ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras sofre apagão, leva virada relâmpago e segue no Z4

Verdão sai na frente, desperdiça chances de matar o jogo e leva três gols em quatro minutos.

Por Anderson Marinho
Figueira conquista virada histórica. Foto: Thiago Pedro / Futura Press

Figueira conquista virada histórica. Foto: Thiago Pedro / Futura Press

O Palmeiras visitou o Figueirense neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014 e deixou escapar a segunda vitória consecutiva, contra um adversário direito na luta contra o rebaixamento.  O verdão saiu na frente com um gol do argentino Cristaldo, mas Clayton (duas vezes) e Marcão decretaram a virada dos catarinenses por 3 a 1.

Com o resultado o verdão permanece na zona da degola, com apenas 25 pontos, na 17ª posição. Já o Figueirense agora é o décimo colocado, com 32 pontos ganhos, sete pontos acima da zona do rebaixamento.

O jogo

O primeiro tempo no Orlando Scarpelli foi marcado por muita luta e disposição de ambos os lados, com muitas faltas e pouca qualidade técnica, reflexo da situação das duas equipes no campeonato.

Cristaldo comemora o gol do verdão. Foto:  Cristiano Andujar / Getty Images

Cristaldo comemora o gol do verdão. Foto: Cristiano Andujar / Getty Images

Ligeiramente superior o Palmeiras teve as melhores oportunidades. Aos cinco minutos, Diogo, após lindo passe de letra de Henrique, chutou com perigo e Thiago Volpi fez grande defesa. Aos 22, Cristaldo fez boa jogada pela direita e cruzou, Henrique aproveitou uma furada de Nirley e girou, mas o chute saiu fraco para defesa segura do arqueiro catarinense.

O gol palmeirense veio aos 32 minutos, após boa jogada pela esquerda, Diogo cruzou para atrás, Henrique deixou a bola passar e o argentino Cristaldo chutou de pé esquerdo, com categoria, no canto direito de Volpi.

Antes do termino da primeira etapa o técnico Dorival Junior perdeu o volante Renato, com uma contusão muscular, e promoveu a entrada de Bruninho.

Valdivia desperdiçou a bola do jogo. Foto: Cristiano Andujar / Getty Images

Valdivia desperdiçou a bola do jogo. Foto: Cristiano Andujar / Getty Images

O Palmeiras teve oportunidade para ampliar a vantagem logo aos quatro minutos do segundo tempo, após contra-ataque rápido puxado por Valdivia, o chileno deu grande enfiada de bola para Cristaldo, o camisa nove saiu cara a cara com Thiago Volpi e chutou rasteiro para grande defesa do goleiro.

E a dupla Valdivia e Cristaldo vinha bem na partida, que parecia tranquila para o alviverde, até os 22 minutos de jogo. O chileno fez grande jogada individual, tabelou com Cristaldo e Victor Luís, saiu cara a cara com Volpi, mas em vez de finalizar preferiu tocar para Henrique e a zaga fez o corte, desperdiçando a chance de matar o jogo.

O lance mudou o panorama do duelo e os donos da casa começaram a dominar as ações com uma forte pressão que surpreendeu o alviverde. Aos 31 minutos, após uma cobrança de lateral pelo lado esquerdo, Marquinhos Pedroso cruzou, Clayton subiu com liberdade e cabeceou no canto esquerdo de Deola para deixar tudo igual.

O tento alvinegro desestabilizou o Palmeiras que não teve tempo nem para assimilar o golpe. Um minuto depois, após grande jogada individual, Giovanni Augusto cruzou nas costas de Victor Luís e Clayton completou de direita, com a chapa do pé, para marcar o segundo dele virar o jogo.

E a jogada aérea do Figueira voltou a funcionar aos 35 minutos, após lindo chapéu sobre Marcelo Oliveira, Giovanni Augusto acionou Leandro Silva na ponta direita, o lateral cruzou na medida e Marcão testou firme para vencer Deola.

Jogadores do Figueira comemoram. Foto: Douglas Abreu / Agência-Lance

Jogadores do Figueira comemoram. Foto: Douglas Abreu / Agência-Lance

Dorival Junior ainda tentou mexer no Palmeiras, com a entrada de Bernardo na vaga de Bruninho, mas o verdão não teve forças para reagir e ainda perdeu o zagueiro Nathan, expulso aos 43 minutos após pisar no adversário.

O Palmeiras volta à campo agora na próxima quinta-feira, às 19h30, contra a Chapecoense no estádio do Pacaembu. Já o Figueirense visita o Goiás, sábado às 18h30, no Serra Dourada em Goiânia.

FIGUEIRENSE 3 X 1 PALMEIRAS
Data: 28 de setembro de 2014, domingo

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva – PA (ASP-FIFA)

Assistentes: Fabio Pereira – TO (FIFA) e Marcio Gleidson Correia Dias – PA (ASP-FIFA)

Cartões amarelos: Paulo Roberto e Nirley (FIG); Marcelo Oliveira, Henrique e Bruninho (PAL)

Cartão vermelho: Nathan
Gols: Cristaldo, aos 34 minutos do primeiro tempo e Clayton, aos 31 e 32 e Marcão, aos 35 minutos do segundo tempo.
Figueirense

Tiago Volpi; Leandro Silva, Nirley, Thiago Silva e Marquinhos; Paulo Roberto, Jefferson (Marcão), Marco Antônio e Giovanni Augusto; Everaldo (Mazola) e Pablo (Clayton).

Técnico: Argel

 

Palmeiras

Deola; João Pedro, Nathan, Gabriel e Victor Luis; Renato (Bruninho) (Bernardo), Marcelo Oliveira e Valdivia; Cristaldo (Allione); Henrique e Diogo

Técnico: Dorival Jr