ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras sai na frente do Santos na final do Paulistão.

Arbitragem vira polêmica e alviverde sai na frente do alvinegro praiano.

Por Paulo Edson Delazari 
Arouca se lesiona sozinho e pode ficar fora da final na Vila Belmiro. (Foto: Reprodução)

Arouca se lesiona sozinho e pode ficar fora da final na Vila Belmiro. (Foto: Reprodução)

Palmeiras e Santos iniciaram na tarde deste domingo na Allianz Arena o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista de 2015. Em momentos opostos de capacidade financeira o primo rico dirigido pelo bilionário Paulo Nobre, levou a melhor sobre o primo pobre da Vila Belmiro vencendo por 1 a 0. O gol foi marcado por Leandro Pereira.

O Palmeiras ainda teve grande oportunidade de ampliar, mas Dudu perdeu um pênalti. Arouca saiu de campo contundido e é duvida para o jogo final na Vila.

Pelo lado do Santos existe a expectativa do provável retorno de Robinho ao ataque, contudo não contará com Paulo Ricardo que foi expulso no lance da penalidade polêmica.

O próximo jogo da final será no próximo domingo (03) na Vila Belmiro e definirá o campeão estadual. Para garantir o título os meninos da vila terão que vencer por 2 gols ou mais de diferença, o resultado de favorável de um gol de vantagem  leva a decisão aos pênaltis.

O jogo

Leandro Pereira comemora gol que deu a vitória ao Palmeiras. (Foto: Reprodução)

Leandro Pereira comemora gol que deu a vitória ao Palmeiras. (Foto: Reprodução)

Nem parecia que o mandante era o Palmeiras, mesmo empurrado por mais de 35 mil torcedores o time comandado por Osvaldo de Oliveira não conseguia colocar o adversário em risco. O primeiro lance de ataque só durgiu aos 24 minutos quando Cleiton Xavier lançou para Leandro Pereira nas costas de David Brás. O atacante pegou de primeira, mas a bola saiu sem perigo para Vladmir só acompanhar.

A resposta veio dois minutos depois em chute de fora da área de Ricardo Oliveira, mas a bola também saiu sem perigo.

A emoção não aparecia no clássico até que aos 29 o ataque palmeirense fez boa jogada. Cleiton Xavier enfiou a bola para Robinho impedido, o meia abriu a perna e Lucas chegou cruzando, ao estilo centroavante, Leandro Pereira chegou de carrinho e fez Palmeiras 1 a 0.

Aos 43 minutos Vitor Ramos fez falta em Ricardo Oliveira do lado direito de campo. Lucas Lima bateu e Fernando Prass defendeu para escanteio. Um minuto depois Rafael Marques tabelou com Dudu dentro da grande área, Paulo Ricardo chegou para impedir o chute e Marques se jogou, a bola sobrou para Robinho que chutou para bela defesa de Vladimir.

Segunda Etapa

Vinícius Forlan marca penalti de Paulo Ricardo em Leandro Pereira. (Foto Reprodução)

Vinícius Forlan marca penalti de Paulo Ricardo em Leandro Pereira. (Foto Reprodução)

A primeira grande chance do segundo tempo surgiu em lance polêmico, Leandro Pereira recebeu lançamento saiu correndo em direção a bola trocando braços com Paulo Ricardo, quando chegou dentro da área Leandro Pereira se jogou e Vinicius Forlan marcou pênalti e ainda expulsou o zagueiro santista Paulo Ricardo. No lance o arbitro perdido expulsou David Brás equivocadamente, mas depois orientado pelo quarto arbitro voltou atrás.

Na cobrança Dudu partiu para bola e acertou o travessão e frustrou a torcida palmeirense aos 15 minutos do segundo tempo.

O Santos recompôs sua defesa com Jubal e deixou Ricardo Oliveira sozinho na frente, o artilheiro do paulista teve grande chance aos 20 minutos após lançamento de Lucas Lima, mas Vitor Hugo travou no momento exato evitando o gol de empate do Peixe.

Deste lance em diante, algumas trocas nos times e muita marcação. O Santos com um homem a menos resolveu jogar todas as suas fichas na Vila Belmiro em condições de igualdade numérica de atletas.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS x SANTOS

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 26 de abril de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)

Público: 39.479 pagantes
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)

Gols: Leandro Pereira (29/1T)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Gabriel, Victor Ramos, Jackson e Zé Roberto; Arouca e Robinho; Gabriel Jesus, Cleiton Xavier e Dudu; Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS: Vladimir; Vitor Ferraz, Gustavo Henrique (Paulo Ricardo), David Braz e Chiquinho; Valencia (Leandrinho), Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho (Marquinhos Gabriel) e Ricardo Oliveira
Técnico: Marcelo Fernandes