Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Palmeiras anula Santos e é Campeão da Copa do Brasil!! | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras anula Santos e é Campeão da Copa do Brasil!!

Dudu e Fernando Prass ajudam Palmeiras a ganhar o tricampeonato na Copa do Brasil, o primeiro no Allianz Parque.

Por Vladimir da Costa

Diante de mais de 39 mil apaixonados, o Palmeiras mostrou que futebol se ganha no campo. Muito foi dito antes da partida, que o futebol ofensivo do Santos e a qualidade de seus jogadores, seria o suficiente para levar o título para a Vila. Ledo engano. O Palmeiras poderia ter vida fácil, se Gabriel Jesus tivesse feito gol aos 12 segundos, ou a cabeçada de Barrios tivesse entrado. Só que não, o primeiro titulo da casa nova não seria fácil e não foi.

Diante de mais de 39 mil apaixonados, o Palmeiras mostrou que futebol se ganha no campo. Muito foi dito antes da partida, que o futebol ofensivo do Santos e a qualidade de seus jogadores, seria o suficiente para levar o título para a Vila. Ledo engano. O Palmeiras poderia ter vida fácil, se Gabriel Jesus tivesse feito gol aos 12 segundos, ou a cabeçada de Barrios tivesse entrado.

Eles já sabiam! Torcida antecipa heroi e taça de campeão. (Foto: Friedemann Vogel / Getty Images)

Eles já sabiam! Torcida antecipa heroi e taça de campeão. (Foto: Friedemann Vogel / Getty Images)

A desvantagem técnica, se assim podemos dizer, foi superada por raça e vontade, muito superiores ao do adversário. Quis o destino que, o jogador que mais atuou no ano, que sempre recebeu apoio da torcida, cobrasse a penalidade derradeira. Fernando Prass, aos 37 anos, que recentemente renovou seu contrato com o time, marcasse o gol do primeiro título do Allianz Parque, a nova e intensa casa palmeirense.

Ao santos, que abdicou da vaga da libertadores no Brasileirão, resta pegar os cacos e trabalhar com a mesma seriedade em 2016, pois a libertadores será só pela televisão.

Com apoio incondicional da massa verde, o Palmeiras começou a partida a todo vapor. Quase conseguiu retribuir o carinho da torcida antes do primeiro minuto. Gabriel Jesus recebeu em velocidade, mas acabou desperdiçando ótima chance. O troco veio logo depois, com Victor Ferraz, que acertou a trave.

O jogo era intenso na primeira etapa, apesar das melhores jogadas serem do alviverde, o Santos estava organizado para contra-atacar, mas a dura marcação palmeirense não permitia que Lucas Lima e Gabriel criassem chance de gol.

Dudu comemora um dos gols do tempo normal. O atacante dez dois. (Foto: Marcos Ribolli)

Dudu comemora um dos gols do tempo normal. O atacante dez dois. (Foto: Marcos Ribolli)

O segundo tempo, sem a velocidade do primeiro, mas com intensidade, o Palmeiras manteve a superioridade e conseguiu abrir dois gols de vantagem, os dois marcados por Dudu. Ricardo Oliveira descontou para o Santos já no final e garantiu a primeira decisão por pênaltis em final de Copa do Brasil.

Nas cobranças, com uma sonora vaia, o Santos começou com Marquinhos Gabriel. O meia foi para a bola, escorregou e perdeu a cobrança. O Palmeiras escolheu a experiência para iniciar as cobranças. Zé Roberto foi para a bola e converteu. Gustavo Henrique bateu o segundo santista e também perdeu. Prass defendeu. Rafael Marques pegou distância e perdeu a primeira do Palmeiras. Geuvânio cobrou a terceira e fez o primeiro gol santista da decisão. Jackson converteu o dele. Na quarta cobrança Santista, Lucas Lima cobrou o dele e deslocou o goleiro palmeirense. Cristaldo também fez o dele. Ricardo Oliveira, com uma calma tremenda, fez seu gol. Fernando Prass foi para a última cobrança e soltou uma pancada para decretar o tricampeonato do Palmeiras na Copa do Brasil.

E ficou assim, numa excelente final, o Palmeiras mostrou mais intensidade, vontade e saiu com o título de maneira incontestável.

A partida

Coberto de verde, o estádio pulsou quando, aos 11 segundos. Barrios desviou no meio da área e colocou Gabriel Jesus na cara do gol. O atacante ficou frente a frente com Vandelei e bateu de pé esquerdo. O goleiro santista estava ligado e fez uma linda defesa. O alviverde começou com tudo, demonstrando para seu torcedor que não tinha favoritismo em final quando o Palmeiras está nela.

O jogo começava a todo valor. Aos sete minutos, Zeca fez linda jogada pela esquerda e toca para Marquinhos Gabriel, que passou pelo marcador e bateu. Fernando Prass fez a defesa. No rebote, Victor Ferraz chutou de dentro da área e carimbou a trave palmeirense.

O jogo era veloz. O Palmeiras era mais ativo e chegava frequentemente ao ataque. Dudu e Gabriel Jesus finalizaram, mas a pressa de marcar, atrapalharam os atacantes na hora do arremate.

Jogadores do Santos só assistiram o Palmeiras dominar a partida. (Foto: Friedemann Vogel / Getty Images)

Jogadores do Santos só assistiram o Palmeiras dominar a partida. (Foto: Friedemann Vogel / Getty Images)

Os donos da casa criavam as melhores chances. Aos 27 minutos, mais uma ótima chance. Robinho cruzou da direita, a bola tocou no gramado e sobrou para Barrios. O centroavante desviou de cabeça, e o goleiro do Santos fez uma linda defesa para evitar o primeiro gol da partida.

Com Lucas Lima “apagado” o ataque santista não conseguia produzir como de costume. Com a dupla marcação palmeirense, o time da baixada não conseguia impor seu jogo veloz. Percebendo a superioridade do Palmeiras, o Santos quando tinha oportunidade, atrasava o jogo, seja para atendimento, atrasando a reposição de bola. Tanto é que o árbitro, Héber Roberto Lopes deu cinco minutos de acréscimo na primeira etapa.

Assim como no primeiro tempo, o Palmeiras começou a etapa complementar jogando no campo do adversário.

E de tanto martelar, o gol saiu. Aos 11 minutos, Lucas Barrios fez a parede e deu bom passe para Robinho na área. O meio-campista tocou de lado e achou Dudu, em condição legal, para apenas desviar às redes de Vanderlei. O Palmeiras abriu o placar e incendiou o Allianz Parque.

Pensando em dar mais poder ofensivo para sua equipe, Dorival Junior sacou o apagado Gabriel e colocou Geuvânio em seu lugar. O camisa 11 deu o primeiro chute a gol do Santos aos 22 minutos de jogo.

Fernando Prass pegou pênalti, fez gol e ajudou o Palmeiras em mais uma conquista. (Foto: Agência Estado)

Fernando Prass pegou pênalti, fez gol e ajudou o Palmeiras em mais uma conquista. (Foto: Agência Estado)

Do outro lado, Marcelo Oliveira também mexeu. Lucas Barrios sentiu e saiu para entrada de Cristaldo. Na sequência, trocou um lateral pelo outro, Saiu João Pedro para a entrada de Lucas Taylor.

Nos últimos 15 minutos a partida perdeu o ritmo intenso, apesar do amplo domínio palmeirense, que mantinha a marcação forte e o ataque consistente.

E numa jogada manjada, o Santos demonstrou desatenção e levou o segundo. Aos 39 minutos, Robinho cobrou a falta em jogada ensaiada, e Vitor Hugo desviou de cabeça para o meio da área. A bola passou a pequena área toda  e sobrou para Dudu empurrar para as redes para ampliar o placar.

Com o resultado, o Palmeiras garantia o título, mas o Santos tinha Ricardo Oliveira. Aos 41 minutos, em cobrança de escanteio pela esquerda, a bola sobrou para o atacante que não perdoou e empatou o jogo.

xhamster