ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras para nas provocações e retranca do América RN.

Sem muita vontade e enfrentando uma forte defesa, verdão não sai do zero.

Por Paulo Edson Delazari
Valdivia durante a partida diante do América RN no Pacaembu. (Foto: Gazeta Press)

Valdivia durante a partida diante do América RN no Pacaembu. (Foto: Gazeta Press)

Na tarde deste sábado, o clube alviverde ficou apenas no empate sem gols com o América-RN, no Estádio do Pacaembu, em um duelo marcado pelo confronto verbal entre Valdivia e o goleiro Andrey e válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado o Palmeiras perdeu uma ótima oportunidade para se aproximar ainda mais do acesso à elite do futebol brasileiro.

Provocado e pouco criativo neste sábado, o Palmeiras subiu para 56 pontos na tabela de classificação, dez a mais do que o vice-líder Chapecoense, derrotado na última sexta-feira pelo Paysandu (2 a 1). O América-RN, do folclórico goleiro Andrey, soma 27.

Após o compromisso deste final de semana, o Palmeiras inicia a preparação para dois duelos longe de seu torcedor. Nesta terça-feira, a partir das 21h50 (de Brasília), o adversário será o Oeste, em São José do Rio Preto. Já no próximo sábado, o rival será o ABC, em Natal. O América-RN recebe também na terça, no mesmo horário palmeirense, o Bragantino.

Próximo do objetivo da promoção à elite do futebol nacional, o Palmeiras entrou em campo para diminuir ainda mais o objetivo do retorno à Série A, ainda mais por encarar um adversário da parte mais baixa da tabela. Entretanto, logo nos primeiros minutos, o clube alviverde viu que enfrentaria dificuldades por conta da postura cautelosa do adversário potiguar.

Além de apresentar-se em uma formação recuada, o América também contou com a grande contribuição do goleiro Andrey. Durante os primeiros 45 minutos, o camisa 1 visitante foi o principal personagem do jogo por dois fatores: as boas defesas, especialmente nos chutes de Luis Felipe e Alan Kardec, e a confusão com Valdivia, que antecipou uma entrevista filosófica no intervalo.

A torcida presente no Pacaembu procurava se esquentar de todas as maneiras por conta do frio que atingiu São Paulo. O Palmeiras, por outro lado, não criou alternativas para ferver a temperatura dentro do gramado. Pouco criativo, o time de Gilson Kleina acabou facilmente anulado durante os minutos iniciais.

Na base do contra-ataque, o América foi quem quase abriu o marcador. Aos 30min, a bola sobrou para Adriano Pardal dentro da área. Contudo, mesmo livre, o atacante viu Fernando Prass fazer uma grande defesa e evitar o gol. A chance acordou o Palmeiras dentro de campo, tanto que Caio, poucos minutos depois, por pouco não fez 1 a 0 para o time da casa.

Ao sair do gramado do Pacaembu, no último jogo do Palmeiras antes de seis jogos fora da capital, Valdivia usou os microfones para cobrar a diretoria mirando no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O meia exigiu ação contra o que considera algo particular contra o clube, que terá suas duas próximas partidas longe de casa.

“É mais uma palhaçada do STJD”, definiu o chileno. “Se é pessoal contra o Palmeiras, a nossa diretora tem que se manifestar. Não é possível: toda vez somos punidos enquanto os outros cometem os mesmos erros e não acontece nada”, comentou o camisa 10.