ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras e Grêmio não saem do zero

Barcos sai de campo sob vaias e Verdão fica no empate na despedida de Alberto Valentim

Por Anderson Marinho
Barcos_Lúcio_Uebel_Getty Images Sport

Capitães, Lúcio e Barcos disputam bola no Alfredo Jaconi. Foto: Uebel / Getty Images Sport

No reencontro com o “pirata” Hernán Barcos o Palmeiras foi melhor diante do Grêmio no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileira 2014, mas teve um gol mal anulado e não saiu do zero a zero contra o tricolor gaúcho.

Com o resultado o verdão chegou aos 13 pontos e ocupa a nona colocação na tabela de classificação. O Grêmio é o sexto colocado com 15 pontos ganhos.

O jogo

Em busca da vitória para retornar ao G4 o tricolor gaúcho tomou a iniciativa nos primeiros minutos, pressionando a saída de bola do alviverde e levando perigo à meta defendida pelo goleiro Fábio.

O trio ofensivo gremista formado por Rodriguinho, Dudu e Barcos teve pelos menos seis finalizações até os 20 minutos, mas desperdiçou as melhores oportunidades. Aos seis minutos o pirata recebeu o cruzamento livre dentro da pequena área, mas mandou por cima do gol. Aos 17 Rodriguinho recebeu com liberdade na entrada da área, após bela tabela entre Dudu e Barcos, mas pegou mal na bola e perdeu um gol claro.

Meia Felipe Menezes teve boa atuação em Caxias. Foto: Lucas Uebel / Getty Images Sport

Meia Felipe Menezes teve boa atuação em Caxias. Foto: Lucas Uebel / Getty Images Sport

Aos poucos o Palmeiras foi equilibrando o jogo, conteve o ímpeto inicial do adversário e respondeu aos 22 minutos em chute perigoso de Diogo que passou rente ao ângulo direito de Marcelo Grohe.

Oito minutos depois, William Matheus fez grande jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Felipe Menezes, o meia recebeu com liberdade e bateu de primeira, da entrada da área, a bola desviou nas costas de Diogo e acertou a trave esquerda  do arqueiro tricolor.

Sem conseguir manter a pressão inicial o Grêmio só voltou a levar perigo aos 35 minutos, em chute de fora da área de Alan Ruiz.

O jogo ficou tenso nos 10 minutos finais, com muitas faltas duras e o árbitro Jailson de Freitas distribuiu três cartões amarelos, para Werley, Diogo e Marcelo Oliveira, na tentativa de conter os ânimos.

Etapa complementar

Diogo marcou o gol do verdão, mal anulado pela arbitragem. Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA /  Divulgação

Diogo marcou o gol do verdão, mal anulado pela arbitragem. Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação

O segundo tempo começou com a mesma intensidade, o Grêmio tentou pressionar nos primeiros minutos e reclamou a marcação de um suposto pênalti em Barcos, que caiu na área após uma divida com o marcador, mas a arbitragem não viu irregularidade no lance.

Ao contrário da etapa inicial o Palmeiras não aceitou a pressão do rival e deu a resposta aos sete minutos. Felipe Menezes cobrou falta pela esquerda e Diogo apareceu no meio da zaga, em posição legal, para desviar de cabeça e balançar a rede gremista, mas a arbitragem assinalou equivocadamente um impedimento do atacante que vinha de trás.

O alviverde continuou melhor e quase abriu o placar novamente aos 16 minutos em cabeçada de Henrique, mas Rodolfo afastou a bola em cima da linha evitando o gol.

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe o técnico Enderson Moreira promoveu logo em seguida duas substituições no tricolor gaúcho, sacando Barcos e Rodriguinho para as entradas de Kleber e Maxi Rodrigues respectivamente.  “El pirata” saiu de campo sob fortes vaias da torcida do Grêmio.

Felipe Menezes teve novas oportunidade, aos 27 minutos em cobrança de falta da intermediaria, que saiu por cima da meta tricolor, e aos 30 em chute da entrada da área para boa defesa de Marcelo Grohe.

Aos 33 minutos o treinador gremista sacou o jovem Dudu para a entrada do veterano Zé Roberto.

Duelo foi marcado pela disputa acirrada. Foto:  Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação

Duelo foi marcado pela disputa acirrada. Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação

Pelo Palmeiras Alberto Valentim só fez a primeira substituição aos 37 minutos, sacando o meia Felipe Menezes, que fez sua melhor partida com a camisa do verdão, para a entrada do volante Josimar.

Assim como na primeira etapa o jogo ficou pegado na reta final da partida, com muitas faltas e pouca qualidade técnica, sem chances claras de gol, terminando no zero a zero.

As duas equipes aproveitam agora a paralisação para a Copa do Mundo, com direito a férias, para buscar reforços e se preparem para o restante da temporada.

O Palmeiras volta à campo no dia 16 de Julho contra o Santos em local ainda indefinido, já sob o comando do técnico argentino Ricardo Gareca. Já o Grêmio recebe o Goiás no mesmo dia na Arena do Grêmio em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 X 0 PALMEIRAS

Data e horário: 1/6/2014, às 16h00
Local: Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (CBF/BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Adson Marcio Lopes (CBF/BA)
Público e Renda: não divulgado
Cartões Amarelos: Werley, Maxi Rodriguez, Ramiro (GRE); Henrique, Marcelo Oliveira, Lúcio, Marquinhos Gabriel, Renato (PAL)
GOLS: Não teve

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Werley e Marquinhos; Edinho, Alan Ruiz, Ramiro e Rodriguinho (Maxi Rodriguez, 17’/2ºT); Dudu (Zé Roberto, 31’/2ºT) e Barcos (Kléber, 17’/2ºT). Técnico: Enderson Moreira

PALMEIRAS: Fábio; Wendel, Lúcio, Wellington e William Matheus; Marcelo Oliveira, Renato e Felipe Menezes (Josimar, 37’/2ºT); Marquinhos Gabriel, Diogo e Henrique. Técnico: Alberto Valentim