ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras infinitamente superior, derrota Corinthians.

Mesmo na Arena Corinthians time alvinegro mostrou apatia e foi presa fácil para o alviverde.

Por Paulo Edson Delazari

Rafael Marques marcou mais um na Arena Corinthians. (Foto: Marcos Ribolli)

Rafael Marques marcou mais um na Arena Corinthians. (Foto: Marcos Ribolli)

Corinthians sente ausência de Guerrero e vê Palmeiras sobrar na Arena Corinthians, conhecendo a sua terceira derrota em seus domínios por  por 2 a 0, para os mais de  29 mil pagantes que compareceram ao estádio na tarde deste domingo.

Quem esteve no estádio em Itaquera presenciou um time tímido por um lado, no caso o Corinthians e outro com vontade de vencer, mesmo jogando fora de casa. O Palmeiras só correu risco nos primeiros minutos em chances de Renato Augusto, mas depois o que se viu foram grandes defesas de Cássio, impedindo o pior.

Com a vitória o Palmeiras chegou aos cinco pontos e se encontra na 10ª colocação do campeonato. Já o Corinthians por sua vez se manteve com sete pontos e despencou na classificação para o 8º lugar. Agora o Palmeiras enfrentará o Internacional na Allianz Arena, às 21h contra o Grêmio. O Corinthians por sua vez encara o Grêmio em Porto Alegre às 22h na próxima quarta-feira.

O Jogo

A primeira chance da partida foi  aos cinco minutos num chute a meia distância de Kevin que Cássio voou mas não tocou nele e ficou na torcida para não entrar, a bola passou raspando o travessão.

A resposta corinthiana veio ao dez com Renato Augusto, o meia recebeu lançamento de Fabio Santos e arrancou pra cima da zaga, frente a frente com Fernando Prass o meia tocou com pé direito e viu o goleiro defender com o esquerdo, na sobra a zaga afastou.

Os dois times necessitavam da vitória, mas quem marcou primeiro foi o time alviverde. Valdívia recebeu no meio, fez três embaixadinha e abriu na direita para Kevin, o meia puxou para o pé esquerdo e colocou na cabeça de Rafael Marques na segunda trave, o atacante testou firme no ângulo direito de Cássio, que nada pode fazer aos 24 minutos. Palmeiras 1 a 0.

Zé Roberto parecia um garoto e jogou muito, guardando o seu. (Foto: Reprodução)

Zé Roberto parecia um garoto e jogou muito, guardando o seu. (Foto: Reprodução)

O gol deu mais confiança ao Palmeiras, que aproveitou a apatia dos alvinegros para ampliar aos 46 minutos com Zé Roberto. O meia começou a jogada cabeceando para o lado direito para Valdívia, o meia cruzou de primeira na área e o próprio Zé Roberto rachou com a zaga e na saída de Cássio deu leve toque para tirar do goleiro, que fez a defesa parcial, mas na sobra o próprio Zé Roberto testou para o gol vazio. Palmeiras 2 a 0.

Segunda etapa

Atrás no placar só restava ao Corinthians atacar. O que aconteceu, aos Mendoça arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave esquerda de Fernando Prass.

O time alvinegro parecia que melhoraria, contudo Palmeiras bem postado anulava as jogadas e apostava nos contrataques. Em um desses momentos aos 22, Zé Roberto recebeu, ganhou da zaga e bateu, desta vez Cássio espalmou para lateral.

O lance animou a equipe e se não fosse Cássio aos 33, a coisa tinha piorado, Kelvin arrancou pelo meio, rolou para Egídio, o lateral bateu cruzado e o goleiro defendeu com a perna esquerda.

Em vantagem no placar o time alviverde administrou, tocou muitos passes, enquanto um perdido Corinthians sequer reagia em campo. Assim foi a partida até os minutos finais, concretizando a vitória palmeirense em plena Arena Corinthians.