ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras joga simples e supera “Furação”
Em jogo truncado a diferença saiu do banco

Por: Paulo Edson Delazari

Sem Barcos e com a vantagem do empate fora de casa em 2×2 no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil o Palmeiras entrou em campo pensando em não levar gols e foi o que aconteceu e como se não bastasse ainda superou o furacão, que na realidade no jogo de hoje não passou de uma brisa passageira.

Felipão contestado pela torcida nas últimas semanas acertou na escalação do time que não correu riscos durante toda partida e ainda fez a substituição no tempo certo, quando colocou Maicon Leite no lugar de Mazinho, mudando a cara do jogo e dando a vitória ao Palmeiras.

1º tempo

 15´- Nenhuma finalização havia ocorrido até que Valdivia arriscou de fora da área por cima do gol, mas sem perigo.

 19´ – Valdivia cruza na área e Bentinho tenta cavar o pênalti, o arbitro nada marca.

 21´ – Manoel chuta de fora da área para o Atlético e a bola passa sem perigo.

 43´- Bela enfiada de Valdivia, Bentinho recebe dentro da área e bate cruzado para bela defesa do goleiro atleticano impedindo o primeiro gol alvi verde.

2º tempo

 O jogo continuou amarrado, o ataque palmeirense sentia a falta de Barcos como referência no ataque e o Atlético PR sentia a ausência e a criatividade de Paulo Bayer, resultado o jogo seguia truncado, ai a história passa a mudar nas mão de Felipão que saca Mazinho e coloca Maicon Leite aos 22´ a estrela do técnico campeão do mundo brilha e aos 23 minutos na primeira bola do atacante ele desconserta o zagueiro atleticano com um dribe da vaca, invede a área, toca para Valdívia que só rola dentro da pequena área para o chute certeiro de Luan. Palmeiras 1×0.

 26´ Valdivia comete falta violenta e recebe o terceiro cartão amarelo, assim o chileno está fora do primeiro jogo da semifinal.

 30´- O lateral esquerdo Juninho arranca pela esquerda e após fintar 3 jogadores do clube paranaense e puxado por Pablo dentro da área, pênalti claro que o juiz Ricardo Marques Ribeiro não marca.

 36´ – Ainda pelo lado esquerdo Luan recebe pressionado por dois zagueiros e mesmo sem ângulo bate perigosamente para defesa do goleiro, no escanteio Maicon Leite cruza, Vladívia desvia de cabeça no primeiro pau e o zagueiro Henrique também de cabeça complementa para o fundo do gol. Palmeira 2×0.

 41´ – Com um buraco no lado esquerda da defesa Juninho arrisca da intermediária, o chute sai cruzado para nova intervenção do goleiro atleticano.

 44´ – No único momento de perigo do time paranaense ricardinho recebe pelka esquerda chuta forte e para dentro da área palmeirense, mas ninguém aparece para complementar.

 Daí em diante Palmeiras seguiu tocando a bola ao grito de olé da torcida, até o apito final. Agora o Verdão aguarda o vencedor de Grêmio e Bahia para saber quem será sem adversário na semi final do mata mata nacional.

Ficha técnica

Palmeiras 2 x 0 Atlético PR

Local: Arena Barueri

Data: 23/05/2012

Horário: 19h30

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

Cartões Amarelos:  Cartões Vermelhos: não teve

 Gols

Palmeiras: Luan (23´) e Henrique (37´) segundo tempo.

Atlético PR: não fez

Público: 17.574 pagantes
Renda: R$ 460.195,00

 Palmeiras

 Bruno; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor (Patrik) e Valdivia; Mazinho (Maikon Leite) e Betinho (Luan)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Atlético PR

Rodolfo; Pablo, Manoel, Renan Foguinho e Héracles (Marques); Deivid, Alan Bahia (Ricardinho), Zezinho e Ligüera; Guerrón (Edgar Junio) e Bruno Mineiro
Técnico: Juan Carrasco

At the moment, ibeacon hardware is very hard to come by so this idea might not https://www.spying.ninja/ reach its full potential immediately