ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O Começo do Fim.....

Depois de chegar ao topo com a Inter, Julio César vai para o QPR

 

Por Vladimir da Costa

A comprovação de uma carreira vitoriosa de um goleiro de seleção, recebeu um triste confirmação de declínio nesta terça-feira. O Queens Park Rangers confirmou nesta tarde que o, até então, titular absoluto da Inter de Milão será o goleiro do “grande” Queens Park Rangers, da Inglaterra, recém promovido a elite da Premier League.

Depois de 7 anos na Inter de Milão, Julio César vai para o QPR (Getty Images)

Depois de ser revelado pelo Flamengo e explodir no time Italiano – onde ficou por sete anos e conquistou diversos títulos – o goleiro jogará no clube Londrino, pelo menos nas próximas quatro temporadas.

Após a confirmação de seu novo clube, Júlio Cesar foi ao estádio Loftus Road para assistir ao confronto entre QPR e Walsall pela Copa da Liga Inglesa.

Depois das especulações de Tottenham e Arsenal quererem contar com o goleiro de 32 anos. Agora Júlio terá como chefe, o empresário malaio Tony Fernandes, chefão da Lotus, é o atual dono majoritário do clube. A imprensa britânica especula que o salário seja na casa dos R$ 530 mil por mês durante o contrato.

Julio César irá se juntar a outro brasileiro no elenco do QPR, o lateral Fábio (ex-Manchester United), que está no clube por empréstimo. Para brigar por melhores posições na atual temporada, o Queens Park Rangers vai contar com jogadores de peso na Premier League. Além do goleiro e do lateral, o clube conta com lateral Bosingwa (ex-Chelsea), os meias Ji-Sung Park (ex-Manchester United) e Shaun Wright-Phillips (ex-Manchester City e Chelsea) e o atacante francês Djibril Cissé. O comandante do time é o galês Mark Hughes, que já treinou o City.

Julio César chegou ao Internazionale em 2005, quando foi emprestado ao Chievo, onde ficou por apenas seis meses. No time de Milão, o goleiro da seleção brasileira conquistou 14 títulos pelo clube, com destaque para a a Liga dos Campeões de 2010, contra o poderoso Bayer Munich e depois no final do ano o Mundial de Clubes. Além de cinco títulos italianos, sendo o último em 2009/10. Foi no futebol italiano que Júlio garantiu o posto de um dos melhores goleiros do mundo e ganhou a vaga de titular da seleção brasileira, mas acabou perdendo espaço no clube, com a chegada do goleiro esloveno Samir Handanovic, ex-Udinese no ano passado.