ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Obras do Maracanã entram na reta final

70% da obra está pronta, agora faltam a cobertura, gramado e acabamento.

Por Paulo Edson Delazari

Imagem área do estádio Mario Filho em reforma para Copa 2014. (Foto: Setembro/2012 Divulgação FIFA).

Aos poucos aquele que já foi o maior estádio do mundo começa a pegar forma. O estádio do Maracanã popularmente chamado continua com suas obras dentro do cronograma estabelecido e sua reforma se aproxima do fim. No balanço mensal divulgado nesta terça-feira pela Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio), as obras de adequação do estádio para a Copa do Mundo de 2014 atingiram 70% do cronograma previsto, o que mantém a meta de conclusão para fevereiro de 2013.

O presidente da Emop, Ícaro Moreno, contou que a parte mais “pesada” da reforma, que inclui a recuperação estrutural do estádio, a demolição e reconstrução da arquibancada e a construção de quatro novas rampas de acesso, já foi concluída. Resta a nova cobertura, que deve acontecer em novembro.

“A parte mais pesada da reforma, que envolveu muito trabalho com concreto e estruturas metálicas, acabou. É uma fase de muita exigência do ponto de vista da engenharia. Agora entramos numa outra fase, que é a dos detalhes. Esta exige mais mão de obra e mais cuidado nos acabamentos de banheiros, bares, camarotes, luminárias, enfim, de instalações diversas”, relatou Ícaro Moreno.

Depois da cobertura começam as obras de acabamento que inclui a conclusão dos 231 banheiros, dos 60 bares e dos 110 camarotes, além da finalização das salas de controle, da instalação do sistema de refrigeração do estádio e claro dos vestiários e gramado.

A reta final, a parte mais complexa é a instalação da cobertura. A estrutura metálica que dará sustentação à lona que vai cobrir quase a totalidade dos assentos começou a ser montada. O início de novembro deve ser realizado o “big lift”, quando 120 macacos hidráulicos irão erguer a cobertura.

O campo de jogo também começa a tomar forma. A área já foi demarcada, nivelada e drenada, mas o gramado será colocado apenas depois da instalação da cobertura do estádio.

O orçamento da reforma ficou em pouco menos de R$ 860 milhões, com ela finalizada o Estádio Mari Filho, o “Maracanã” terá 79 mil lugares e foi escolhido como palco da final do Mundial de 2014. O estádio também será utilizado na Copa das Confederações, que acontecerá em junho do ano que vem.