ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras derrota o Avaí e retorna ao G4

Em jogo bastante movimentado, reservas entram bem e tiram o verdão do sufoco

Por Anderson Marinho

O Palmeiras recebeu o Avaí, no estádio Novelli Junior em Itu, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e derrotou um concorrente direto, por 2 a 1, com gols de Leandro e Ronny, conquistando a sua terceira vitória na competição.

Jogadores comemoram gol do atacante Leandro. Foto: Tom Dib / Agência Lance

Jogadores comemoram gol do atacante Leandro. Foto: Tom Dib / Agência Lance

Com o triunfo o verdão chegou aos nove pontos, retornando ao G4 e agora se prepara para a partida contra o Sport, no próximo sábado às 16h20, no estádio da Ilha do Retiro no Recife. Já o Avaí recebe o Joinvile, sexta-feira às 21h50, na Ressacada em Florianópolis.

O jogo

O técnico Gilson Kleina manteve o esquema com três atacantes, que havia utilizado no segundo tempo da partida contra o América-MG, com Caio no lugar de Wesley, ao lado de Vinicius e Leandro.

O Palmeiras começou o jogo pressionando os visitantes e logo aos três minutos, após uma cobrança de escanteio pela direita, a zaga cortou parcialmente, Vinicius refez o cruzamento e Leandro completou de primeira para abrir o placar.

Leandro voltou a marcar e ajudou o Palmeiras a conquistar a terceira vitória na Série B. Foto: Ale Vianna / AE

Leandro voltou a marcar e ajudou o Palmeiras a conquistar a terceira vitória na Série B. Foto: Ale Vianna / AE

Depois do gol o alviverde não conseguiu manter o ritmo inicial, errando muitos passes e com pouca criatividade no meio de campo, o verdão só chegou com perigo novamente aos 13 minutos em chute de Charles da entrada da área.

Bem organizada em campo a equipe catarinense buscava espaços para sair no contra-ataque e aos 20 minutos, Márcio Diogo, em linda jogada individual, partiu em velocidade do meio de campo, se livrou de três marcadores e chutou firme, deslocando Bruno para deixar tudo igual.

Depois do empate o Avaí recuou ainda mais e dificultou as ações para o palestra, que só chegou aos 22 minutos, em cruzamento de Tiago Real para Vinicius, que cabeceou firme e obrigou Diego a fazer grande defesa.

Etapa complementar

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Fernandinho, retornando de contusão, no lugar de Tiago Real.

Precisando da vitória o verdão partiu pra cima do rival, marcando mais à frente e pressionando a saída de bola, e deu trabalho para o goleiro Diego.

Aos três minutos, após cobrança de escanteio, Caio subiu com liberdade e cabeceou com perigo no canto direito para grande defesa do arqueiro, dois minutos depois em nova cobrança de tiro de canto, Juninho cruzou, Vinicius fez o desvio e o camisa um espalmou afastando o perigo.

Com uma postura mais cautelosa o Avaí só chegou ao ataque aos 12 minutos, em chute de Cleber Santana, de três dedos, da entrada da área que passou rente à trave esquerda de Bruno.

O Palmeiras mantinha o controle do jogo, mas não conseguia encaixar um lance de ataque para retomar a vantagem no marcador. Aos 17 minutos, Leandro se livrou da marcação, invadiu a área, mas adiantou muito a bola e caiu pedindo pênalti, o árbitro mandou o jogo seguir.

Insatisfeito com o resultado Gilson Kleina promoveu mais duas alterações no alviverde, sacando Vinicius, aos 19 minutos, para a entrada de Serginho e abriu mão de um volante, aos 27, para a entrada de Ronny na vaga de Charles.

As substituições surtiram efeito e logo em seu primeiro lance Ronny recebeu bom lançamento em profundidade, dominou e chutou na saída de Diego para recolocar o verdão à frente.

Ronny entrou no segundo tempo para marcar o gol da vitória. Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

Em desvantagem o técnico Ricardinho foi obrigado a modificar o Avaí e mandou o time para ataque em busca do empate no 15 minutos finais, com as entradas de Tauã e Diego Jardel nas vagas de Marquinhos e  Eduardo Costa respectivamente.

Com a pressão catarinense apareceu o goleiro Bruno, muito criticado pelo torcedor palmeirense, o camisa um fez duas grandes defesas e garantiu o triunfo alviverde.

Aos 35 minutos Tauã fez grande jogada individual, passou por dois marcadores, invadiu a área e chutou no ângulo esquerdo para grande defesa do arqueiro. Três minutos depois, Leandro Silva, em cobrança de falta na intermediaria, soltou um foguete e Bruno desviou com a ponta dos dedos, por cima do travessão.

E ficou nisso, mesmo não jogando futebol tecnicamente convincente o Palmeiras se superou na segunda etapa e alcançou um resultado importante para a sequência da equipe no torneio. Destaque para o retorno de Fernandinho, após nove meses, o meia demonstrou qualidade e deve brigar por uma vaga entre os titulares.

Com o resultado o Palmeiras assume provisoriamente o segundo lugar na tabela de classificação, com nove pontos, um a menos que o líder Chapecoense.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2X1 AVAÍ

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data/Horário:
4/6/2013, às 19h30
Árbitro:
Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes:
Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)
Renda/Público:
R$100,410,00/ 5.792 pagantes

Cartões Amarelos: Charles, Ronny e Caio (PAL); Julinho, Cleber Santana e Leandro Silva (AVA)
Cartões Vermelhos
:Não houve
GOLS:
Leandro, aos 3’/1ºT (1-0); Márcio Diogo, aos 20’/1ºT (1-1) e Ronny, aos 28’/2ºT (2-1)

PALMEIRAS: Bruno; Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Ronny – 28’/2ºT) e Tiago Real (Fernandinho – Intervalo); Vinicius (Serginho – 18’/2ºT), Leandro e Caio. Técnico: Gilson Kleina

AVAÍ: Diego; Bovi, Leandro Silva, Alef e Julinho; Alê, Eduardo Costa (Diego Jardel – 36’/2ºT), Cleber Santana e Marquinhos (Tauã – 33’/2ºT); Márcio Diogo (Reis – 22’/2ºT) e Beto. Técnico: Ricardinho