ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras vence “decisão” contra o Botafogo e afunda o rival

Na volta de Fernando Prass, Valdivia brilha, Henrique decide e verdão vence a segunda consecutiva

Por Anderson Marinho
Juninho e Henrique comemoram gol do triunfo. Foto:

Juninho e Henrique comemoram gol do triunfo. Foto: Pedro Martins / Agif / Gazeta Press

Botafogo e Palmeiras se enfrentaram nesta quarta-feira no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014 e o verdão levou a melhor vencendo um adversário direto na luta contra o rebaixamento, por 1 a 0, com gol do atacante Henrique, um dos artilheiros da competição agora com 13 gols, e se distanciou da zona da degola, deixando o glorioso em situação complicada.

Com o resultado o alviverde chegou aos 31 pontos e assumiu a 13ª posição, três pontos acima da Chapecoense o primeiro time do Z4. Já o Botafogo é agora o lanterna da competição com apenas 26 pontos.

O Palmeiras volta à campo agora no próximo sábado, às 21h00, contra o Grêmio no estádio do Pacaembu . No mesmo dia, às 18h30, o Botafogo enfrenta o Corinthians na Arena da Amazônia em Manaus.

O jogo

Duelo marcou o retorno de Fernando Prass à meta alviverde. Foto: Dhavid Normando / Futura Press

Duelo marcou o retorno de Fernando Prass à meta alviverde. Foto: Dhavid Normando / Futura Press

Pressionado pelos resultados da rodada e a crise financeira que afeta o clube, o Botafogo entrou em campo precisando da vitória para respirar no Brasileirão e tomou a iniciativa nos primeiros minutos, mas parou nas suas limitações técnicas e pouco produziu.

As melhores oportunidades do time carioca vieram em chutes de fora da área, como o de Rogério que obrigou o goleiro Fernando Prass a fazer uma boa defesa.

No alviverde o retorno do seu arqueiro titular deu mais tranquilidade a defesa e com boa atuação de Valdivia a equipe criou mais chances de gols. Na melhor oportunidade, Valdivia cruzou na medida e o argentino Cristaldo cabeceou com perigo para grande defesa de Helton Leite.

Etapa complementar

Valdivia foi um dos destaques do jogo. Foto: André Durão

Valdivia foi um dos destaques do jogo. Foto: André Durão

Na volta do intervalo o técnico Dorival Junior promoveu a entrada de Leandro na vaga de Cristaldo, mas foram dois conhecidos do torcedor palmeirense que decidiram o jogo.

Logo aos quatro minutos, Valdivida fez grande jogada individual, se livrou da marcação, e cruzou para a grande área, Henrique dominou com categoria, fez o giro sobre a marcação e finalizou com estilo para marcar um golaço e abrir o placar para o verdão.

Insatisfeito com o desempenho de sua equipe e com a necessidade de reverter o placar, Vagner Mancini sacou Airton para a entrada de Wallyson, mando o glorioso para o ataque. Com a substituição o alvinegro ganhou mais presença ofensiva, mas esbarrou na falta de criatividade. Quando as jogadas saíram, Fernando Prass se encarregou de evitar o gol botafoguense.

Bem postado e apostando nos contra-ataques o Palmeiras ainda teve pelo menos três oportunidades claras para ampliar a vantagem, mas desperdiçou. Na melhor delas, aos 35 minutos, após mais uma grande jogada de Valdivia, Leandro recebeu na marca do pênalti e chutou com liberdade, mas bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.

O triunfo palmeirense quebrou um jejum de cinco meses sem vitórias fora de casa no Brasileirão e deixa a equipe em situação mais tranqüila na luta pela permanência na divisão de elite do torneio.

BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

Data e hora: 08/10/2014, ás 19h30 (horário de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Gols: Henrique, aos 4min do segundo tempo;
Cartões amarelos: Matheus Menezes, Carlos Alberto e Ramírez (BOT) e Marcelo Oliveira, Juninho e Valdívia (PAL)
Público e renda: 9.123 / 10.200 / R$ 218.760,00

BOTAFOGO
Helton Leite, Régis, Matheus, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Wallyson), Gabriel, Fabiano (Carlos Alberto) e Ramírez; Rogério e Zeballos (Yuri Mamute)
Técnico: Vagner Mancini

PALMEIRAS
Prass; João Pedro, Lucio, Tobio e Juninho; M. Oliveira, Wesley (Washington), Victor e Valdivia; Cristaldo (Leandro) e Henrique (Allione)
Técnico: Dorival Júnior