ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Palmeiras vence o Linense e alivia a crise.

Em partida dramática, verdão conquista a vitória com gol aos 45 minutos do segundo tempo.

Por Anderson Marinho

Torcida protesta nas arquibancadas do Pacaembu. Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

Em busca da reabilitação, após a goleada sofrida diante do Mirassol na última rodada, o Palmeiras recebeu o Linense neste sábado, no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Paulista 2013 e conquistou uma vitória por 2 a 1, com gols marcados por Leandro e Marcelo Oliveira, e alcançou provisoriamente a quinta colocação na tabela com 28 pontos, amenizando a pressão sobre o aniversariante do dia, o técnico Gilson Kleina.

O jogo

Aniversariante do dia, Gilson Kleina ganha vitória de presente. Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

Pensando no duelo contra o Tigre na próxima da terça-feira, pela Taça Libertadores da América, o treinador decidiu poupar cinco titulares que estiveram presentes no vexame em Mirassol, Juninho, Weldinho, Charles, Márcio Araújo e Wesley, e ainda perdeu em cima da hora o goleiro Fernando Prass, com dores lombares, que deu oportunidade para Bruno retornar a meta alviverde.

Além do camisa 1, o torcedor palmeirense pode rever outros jogadores conhecidos como o volante Wendel, que nunca se firmou entre os titulares, e Vilson, retornando de suspensão, que compôs a dupla de zaga ao lado de André Luis.

Com a bola rolando o alviverde impôs um volume de jogo maior no primeiro tempo, mas faltou qualidade na execução do último passe e nas finalizações.

A melhor oportunidade do verdão veio aos 28 minutos, após bom passe de Ayrton, que atuou mais avançado como um meia, Leandro invadiu a área, cara a cara com o goleiro Leandro Santos, mas se enrolou na hora do domínio e chutou desequilibrado acertando a trave esquerda do goleiro.

Bem postado no setor defensivo o Linense explorava os contra-ataques para tentar levar perigo à meta palmeirense, mas teve poucos espaços e praticamente não criou situações de gol.

 Aos 40 minutos, Wendel sofreu falta na ponta direita. Na cobrança, Léo Gago bateu direto, por baixo da barreira, e obrigou o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

Etapa complementar

Na volta para o segundo tempo Gilson Kleina promoveu a entrada de Patrick Vieira na vaga de Ayrton. No Linense, o técnico Bruno Quadros sacou Fábio Lopes para a entrada de Dudu.

O Palmeiras melhorou com a substituição e partiu pra cima do adversário nos 10 minutos iniciais, apostando na velocidade de Patrick Vieira.

Logo aos dois minutos o camisa 21 foi acionado na ponta direita, limpou a marcação de dois zagueiros e bateu de pé esquerdo, com perigo, obrigando Leandro Santos a fazer uma grande defesa.

Aos 10 minutos, Patrick partiu em velocidade, do campo de defesa, e em grande jogada individual encontrou Leandro, livre na ponta esquerda, o artilheiro do verdão recebeu o passe açucarado e bateu de chapa, com o pé direito, no canto esquerdo de Leandro Santos para abrir o marcador no Pacaembu. Palmeiras 1 x 0 Linense.

Com o gol palmeirense o Linense resolveu sair para o jogo e começou a dar trabalho a defesa alviverde. Aos 15 minutos, após uma falha individual de Wendel, o lateral Tarracha avançou com liberdade pela ponta esquerda e fez o cruzamento, Gilsinho se antecipou à zaga e desviou para o fundo do gol empatando a partida. Palmeiras 1x 1 Linense.

Descontente com o rendimento da equipe Gilson Kleina fez duas substituições aos 22 minutos, saíram Caio e João Denoni para as entradas de Vinícius e Souza respectivamente.

Em um momento melhor no jogo a equipe de Lins passou a pressionar o verdão e deu trabalho ao goleiro Bruno. Aos 22 minutos, Dudu fez linda jogada individual, passando por dois marcadores, e bateu firme, de pé direito, para grande defesa do arqueiro alviverde.

Dez minutos depois o próprio Dudu arriscou de fora da área, de pé esquerdo, e a bola passou com perigo, por cima do travessão, dando um susto na torcida palmeirense.

E o Linense seguiu pressionando, aos 38 minutos, Dudu, de novo ele, aproveitou uma bobeada do zagueiro André Luis e ficou cara a cara com Bruno, mas parou no goleiro alviverde, que fez grande defesa com o pé direito evitando a virada.

Aos 42 minutos Gilsinho, contundido, saiu para a entrada de Jean Cleber na equipe de Lins.

Jogadores comemoram gol de Marcelo Oliveira que garantiu a vitória ao verdão. Foto: Eduardo Viana / LANCEPress

E quando o duelo no Pacaembu já se encaminhava para um empate, aos 45 minutos de jogo, eis que surge uma falta pela ponta esquerda do ataque palmeirense.  Na cobrança, Souza, retornando de contusão após 30 dias, bateu cruzado de pé direito, Marcelo Oliveira se antecipou a marcação no primeiro pau e desviou de cabeça para dar a vitória ao verdão diante dos pouco mais de 5.000 pagantes presentes no Paulo Machado de Carvalho. Palmeiras 2 x 1 Linense.

O Palmeiras que enfrentou o Linense esta longe de ser um time condizente com as tradições do Palestra, mas o resultado da partida, com um gol marcado nos últimos minutos, foi importante para recuperar a confiança do elenco, em um momento de muita pressão, e principalmente para a sequência do trabalho do técnico Gilson Kleina no restante da temporada.

No vestiário, após o jogo, teve festa para o treinador, que completou 45 anos neste sábado, e o presente não poderia ser melhor.

O Palmeiras volta à campo agora na próxima terça-feira, 02/04/2013, às 21h30 também no estádio do Pacaembu para encarar o Tigre, da Argentina, em duelo pela 4ª rodada da primeira fase da Taça Libertadores da América 2013, precisando vencer para se manter vivo na disputa por uma vaga às oitavas de final da competição continental.

Pelo Paulistão, o próximo compromisso será contra a Ponte Preta, domingo às 16h00, no estádio Moisés Lucarelli em Campinas.

Ficha técnica

PALMEIRAS 2 x 1 LINENSE

Gols
PALMEIRAS:
Leandro, aos 10min do 2º tempo, e Marcelo Oliveira, aos 45min
LINENSE:
Gilsinho, aos 15min do 2º tempo

PALMEIRAS: Bruno; Wendel, André Luiz, Vilson e Marcelo Oliveira; Ayrton (Patrick Vieira), João Denoni (Souza), Léo Gago e Ronny; Leandro e Caio (Marcos Vinícius)
Treinador: Gílson Kleina

LINENSE: Leandro Santos, Bruno Ribeiro, Fábio Lima, Álvaro e Tarracha; Leanderson, Leandro Brasília, Gilsinho (Jean Cleber) e Lenílson; Fernandinho e Fábio Lopes (Dudu)
Treinador: Bruno Quadros

Cartões amarelos
PALMEIRAS: Léo Gago e Leandro
LINENSE: Fernandinho e Gilsinho

Árbitro
Márcio Henrique de Góis (SP)

Público
5954 pessoas

Renda
R$ 136.940,00

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)