ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras goleia o Figueirense em Londrina

Com dois pênaltis a favor, verdão passeia na terra do café e complica a situação do rival

Por Anderson Marinho
Alan Kardec comemora um dos gols marcados na partida. Foto: César Greco / FotoArena

Alan Kardec comemora um dos gols marcados na partida. Foto: César Greco / FotoArena

Jogando no Estádio do Café em Londrina por causa de uma punição de perda de mando de campo imposta pelo STJD, o Palmeiras enfrentou o Figueirense em partida válida pela 28 rodada do Campeonato Brasileiro Série B e deu mais um passo rumo à elite do futebol nacional goleando a equipe catarinense por 4 a 0, com gols marcados por Alan Kardec(2), Mendieta e Serginho.

Com o resultado o alviverde chegou aos 62 pontos na competição, na liderança isolada, com nove a mais que a vice-líder Chapecoense. Já o Figueirense é apenas o décimo colocado, com 39, sete pontos atrás do Sport, última equipe do G4.

O jogo

Vindo de derrota diante do ABC, no último sábado, em partida marcada por confusão na torcida, atrasos e erros grotescos da arbitragem, o Palmeiras entrou em campo no Estádio do Café preocupado com desempenho do árbitro e seus auxiliares, mas dessa vez não teve do que reclamar.

A única semelhança com a partida do Frasqueirão foi um atraso, de apenas cinco minutos, motivado por precaução da polícia local para evitar um novo tumulto por conta do excesso de torcedores. Com a bola rolando o alviverde se impôs, teve dois pênaltis bem assinalados ao seu favor, e construiu o resultado com facilidade.

Douglas Marques derruba Leandro na área e comete pênalti. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Douglas Marques derruba Leandro na área e comete pênalti. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Logo aos quatro minutos Leandro invadiu a área e foi derrubado por Douglas Marques, penalidade máxima para o verdão. Na cobrança, Alan Kardec bateu com categoria, no cato esquerdo, sem chances para o goleiro Volpi.

O gol no inicio do jogo deu tranquilidade aos comandados de Gilson Kleina, que controlaram as ações e determinavam o ritmo do jogo, mas paravam no gramado ruim. O técnico foi obrigado a fazer uma substituição ainda na primeira etapa, com a saída de Wendel, contundido, para a entrada de Ananias.

Etapa complementar

Com este triunfo o verdão chega 19 vitórias na Série B. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Com este triunfo o verdão chega 19 vitórias na Série B. Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Assim como no primeiro tempo o Palmeiras tomou a iniciativa e partiu pra cima do adversário no começo da segunda etapa e ampliou a vantagem logo aos 3 minutos em nova cobrança de pênalti.  Douglas Marques, de novo ele, derrubou Ananias na área do Figueira.  Na batida, Medieta escolheu o canto esquerdo e deslocou Volpi.

Nem deu tempo para o Figueirense reagir, cinco minutos depois, Ananias avançou pela esquerda e cruzou na medida para a cabeçada de Alan Kardec, a bola ainda desviou no zagueiro e matou o arqueiro do alvinegro.

Entregue em campo o Figueira não teve forças para buscar e resultado e pouco ameaçou a defesa palmeirense.   Na melhor oportunidade dos catarinenses, Henrique Miranda fez boa jogada pela ponta esquerda e cruzou para trás, Pablo apareceu livre, mas bateu ao lado do gol.

Aos 38 minutos veio o golpe final, Juninho tabelou com Alan Kardec, invadiu a área e rolou para Serginho, com o gol aberto, só empurrar para o fundo das redes.

O Palmeiras volta à campo agora na próxima sexta-feira, as 21h50, contra o Guaratinguetá, mas uma vez no Estádio do Café em Londrina. A equipe do Figueirense visita o São Caetano no sábado, as 21h00, no Anacleto Campanella.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 FIGUEIRENSE

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data/Horário: 8 de outubro de 2013, às 19h30
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
Assistentes: Marcos Rogerio da Silva e Luiz H Souza Santos Renesto
Público e Renda: 15.705 pagantes / 16.454 total / R$ 543.920,00

GOL: Alan Kardec – 5’/1ºT (1-0); Mendieta – 4’/2ºT (2-0); Alan Kardec – 7’/2ºT (3-0) e Serginho – 38’/2ºT (4-0)
Cartões amarelos: Charles e Wesley (PAL); William, Rodrigo e Bruno Pires (FIG)

PALMEIRAS: Fernando Prass, Wendel (Ananias – 41’/1ºT), André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Léo Gago – 33’/2ºT), Wesley e Mendieta; Leandro (Serginho – intervalo) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; William, Douglas Marques, Bruno Pires e Henrique Miranda; Paulo Roberto (Nem – 32’/2ºT), Rodrigo Souto e Rodrigo (Maylson – 17’/2ºT); Arthur, Pablo e Everton Santos (Tinga – 17’/2ºT). Técnico: Vinicius Eutrópio.