ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Paulinho à venda? Gobbi diz que não.

Destaque do timão na libertadores, jogador é sondado por grandes europeus.

Por Paulo Edson Delazari

Paulinho, durante treino do Corinthians no CT (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O volante Paulinho tem os interesses de Inter de Milão e Chelsea para obter seu passe, as equipes despontam como os principais candidatos a contrata-lo após o Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Mas, apesar do grande assédio que o jogador recebe, o Corinthians promete não facilitar a saída. Segundo o presidente Mário Gobbi Filho, a intenção é segurá-lo, pelo menos, até o encerramento da Taça Libertadores de 2013.

– Nós renovamos e foi um contrato a altura do Paulinho, do futebol que está jogando e do mercado que ele tem. Não há a menor intenção de vender o Paulinho. Isso está fora de cogitação. Temos um ciclo até julho. Acertamos o contrato para ele ficar aqui, não para vendê-lo – disse o dirigente em entrevista a emissoras de rádio.

Ciente dos olhares dos clubes europeus sobre o jogador, o Corinthians agiu rápido e comprou 50% dos direitos que pertenciam ao Banco BMG por cerca de € 5 milhões (R$ 13,1 milhões) – a outra metade é do Audax-SP. Paulinho ainda recebeu um aumento salarial considerável e prorrogou o contrato até o fim da temporada 2015.

Os próprios dirigentes do Corinthians admitem que algumas propostas devam surgir assim que a delegação retornar do Mundial. O volante foi decisivo na conquista da Taça Libertadores e ganhou muito espaço na Seleção Brasileira, entrando definitivamente na briga por uma vaga de titular na Copa de 2014.

Nos últimos meses, a imprensa europeia passou a noticiar novamente que o Inter de Milão estaria disposto a pagar € 15 milhões (R$ 39,4 milhões). Já os jornais ingleses especularam sobre um possível interesse do Chelsea, provável adversário corintiano na decisão do Mundial.

– Não queremos nos desfazer de nenhum jogador. Pelo contrário. Queremos trazer o que o Tite pedir – ressaltou Gobbi.

Paulinho não confirma que ficará até julho. Em várias entrevistas, o volante chegou a dizer que só garantia a permanência no Timão até a competição no Japão. O clube já vem preparando um substituto. Guilherme, contratado da Portuguesa durante o Brasileirão, é uma grande aposta dos dirigentes para ficar com a vaga.

Decisivo contra o Vasco na Libertadores. (Foto: Leandro Soares/ UOL)