ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O atual campeão Corinthians é eliminado no Paulista

Em partida muito abaixo do esperado Corinthians mostra pouca vontade e criatividade a acaba eliminado.

Por Vladimir da Costa

Precisando vencer para manter a esperança pela classificação, o Corinthians fez um primeiro tempo muito abaixo da qualidade técnica de seus jogadores. Apático, o time não conseguia criar jogadas. Jadson tentou, mas pouco acertou e com isso Romarinho ficou sem ação durante o jogo inteiro. Pela direita, Luciano e principalmente Fagner não conseguiam acertar um passe.

O segundo tempo o Corinthians melhorou. Renato Augusto entrou e deu outra dinâmica na partida, com ele o time passou a chutar mais a gol, não o suficiente para surpreender o goleiro Samuel, que não teve muito trabalho na partida que acabou empatada. Como o São paulo perdeu para o Ituano  o alvinegro não pode mais alcançar os 25 pontos do time do interior, já que com o empate, chegou aos 21 pontos.

Timão não conseguiu vencer a acabou sendo eliminado precocemente no paulista. (Foto: Celio Messias / Gazeta Press)

Timão não conseguiu vencer a acabou sendo eliminado precocemente no paulista. (Foto: Celio Messias / Gazeta Press)

Bem da verdade é que o time não se achou na competição. Desde os 5 a 1 contra o Santos, o time foi apático, mesclando partidas medianas e fracas tecnicamente. Diversos atletas tiveram quedas bruscas de rendimento. O melhor “achado” foi Jadson, que veio no fim da competição e pouco pode fazer pelo time, que agora deve mirar a Copa do Brasil para acalmar os ânimos da torcida que deve ficar com um pé atrás.

A partida

Precisando vencer o Corinthians começou nervoso, fazendo muitas faltas e tentando partir em velocidade. Sem muita organização, o time de Mano Menezes perdia a bola com facilidade. O forte calor que fazia no interior paulista ajudou no inicio mais cadenciado.

Aos poucos, o Penapolense foi ficando mais com a bola e arriscando jogadas no ataque, que eram facilmente desarmadas pelos zagueiros corinthianos.

Depois que a torcida do interior soube do gol do Ituano contra o São Paulo, que eliminaria o Corinthians, passou a pegar no pés dos jogadores. Do outro lado, a torcida alvinegra, que até então cantava, se calou.

A primeira boa jogada veio num lançamento preciso do campo de defesa que caiu nos pés de Luciano. O meia dominou dentro da área e optou por rolar para o meio. A bola parou nos pés do zagueiro que afastou.

O timão era melhor, mas não conseguia chegar com perigo. Jadson, responsável por armar, não conseguia espaços para colocar Romarinho em boa posição para finalizar. As jogadas pela lateral, principalmente  com Fagner, não surtiam efeito.

Luciano fez partida muito ruim e não conseguiu ajudar o Corinthians a vencer. (Foto: José Patricio/Agência Estado)

Luciano fez partida muito ruim e não conseguiu ajudar o Corinthians a vencer. (Foto: José Patricio/Agência Estado)

Os últimos 15 minutos foram muito fraco tecnicamente. O Corinthians errava tudo que podia e o time de Penapoles, não conseguia criar nenhuma jogada perigosa. Cássio e Samuel pouco trabalharam na primeira etapa, que acabou com vaias para o Corinthians que fez uma atuação muito abaixo das últimas partidas.

O segundo tempo começou com o Corinthians sendo sufocado. Aos dois, Guaru cobrou falta que passou rente a trave de Cássio. Na sequência o goleiro Corinthiano salvou em cima da linha e Romarinho desviou escanteio contra o próprio gol. A bola bate na trave e ainda sobre para o Penapolense que quase abriu o placar.

A partida seguia em bom ritmo, com os donos da casa mais confiantes, chegando mais ao ataque. O Corinthians parecia perdido em campo, tanto que aos 13 minutos, Mano colocou o time mais pra frente. Colocou Renato Augusto no lugar de Bruno Henrique. Com isso o time ganhou força no meio campo, perdida desde o inicio da segunda etapa.

Mesmo jogando quase todo o tempo no campo adversário, o Corinthians não chutava a gol. Samuel pouco participava da partida. A primeira defesa foi aos 26 minutos depois de chute cruzado de Renato Augusto. Três minutos depois, Jadson cobrou falta, mas o tiro saiu forte e a bola saiu sob o gol do time de Penapolis que fazia uma partida “limpa”, sem muitas faltas.

Lances polêmicos.

Uendel recebeu na frente, entrou na área e cortou Jailton que deu um carrinho imprudente, derrubando o jogador na área. Sem titubear, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo mandou o jogo seguir, erroneamente. Minutos depois foi Jadson, que passou pelo o goleiro e caiu. O arbitro adicional ajudou o árbitro no lance que sobrou um justo cartão amarelo para o meia corinthiano.

Os 10 minutos finais, o Corinthians se lançou a frente, Renato Augusto entrou no jogo e passou a chutar mais a gol.

Muito mal, Romarinho praticamente não tocou na bola. (Foto: Celio Messias / Agência Lance)

Muito mal, Romarinho praticamente não tocou na bola. (Foto: Celio Messias / Agência Lance)

Aos 36 minutos o grande lance da partida. Rodnei ia recebendo livre, sem goleiro para marcar, mas Uendel chegou bem e tirou com o bico da chuteira.

Os minutos finais foram dramáticos. O Corinthians abandou a tática e foi na base do chuveirinho para marcar seu gol. O Penapolense se defendia como podia, vez ou outra arriscava um contra-ataque. Num deles, Cleber fez falta por matar a jogada no meio campo, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O que já estava difícil, praticamente virou missão impossível, ainda mais debaixo do forte calor que fazia na cidade do interior paulista.

Sem forças nem criatividade, o Corinthians não fez uma boa atuação e acabou empatando. Como o São Paulo perdeu para o Ituano, o alvinegro acabou eliminado do campeonato paulista 2014.

Apenas para cumprir tabela, na última rodada do Paulistão, o Corinthians recebe o Atlético Sorocaba, domingo que vem, às 16h (horário de Brasília), no Pacaembu. No mesmo horário, o Penapolense, já classificado visita o Ituano, no Estádio Novelli Júnior.