do ataque Santista, que depois de perder Alan Kardec que voltou para Portugal e Borges que acertou com o Cruzeiro durante a semana, sobrou para Neymar responder sobre a atual fase do time e aproveitar para fazer sua mea-culpa.

– Momento de dificuldade todos nós passamos, e no futebol é igual. É um ciclo, a bola é redonda. Em um dia, está bem, e no outro mal. A dificuldade é natural, e me ajuda muito a crescer. Está ficando cada vez mais difícil de jogar, todos sabem do meu potencial. Tenho que arrumar um novo jeito de sair dos zagueiros, porque está difícil. É buscar o jogo, fazer a mesma coisa de sempre, mas com “algo a mais”, com improviso – afirmou o atacante durante entrevista coletiva.

Neymar está incomodado com a seca de gols do ataque santista (DIVULGAÇÃO/Santosfc)

E o Santos deve sofrer um pouco mais nas próximas rodadas do brasileiro. Com três atletas com passaporte carimbado para disputar as Olímpiadas, incluindo, claro, Neymar, a situação deve piorar significativamente. O camisa 11 é o artilheiro da temporada com 29 gols em 30 jogos.

Como é de costume, Neymar quer entrar em campo na partida contra o Grêmio, já que ele deve se apresentar a Mano Menezes e aos outros 17 convocados e iniciar a preparação para os jogos Olímpicos, porém, existe a possibilidade que ele jogue mais uma partida, contra o Internacional, no dia 15, caso a CBF atenda o pedido do Santos e o libere da preparação, junto com Rafael e Ganso.

Ansioso para disputar os jogos pela Seleção, Neymar foca no Santos seu desejo de apresentar um bom futebol.

– Jogar na seleção é uma honra, mas fico triste por não estar aqui para jogar pelo Santos. Então, eu estou à disposição dos dois e o que eles decidirem, eu acato. Mas eu espero dar uma arrancada com o Santos em primeiro lugar, completou atacante.

O ataque que marcou 22 gols em 12 partidas pela Libertadores da América, fez apenas três gols em sete rodadas pelo atual campeonato brasileiro, muito abaixo da média de quase um gol por partida que vinha mantendo Neymar, por isso ele vai a campo amanhã, na Vila Belmiro, às 16h, para quem sabe, começar a mudar essa história.