ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras só empata, mas conquista o 1º turno da Série B

Verdão para na marcação adversária, chega a quatro jogos sem vitória, mas empate garante a liderança isolada.

Por Anderson Marinho

Palmeiras e Chapecoense se enfrentaram no estádio do Pacaembu, em partida válida pela décima nona rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2013, no encontro entre as duas melhores equipes da competição, o verdão foi superior, mas parou na marcação dos visitantes e ficou apenas no empate por 0 a 0. Com o resultado o Palmeiras chegou à marca de quatro jogos consecutivos sem vitória, mas apesar disso terminou o primeiro turno da competição na liderança com 42 pontos ganhos contra 40 do rival catarinense, segundo colocado.

O jogo

Paraguaio Mendieta esteve muito marcado na partida. Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Paraguaio Mendieta esteve muito marcado na partida. Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Com muitos desfalques, Valdivia, Henrique e Eguren – servindo as seleções brasileira, chilena e uruguaia – Leandro suspenso e Ananias contundido, o técnico Gilson Kleina teve dificuldades para escalar a equipe para o duelo decisivo e contou com uma dupla de zaga inédita, com Tiago Alves e André Luiz, e dois meias, Mendieta e Felipe Menezes, na articulação das jogadas.

A primeira chance clara foi dos visitantes, logo aos quatro minutos Tiago Luis arriscou um chute de fora da área e obrigou Fernando Prass a fazer uma grande defesa.

Daí para frente o Palmeiras passou a marcar a saída de bola do adversário, em seu campo de ataque, e impôs um volume de jogo superior, mas não conseguia transformá-lo em chances claras de gols e quando chegava pecava nas finalizações.

Aos 21 minutos, após um chutão, Tiago Alves recebeu com liberdade na área rival, dominou no peito, mas chutou em cima do goleiro Rodolpho desperdiçando grande oportunidade.

Seis minutos depois, Ronny apareceu pelo lado esquerdo da área e chutou colocado, a bola passou com perigo, rente a trave.

Depois das chances desperdiçadas o verdão parou na proposta de jogo dos catarinenses, que entraram em campo apostando nos contra-ataques, e o jogo ficou truncado com poucas emoções para ambos os lados.

Etapa complementar

Na volta para o segundo tempo o técnico Gilson Kleina promoveu a entrada de Vinicius, retornando de contusão, na vaga de Ronny que sentiu uma torção no tornozelo esquerdo.

Assim como na etapa inicial o Palmeiras seguia melhor, mas continuava perdendo boas chances. Aos quatro minutos, Luis Felipe cruzou na medida para Alan Kardec, mas o centroavante chutou para fora.

A Chapecoense respondeu aos 12 minutos, em cobrança de falta, a bola foi alçada na área, Tiago Luis subiu mais que a defesa palmeirense e cabeceou firme, tirado tinta da trave de Fernando Prass.

Kleina voltou a mexer aos 18 minutos, apostando em Serginho na vaga de Felipe Menezes, para renovar o setor ofensivo da equipe. No time catarinense, Tiago Luis deu lugar a Caion.

E na base da bola parada a Chapecoense quase chegou ao gol novamente aos 22 minutos, após levantamento de Paulinho Dias, Caion desviou de cabeça e Fernando Prass fez grande defesa.

O Palmeiras respondeu quatro minutos depois, em chute de Wesley que Rodolpho espalmou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Vinicius ficou com a sobra e soltou uma bomba, rasteira, para mais uma grande defesa do arqueiro rival.

Vinícius lamenta chance desperdiçada. Foto: Marcos Ribolli / Globo.com

Vinícius lamenta chance desperdiçada. Foto: Marcos Ribolli / Globo.com

Os dez minutos finais foram de intensa pressão alviverde, com a Chapecoense fechada em seu campo de defesa segurando o empate, o Palmeiras arriscou nos chutes de fora da área com Luis Felipe e Serginho, interceptados pela defesa adversária,  e teve a grande chance de sair com vitorioso no último lance da partida, já nos acréscimos, em cabeçada de André Luz que explodiu na trave de Rodolpho.

O Palmeiras volta à campo agora no próximo sábado, às 18h15, para enfrentar o Atletico-GO, no estádio JK, em Itumbiara no interior de Goiás.  Já a Chapecoense recebe na sexta-feira, às 21h50, a equipe do BOA Esporte na Arena Condá em Chapecó.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 CHAPECOENSE

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 3 de setembro de 2013, às 21h50
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Renda e público: R$ 272.700,00 / 8841 pagantes
Cartões amarelos: Tiago Luis, Danilinho, Wanderson, Rafael Lima (CHA); Alan Kardec (PAL)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Nenhum

PALMEIRAS: Fernando Prass, Luis Felipe, Tiago Alves, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Felipe Menezes (Serginho – 18’/2ºT) e Mendieta; Ronny (Vinicius – intervalo) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina

CHAPECOENSE: Rodolpho, Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Fabinho Gaúcho; Wanderson, Paulinho Dias, Danilinho (Athos – 32’/2ºT) e Diego Felipe; Tiago Luis (Caion – 20’/2ºT) e Soares (Nenem – 40’/2ºT). Técnico: Gilmar Dal Pozzo