ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras arranca empate no fim e complica o Paraná

No primeiro compromisso após o acesso, verdão sai perdendo, mas busca a igualdade e deixa o adversário mais distante da Série A

Por Anderson Marinho
Wesley tenta escapar da forte marcação do time da casa. Foto: Heuler Andrey / Agif / Gazeta Press

Wesley tenta escapar da forte marcação do time da casa. Foto: Heuler Andrey / Agif / Gazeta Press

De ressaca depois de conquistar o acesso à elite do futebol brasileiro, o Palmeiras visitou o Paraná Clube, neste sábado, no estádio Durival de Brito, em Curitiba, em partida válida pela 33ª rodada Série B e arrancou apenas um empate por 1 a 1, com gol marcado no final do jogo pelo atacante Leandro, em duelo tecnicamente fraco. Edson Sitta abriu o placar para Paraná, que deixou escapar a vitória e agora esta mais distante do G4.

Com o resultado o Palmeiras chegou aos 70 pontos na liderança da competição, nove a frente da vice-líder Chapecoense. Já o Paraná é apenas o sétimo colocado com 51 pontos ganhos.

O jogo

Ainda sonhando com o acesso à primeira divisão o Paraná tomou a iniciativa em busca da vitória, pressionando o verdão, e ditou o ritmo da partida no primeiro tempo, com uma marcação adiantada dificultando a saída de bola do alviverde, mas não teve qualidade para criar jogadas de gol e praticamente não levou perigo à meta defendida por Fernando Prass.

Preso a marcação paranista e prejudicado pela péssima qualidade do gramado, o Palmeiras pouco criou e o jogo ficou truncado no meio de campo, com muitos passes errados e poucas finalizações.

Apesar da fraca atuação as melhores oportunidades foram do time paulista, aos 13 minutos, em cobrança de falta de Wesley bem defendida por Luiz Carlos, e aos 35 em chute de Leandro de fora da área que acertou a trave direita do arqueiro.

O Paraná só chegou com perigo quatro minutos mais tarde, em chute cruzado de Henrique para defesa segura de Fernando Prass.

Etapa complementar

O segundo tempo começou com a tônica da etapa inicial, com o Paraná mais agressivo, mas sem conseguir finalizar, e o Palmeiras pouco interessado no jogo, deixando a partida truncada no meio de campo.

Aos 15 minutos o técnico Gilson Kleina foi obrigado a sacar o lateral direito Luis Felipe, contundido, e optou pela entrada de Ananias, passando a atuar com três atacantes.

O duelo ficou mais aberto, mas faltava qualidade por parte das duas equipes para inaugurar o placar. Aos 32 Kleina optou pela entrada de Léo Gago na vaga de Wesley.

Precisando da vitória o Paraná seguiu com um volume de jogo superior, e se faltava categoria para a equipe da casa articular as jogadas e acertar o último passe, um volante colocou os paranaenses em vantagem.

Leandro marcou o gol de empate do verdão. Foto: Felipe Gabriel / LANCE!Press

Leandro marcou o gol de empate do verdão. Foto: Felipe Gabriel / LANCE!Press

Aos 38 minutos Edson Sitta soltou uma bomba com efeito, de fora da área, a bola acertou o travessão de Fernando Prass e quicou dentro do gol, sem chances para o goleiro palmeirense.

O Palmeiras acordou depois do gol do adversário e mostrou a vontade que não teve durante todo o jogo para ir em busca do empate, com o zagueiro e capitão Henrique atuando praticamente como centroavante nos minutos finais.

Aos 43, após enfiada de bola de Léo Gago, Henrique fez o corta luz para  Leandro , o atacante avançou em velocidade, invadiu a área, se livrou da marcação e tocou na saída de Luiz Carlos para deixar tudo igual.

O alviverde ainda teve a oportunidade da virada nos acréscimos, em enfiada de bola de Leandro para Valdivia, mas o chileno não entendeu a jogada e perdeu a chance de ficar cara a cara com o arqueiro paranista.

O Palmeiras volta à campo agora no próximo sábado, às 16h20, contra o Joinville no estádio do Pacaembu. Já o Paraná visita o BOA Esporte Clube, sexta-feira às 21h50, no estádio do Melão em Varginha(MG).

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data-hora: 2/11/2013 – 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)
Cartões amarelos: Ricardo Conceição, Henrique Ávila, Lúcio Flávio (Paraná); Eguren, Henrique, Alan Kardec, Marcelo Oliveira (Palmeiras)
Gols: Edson Sitta (PAR) – 37/2ºT; Leandro (PAL) – 43/2ºT.

PARANÁ: Luís Carlos; Roniery, Anderson, Edimar e Paulinho (Henrique Ávila – 37/1ºT); Edson Sitta, Ricardo Conceição (Paulinho Oliveira – 18/2ºT), Moacir e Lucio Flavio; Kayke (Carlinhos – 25/2ºT) e JJ Morales – Técnico: Dado Cavalcanti.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe (Ananias – 16/2ºT), André Luiz, Henrique e Marcelo Oliveira (Juninho – 40/2ºT); Eguren, Márcio Araújo, Wesley (Léo Gago – 32/2ºT) e Valdivia; Leandro e Alan Kardec – Técnico: Gilson Kleina