Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Palmeiras da adeus à Série B com derrota | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras da adeus à Série B com derrota

Com gol do artilheiro Bruno Rangel, Chapecoense vence o verdão em Santa Catarina

Por Anderson Marinho
Artilheiro Bruno Rangel, camisa 9,  comandou a vitória da Chapecoense. Foto: Aguante Comunicação / Chapecoense

Artilheiro Bruno Rangel, camisa 9, comandou a vitória da Chapecoense. Foto: Aguante Comunicação / Chapecoense

Chapecoense e Palmeiras se despediram da Série B do Campeonato Brasileiro na tarde deste sábado na Arena Condá, em Chapecó, em partida válida pela 38ª rodada da competição, em duelo franco e muito equilibrado a equipe catarinense levou a melhor, vencendo por 1 a 0 com gol marcado pelo artilheiro Bruno Rangel.

Com o resultado a Chapecoense chegou aos 72 pontos na vice-liderança do torneio, sete a menos que o Palmeiras, campeão, que terminou 79 pontos ganhos.

O jogo

De contrato renovado para 2014, ano do centenário alviverde, e já garantido na Série A do Brasileirão, o técnico Gilson Kleina mandou o Palmeiras à campo com um time misto, dando oportunidade para o goleiro Fábio, o volante Renatinho e o zagueiro Thiago Martins, jovens promessas da base palmeirense, iniciarem a partida como titulares.

Dou outro lado a Chapecoense, ainda comemorando o acesso à elite do futebol nacional, contava com o apoio da torcida, que lotou o estádio para incentivar os novos heróis locais, e o faro de gols do artilheiro Bruno Rangel para fechar a temporada com um bom resultado.

E a primeira oportunidade foi donos da casa, logo aos quatro minutos Bruno Rangel avançou com a bola dominada, aproveitando o espaço na zaga do verdão, e bateu de fora da área para boa defesa de Fábio.

Aos poucos o Palmeiras foi crescendo na partida e passou controlar as ações, com um volume de jogo superior, mas não conseguia transformar a superioridade em chances claras.

Na melhor oportunidade palmeirense, aos 20 minutos, após boa troca de passes, Felipe Menezes enfiou bola para Alan Kardec, o centroavante saiu cara a cara com goleiro Nivaldo e finalizou de primeira para grande defesa do arqueiro catarinense.

Aos 43 minutos, Glaydson avançou pela direita e arriscou o cruzamento, Juninho cortou com a mão e o árbitro assinalou pênalti.  Na cobrança, Bruno Rangel bateu firme, goleiro de um lado e bola do outro, para marcar o seu 31° gol na competição e abrir o placar para os donos da casa.

Etapa complementar

Jogadores da Chapecoense comemoram o gol da vitória. Foto: Aguante Comunicação / Chapecoense

Jogadores da Chapecoense comemoram o gol da vitória. Foto: Aguante Comunicação / Chapecoense

Na volta do intervalo Gilson Kleina promoveu a entrada do jovem Bruno Oliveira na vaga de Wendel, buscando dar mais qualidade a criação das jogadas do alviverde.  Aos sete minutos o treinador palmeirense perdeu o volante uruguaio Eguren, contundido, e optou pela entrada de Anaias.

A Chapecoense começou melhor e teve a primeira chance logo aos oito minutos, em chute colocado do meia Athos que passou próximo ao ângulo esquerdo de Fábio.

Após o lance, Athos deu lugar a Danilinho, e logo na primeira participação o substituto também arriscou de fora da área e a bola passou rente à trave palmeirense.

Insatisfeito com o resultado Kleina foi para o tudo ou nada, sacando o volante Charles para a entrada meia-atacante Ronny.

Mais ofensivo, porém desorganizado por conta da falta de entrosamento, o Palmeiras quase chegou ao empate aos 26 minutos, quando Alan Kardec driblou Dão e chutou com perigo à direita do gol de Nivaldo.

O duelo ficou aberto, com as duas equipes buscando o gol, mas faltou capricho nas finalizações. Ronny pelo verdão e Bruno Rangel pela Chapecoense tiveram as melhores oportunidades, mas não conseguiram balançar as redes.

Mesmo pressionando o adversário nos minutos finais o Palmeiras não conseguiu chegar à igualdade e se despediu com derrota da Série B.

 

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data e hora: 30/11/2013, às 16h20 (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Auxiliares: Edilson Pereira (TO) e Marco Antônio Moreira (GO)
Público e renda: 9.251 pagantes / R$ 123.100,00
Cartões amarelos: Athos, Rafael Lima, Glaydson, Fabinho Gaúcho, Wanderson e Neném (CHA); Wendel e Juninho (PAL);

GOLS: Bruno Rangel, aos 44’1ºT (1-0);

CHAPECOENSE: Nivaldo, Alemão (Glaydson, 22’1ºT), Rafael Lima, Dão e Wanderson; Fabinho, Paulinho Dias, Diego Felipe e Athos (Danilinho, 10’2ºT); Potita (Neném, 34’2ºT) e Bruno Rangel. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

PALMEIRAS: Fábio, Wendel (Bruno Oliveira, Intervalo), Tiago Alves, Thiago Martins e Juninho; Eguren (Ananias, 6’2ºT), Renatinho, Charles (Ronny, 26’2ºT) e Felipe Menezes; Serginho e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina

xhamster